Psicoterapia psicanalítica - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em psicoterapia psicanalítica

Encontre um especialista em Psicoterapia Psicanalítica na sua cidade:
Camila Cristina Faquini

Camila Cristina Faquini

Psicólogo, Sexólogo

São José do Rio Preto

Agendar uma visita
Marilene Zignani

Marilene Zignani

Psicanalista, Psicólogo

Jundiaí

Agendar uma visita
Rosane Padilla

Rosane Padilla

Psicanalista, Psicólogo

Porto Alegre

Agendar uma visita
Eduardo Zaidhaft

Eduardo Zaidhaft

Psicanalista, Psicólogo

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Claudia Goes

Claudia Goes

Psicanalista, Psicólogo

Guarulhos

Agendar uma visita
Evanir Pestana

Evanir Pestana

Psicólogo, Psicanalista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Perguntas sobre Psicoterapia psicanalítica

Nossos especialistas responderam a 3 perguntas sobre Psicoterapia psicanalítica

 Mayara Gonçalves Vieira
Mayara Gonçalves Vieira
Psicólogo
Rio de Janeiro
A psicoterapia psicanalítica, normalmente chamada de "análise", tem sua origem no pensamento de Sigmund Freud, que inaugura a escuta do paciente como forma de ajudar os pacientes. Freud…
7 respostas

 Danilo Tubbs
Danilo Tubbs
Psicólogo
Niterói
Olá,
Um tratamento psicanalítico muito provavelmente te ajudará a encontrar o que faz você ainda manter esta relação, mesmo sabendo conscientemente que não te faz bem. Uma boa análise…
10 respostas

 Bruna Rodrigues
Bruna Rodrigues
Psicólogo
Itaquaquecetuba
É importante levar esse sentimento ao seu terapeuta, para que você entenda de que forma aconteceu que pode vir a coincidir com a dinâmica que costuma acontecer isso em suas relações, aproveite…
12 respostas

Especialistas falam sobre Psicoterapia Psicanalítica

A Psicoterapia Psicanalítica é uma modalidade de intervenção psicológica com fundamentação teórica na Psicanálise. O paciente disponibiliza-se a falar, de uma forma sincera e livre, sobre si próprio, sobre a sua situaçao de vida, acontecimentos do dia-a-dia, experiências emocionais, memorias, fantasias, história de vida, etc., e o terapeuta através do processo de escuta ativa e empatica tenta encontrar padrões reveladores do funcionamento psicologico do paciente e interpretar esses mesmos padrões revelando-os ao paciente e dessa forma ajudando-o a conhecer-se melhor, a conhecer melhor o seu inconsciente e os seus mecanismos inconscientes, atuando sobre as causas de seus sintomas.

Cladismari Zambon

Psicanalista, Psicólogo

São Paulo

Agendar uma visita

Os atendimentos são realizados com base na Metodologia Freudiana da associação livre, que é uma das bases da técnica psicanalítica, onde o paciente é convidado a falar o que lhe vem à mente e por meio de uma série de associações surge a possibilidade de chegar à etiologia do “problema” a ser tratado, ou seja, a” cura pela palavra” que está pensada por Sigmund Freud na dimensão de tornar consciente o inconsciente.

Cristina Leandro Do Vale

Psicanalista, Psicólogo

São José dos Campos

Agendar uma visita

A psicoterapia psicanalítica é aplicável a qualquer pessoa que procure a cura de quadros sintomáticos (graves ou brandos).  As sessões são realizadas de forma semanal com uma ou mais sessões na semana.  O paciente tem a oportunidade de conhecer aspectos dantes reprimidos, e, entrando em  contato com estes,  pode responder de forma mais adequada aos conflitos internos e externos. Quanto mais sessões na semana, mais profunda torna-se a análise do mundo interno. Através da psicoterapia,  a personalidade do paciente evolui, e este amadurece; utilizando a potencialidade latente o indivíduo tem seus sintomas (psicológicos/psicossomáticos) atenuados ou curados.

A psicoterapia psicanalítica tem por objetivos: auxiliar a elaborar conflitos (problemas ou situações causadores de sofrimento) para os quais o paciente esteja sentindo dificuldade em resolvê-los com seus recursos atuais; atravessar crises vitais (vestibular, namoro, casamento, etc.), assim como crises advindas de situações diversas, inesperadas. Não busca só o alívio do sofrimento, mas a ampliação dos recursos mentais. Considerando a individualidade de cada paciente, possibilita o desenvolvimento da autonomia, identidade pessoal e autoimagem, buscando promover novas formas de adaptação e amadurecimento da personalidade.

