Implante de cardioversor desfibrilador - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas - implante de cardioversor desfibrilador

Encontre um especialista na sua cidade:
Lucas Carvalho Dias

Lucas Carvalho Dias

Cardiologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Charles Rios Souza

Charles Rios Souza

Cardiologista

Belo Horizonte

Agendar uma visita
Rodrigo Ribeiro de Souza

Rodrigo Ribeiro de Souza

Cirurgião cardiovascular

Goiânia

Agendar uma visita
Frederico Bartolazzi

Frederico Bartolazzi

Cardiologista

Sete Lagoas

Agendar uma visita
João Carlos Jazbik

João Carlos Jazbik

Cirurgião cardiovascular

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Gustavo Kikuta

Gustavo Kikuta

Cirurgião cardiovascular

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Perguntas sobre Implante de cardioversor desfibrilador

Nossos especialistas responderam a 1 perguntas sobre Implante de cardioversor desfibrilador

Boa tarde, não há problema nenhum na realização desses exames, como também não há problema na realização de ultrassom, ecocardiograma e tomografia computadorizada. No entanto, para ressonância…
3 respostas

Especialistas falam sobre Implante De Cardioversor Desfibrilador

O implante de cardiodesfibriladores tornou-se a pedra fundamental no tratamento das arritmias ventriculares potencialmente causadoras de morte súbita. Trata-se de uma cirurgia na qual implantamos eletrodos especiais no coração, com a função de detectar e tratar essas arritmias malignas. Em mãos experientes e em hospitais com estrutura adequada, torna-se um procedimento seguro e com baixo índice de complicações.

Vitor Fontes

Cardiologista

Belo Horizonte

Agendar uma visita

O Cardiodesfibrilador consiste em um marcapasso com uma função especial: Reconhecer e tratar arritmias malignas que tenham chance de levar a morte súbita. Várias condições congênitas ou adquiridas impõe este risco grave, sendo esta a única terapia que verdadeiramente reduz mortalidade nestes casos.

Ele ajuda a salvar vidas de pessoas que tem alto risco de ter Taquicardia Ventricular e, consequentemente, morte súbita. É indicado geralmente para pessoas com coração muito doente ou alguma síndrome genética. É feito como um implante de marcapasso com uma pequena incisão abaixo da clavícula onde é inserido abaixo da pele. Diferente do marcapasso, o Cardiodesfibrilador (CDI) consegue interromper a taquicardia por um choque interno evitando a morte súbita. É um procedimento seguro e de baixas chances de complicações. O paciente vai pra casa no dia seguinte e deve fazer acompanhamento periódico para avaliação do aparelho.

Quais profissionais realizam Implante de cardioversor desfibrilador?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.