Reconstrução mamária - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas - reconstrução mamária

Flavio Rezende Gomes

Flavio Rezende Gomes

Cirurgião plástico

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
André Nery

André Nery

Cirurgião plástico

Niterói

Agendar uma visita
Willyan Inamine

Willyan Inamine

Cirurgião plástico

Cascavel

Agendar uma visita
Rodrigo Vasconcelos

Rodrigo Vasconcelos

Cirurgião plástico

Sorocaba

Agendar uma visita
Daniel Fagundes Azevedo

Daniel Fagundes Azevedo

Cirurgião plástico

Belo Horizonte

Agendar uma visita
Daniel Lopes

Daniel Lopes

Cirurgião plástico

Ribeirão Preto

Agendar uma visita

Perguntas sobre Reconstrução mamária

Nossos especialistas responderam a 15 perguntas sobre Reconstrução mamária

O risco de rejeicao esta relacionado a multiplas causas, nao necessariamente ao tempo. Pacientes por exemplo que realizam radioterapia, obesas e fumantes tem um risco maior
1 respostas


Sim, é posso realizar os dois procedimentos no mesmo tempo cirúrgico. A simetrização das mamas pode ser feita com a colocação de implantes de mama de tamanhos diferentes ou através de uma lipoenxertia…
2 respostas


Bom dia. Você deve imediatamente comunicar o fato ao seu cirurgião. A exposição de expansor é passível de contaminação, podendo evoluir para uma infecção. O ideal é que ele seja removido o mais…
2 respostas

Especialistas falam sobre Reconstrução Mamária

O objetivo da reconstrução mamária é a criação de uma nova mama que seja a mais simétrica possível em relação à mama contralateral, diminuindo o trauma psicológico e as consequências psicossociais da mastectomia. Nas pacientes em que a ablação cirúrgica por neoplasias locais, locorregionais e/ou sistêmicas, em que a reconstrução mamária não irá interferir na adjuvância, ou que não existe contra-indicação clínica do procedimento reparador, a Reconstrução imediata pode ser realizada. Em pacientes que apresentem contra-indicação no momento da mastectomia, pode-se aguardar a correção destes fatores adversos, para se realizar a Reconstrução tardia.

Leonardo Gabeira Secco

Cirurgião plástico, Mastologista

São José dos Campos

Agendar uma visita

A cirurgia de reconstrução mamária é capaz de ajudar a reduzir o impacto físico e psicológico que os tratamentos para o câncer podem trazer, auxiliando a mulher a preservar sua autoimagem. Sempre que é possível opta-se pela reconstrução mamária ao mesmo tempo em que o tumor é retirado. O objetivo é abreviar a recuperação e minimizar o impacto que as sequelas da cirurgia podem causar na autoimagem e autoestima de uma pessoa. Existem diversos tipos de técnicas de reconstrução que podem ser utilizadas: desde técnicas de preenchimento com a própria gordura da paciente ou com implantes mamários, até técnicas mais elaboradas que utilizam pele de outras partes do corpo em cirurgias mais extensas.

Matheus Manica

Cirurgião plástico, Especialista em medicina estética

São Paulo


A reconstrução mamária pode ser feita em diversas situações sendo a mais frequente associada ao trauma cirúrgico do tratamento do câncer com a mastectomia. Essa reconstrução pode ser feita de imediato ao tratamento do câncer ou depois do seu tratamento. Pode ser feito uso de retalhos (reposicionamento de pele e tecido de outros locais) tanto do abdome como das costas. Pode ser feito uso de implante/protese de silicone. E também dispomos de expansores teciduais, que depois da cirurgia permite a infusão de liquido para aumento da mama e posteriormente é trocado por uma protese de silicone.

Fernando Campos Moraes Amato

Cirurgião geral, Cirurgião plástico

São Paulo

Agendar uma visita

Existem duas possibilidades quanto ao tempo de realização da cirurgia reconstrutiva das mamas, a reconstrução imediata (combinada à cirurgia oncológica) e a reconstrução tardia (após tratamento oncológico). A reconstrução mamária é realizada por etapas, sendo necessário diferentes tempos cirúrgicos, visando restabelecer o volume, contorno, simetria e o complexo aréolo-papilar das mamas. A reconstrução mamária pode ser realizada basicamente por tecido autólogo (retalhos) ou por implantes de silicone.O retalho é um bloco de tecidos de uma região do corpo levado até a região de interesse.O retalho permanece preso ao seu lugar original por um pedículo, através do qual mantém irrigação de sangue.

Adrien Alberto Fornazari

Cirurgião plástico

São Paulo

Agendar uma visita

A reconstrução de mama, no geral, é realizada em mais de um tempo cirúrgico. As técnicas envolvem uma avaliação minuciosa do especialista em cirurgia plástica junto com o mastologista, dependem do tecido removido, do tamanho do tumor dentre outros. Não existe a técnica ideal, mas sim, a mais adequada para um determinado caso.

Edmilson Lucio Da Silva

Cirurgião plástico

Brasília


A reconstrução mamária pode ser feita com próteses ou com tecido do próprio corpo que são chamados de retalhos. Este retalhos podem ser "livres" ou pediculados. O uso de retalhos livres é considerado o “gold-standard” da reconstrução mamária atualmente. Nesta técnica, pele e gordura são transferidas diretamente de sua origem à mama a ser reconstruída, com isso o cirurgião tem mais liberdade para moldar a nova mama. Como os tecidos não estão mais acoplados à sua vasculatura de origem eles devem ser acoplados aos vasos sanguíneos da região da mama. Isto é feito através de microcirurgia. O abdome é o local mais comum de onde se é obtido a pele e a gordura para reconstruções mamárias.

Paulo Piccolo

Cirurgião plástico

Goiânia

Quais profissionais realizam Reconstrução mamária?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.