Ana Lucia Villela Moretto

Psicólogo

Florianópolis


Psicanálise também é se aplica em casos que não se enquadram em distúrbios psicológicos, mas em questões do dia-a-dia, que implicam na forma com que levamos nossa rotina e nossas relações interpessoais. Sugiro procurar análise se frequentemente você. não relaciona-se bem com colegas, familiares ou companheirx; sente-se infeliz, triste, angustiadx ou insatisfeitx com seu momento atual; envolve-se em intrigas ou brigas; sente dificuldade em desapegar de pessoas ou coisas; é capaz de definir onde estão seus erros, mas sente-se incapaz de mudar de atitude; envolve-se em relacionamentos abusivos ou faz envolve-se com pessoas de um mesmo perfil; percebe que tem atitudes autodestrutiva

Fernanda Correa Brito

Psicanalista, Psicólogo

São Paulo

Agendar uma visita

A Psicanálise, enquanto abordagem psicológica de atendimento clínico, surge através do trabalho de Freud, a partir de sua dedicação a escuta de seus pacientes ao longo de sua vida. O que a psicanálise enfatiza é a característica do ser humano de ser falante, e postula que é a partir do afetamento pela linguagem que o psiquismo humano se estrutura, e com ele o diferente modo de cada sujeito ser e perceber o mundo e as pessoas a sua volta, sua forma de amar e sua sexualidade, e por vezes modos de sofrer. A psicoterapia psicanalítica se caracteriza pela liberdade de fala, e a responsabilidade do psicanalista é ajudar o paciente a ouvir-se e organizar-se em torno de seu próprio discurso.

Lazaro Ivan Volcov

Psicanalista, Psicólogo

Curitiba


Como o próprio nome sugere, nesta psicoterapia a técnica utilizada é a da Psicanálise, uma técnica de atendimento desenvolvida por Freud e aprimorada por inúmeros outros autores, aqui o nosso principal objetivo é ir de encontro a questões que se encontram no inconsciente do paciente, e para isso muitas vezes utilizamos o divã, aquele móvel que fica dentro da sala do psicólogo e que se parece com sofá, neste o paciente pode deitar-se de maneira confortável para falar de suas questões sem se preocupar com os olhares de seu terapeuta, ali a ideia é que as informações possam sair mais "soltas" e portanto podemos "mergulhar" mais profundamente na mente do paciente.

Daniel Rodrigues Da Silva

Psicanalista, Psicólogo

Araraquara

Agendar uma visita

Psicoterapia Analítica pode ser descrita como um percurso que permite ao analisante (*) adquirir um conhecimento maior sobre si mesmo, sobre as forças antagônicas que atuam em sua psique e, principalmente, sobre seu desejo. Inicialmente, Freud não fazia distinção entre os termos 'psicoterapia' e 'psicanálise', empregando-os indistintamente para referir-se ao método de tratamento que criara. Frequentemente, utilizava a expressão 'terapia analítica', como que estabelecendo uma conexão entre ambos. (*) quem faz análise.

Arthur Figer

Psicanalista, Psicólogo

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Meus atendimentos são de referencial teórico em psicanálise. Ou seja, os atendimentos são direcionados pela associação livre, pelas metáforas e metonímias trazidas nas falas dos pacientes e dos seus sonhos. Cada paciente possui seu horário agendado previamente. O ambiente de atendimento é totalmente confortável e acolhedor garantindo o sigilo das demandas trazidas para o atendimento.

Pâmela Mizurini Da Costa

Psicanalista, Psicólogo

Rio de Janeiro


Na psicoterapia psicanalítica o tratamento se diferencia pela atenção dada a transferência entre analisandos (as) e analistas. Sentimentos e afetos são tomados como fundamentais seja na primeira consulta ou no processo do tratamento. As consultas e sessões tem duração em média de 50 minutos e atuam sobre sintomas como obsessão, angustia, ansiedade, medo, compulsão, depressão, conflitos sexualidade, entre outros. Estes sintomas causam sofrimento e impedem motivações realizadoras. Um lugar para falar de si e ser escutado (a), é fundamental para que o sofrimento possa ser acolhido e seja encontrada as causas para o alcance de mudanças positivas.

Marlene Brito Pereira

Psicanalista, Psicólogo

Salvador

Agendar uma visita

Paciente procura a terapia para entender aquilo que o faz sofrer. É de suma importância que haja empatia entre o paciente e o psicólogo no primeiro encontro, a primeira sessão não é cobrada, o paciente conta um pouco sobre a sua vivência e suas questões, ambos se conhecem e firmam um contrato de trabalho. As demais sessões deverão acontecer com no mínimo 1 vez na semana, com duração de 50 minutos, e passam a ser cobradas (por sessão de acordo com o combinado entre paciente e psicólogo) Serão trabalhados os sofrimentos e dificuldades do paciente, ressignificando e buscando novos caminhos.

Tratamento focado no conflito do paciente, possibilitando ao individuo a ampliação do entendimento do seu funcionamento e uma reorganização da sua estrutura psiquica.

Claudia Goes

Psicanalista, Psicólogo

Guarulhos

Agendar uma visita

Um dos principais aspectos da psicoterapia que realizo é o foco na construção de um ambiente confortável e acolhedor para que o paciente sinta que há espaço para me contar o que está acontecendo e o que já vivenciou, com grande profundidade. Desta forma, o objetivo é o de construirmos uma dupla de trabalho, ou seja, iremos juntos identificar o que está acontecendo, mas também conhecer aquilo que já está esquecido. Para tanto, realizo a psicoterapia psicanalítica com sensibilidade, pois entendo ser dolorido e angustiante o processo de conhecer e trazer à tona as emoções e os conflitos pessoais.

Guilherme Geha Dos Santos

Psicólogo

Maringá


Provavelmente nenhuma outra geração encontrou um mundo com tantas situações que direcionem o sujeito a se ver num verdadeiro vendaval de sentimentos. Antes, encontrávamos um mundo já estabelecido, dado. Hoje, diferente de outros tempos, as alterações são significativas. Notamos assim, que o descrito nas obras de Zygmunt Baumman em relação a “modernidade líquida” reflete a realidade vivida por muitos sujeitos em seu cotidiano. Ficamos tristes, vivemos lutos ou sofremos com o mal-estar próprio desta civilização. Há um déficit de felicidade, sentimento que retorna ao sujeito em condições às vezes insuportável. Esta tem sido a tônica vivida no "setting" terapêutico e que precisa ser acolhido.

Eugenio Cesar Kozyreff

Psicólogo

Sorocaba


A abordagem psicanalítica parte do princípio de que muitos processos psíquicos são inconscientes. Através das sessões psicológicas, o paciente passa a compreender melhor estes processos até então inconscientes, e começa a ter maior conhecimento sobre si mesmo, pois nesta abordagem não é considerado apenas as problemáticas atuais, mas sua história de vida é considerada para melhor compreensão da origem da queixa.

Priscilla Gianneschi Navarro

Psicólogo

São Paulo


A psicanálise busca elucidar questões do passado que estejam interferindo no momento atual da vida da pessoa. Explicita traumas antigos e dificuldades atuais que estejam relacionadas com a forma de se posicionar no mundo. Auxilia no autoconhecimento e com isso em se posicionar de forma diferente diante das pessoas e da vida como um todo.

Os sujeitos se submetem a uma análise, se encontram com a sua condição de sujeito dividido, e que, por muitas vezes, não querem saber nada disso. Não nos surpreende vermos a grande resistência em procurar um tratamento analítico. Esse não querer saber é da ordem de uma paixão por sua ignorância, presa a um gozo mortífero; e assim se paga um preço, que não é apenas o dinheiro, e a função de uma análise, no seu percurso é quando se deseja reduzir sua miséria neurótica a infelicidade comum, ordinária e aceitável. A final, momentos de tristezas e frustrações todos temos.

Jeneson Cruz

Psicanalista, Psicólogo

Curitiba


Paciente procura a terapia para entender aquilo que o faz sofrer. Importante o paciente e o psicólogo terem empatia no primeiro encontro, a primeira sessão não é cobrada, o paciente conta um pouco sobre a sua vivência e suas questões, ambos se conhecem e firmam um contrato de trabalho. As demais sessões deverão acontecer com no mínimo 1 vez na semana, com duração de 50 minutos, e passam a ser cobradas (por sessão de acordo com o combinado entre paciente e psicólogo) Serão trabalhados os sofrimentos e dificuldades do paciente, ressignificando e buscando novos caminhos.

Gabriela Hostalácio

Psicanalista, Psicólogo

Campinas

Agendar uma visita

Psicoterapia e os Relacionamentos Humanos Os relacionamentos humanos são comumente acompanhados de desafios difíceis de compreender, pois às vezes atuamos sem nos dar conta de nossos anseios e escolhas nesta área de nossas vidas. A psicoterapia é um processo de autoconhecimento no qual o paciente, acompanhado do psicólogo, examinará as causas de seus problemas e a complexidade de suas emoções. Muitas vezes, experiências de nossa infância, ou de outras fases, acabam refletindo-se na maneira como nos relacionamos com o outro no presente.Ao explorarmos nossa realidade psíquica, estabelece-se uma oportunidade de crescimento pessoal e mudança, para que vivamos relacionamentos mais verdadeiros.

Michael Reuben

Psicanalista, Psicólogo

São Paulo

Agendar uma visita

A psicanálise é a abordagem que conduz minha prática. Peço que o paciente fale e juntos vamos re-significando e construindo novas maneiras de agir, uma maneira que traga menos sofrimento e que torne mais "leve" e significativa nossa existência. O consultório fica localizado em Sorocaba/SP, na Clínica Psicologia Sorocaba. Entre em contato para agendar uma sessão e para informações complementares.​

Letícia Cordeiro Salles

Psicólogo

Sorocaba


O tratamento psicanalítico visa a libertar o paciente de padrões de comportamento que se repetem e trazem sofrimento. Nesse sentido, ele propicia com que o sujeito descubra a direção que gostaria de dar na sua vida bem como a capacidade de realizar concretamente seu desejo. Ele é composto de três fases basicamente: - A análise do sofrimento atual; - A reconciliação com a própria história e de seus padrões; - A libertação das repetições e a invenção de novas experiências na vida cotidiana. O método se baseia na associação livre, Ao falar sem censura, o paciente passa a se dar conta daquilo que direciona a sua vida e passa a pensar e experimentar alternativas.

Quais profissionais realizam Psicoterapia psicanalítica?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.