Consultório

Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), Higienópolis , São Paulo
Consultório particular (mapa)

Próxima data disponível:

Mostrar o calendário
(11) 99261.....

Experiência

Sobre mim

Sou formado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em 1986. Em 1989, terminei minha formação na especialidade de Psiquia...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Psicoterapia
  • Psiquiatria Ambulatorial
  • Psiquiatria Biológica
Veja mais


Formação

  • Psiquiatra, Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP, 1989
  • Doutor em Medicina, Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP, 2012
  • Mestre em Medicina, Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP, 1996
Veja mais


Vídeos


Idiomas

Português, Inglês, Alemão, Húngaro

Serviços e preços

Serviços populares

Consulta Psiquiatria


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Primeira consulta Psiquiatria


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular

Outros serviços

Consulta domiciliar Psiquiatria


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

desde r$ 1.600

Consultório particular


Interconsulta Psiquiátrica


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Internação domiciliar


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

Preço não relatado

Consultório particular


Parecer psiquiátrico


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

Preço não relatado

Consultório particular


Parecer psiquiátrico para cirurgia bariátrica


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

Preço não relatado

Consultório particular


Primeira consulta em Psiquiatria Infantil


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Psicoterapia


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Psicoterapia Adulto


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Psicoterapia de Grupo


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Psiquiatria de adulto e idoso


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Retorno de consultas Psiquiatria


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Segunda opinião em psiquiatria


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

Preço não relatado

Consultório particular


Terapia Cognitiva


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Terapia Cognitivo-Comportamental


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Terapia Comportamental


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Terapia de Casal


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Terapia Familiar


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Terapia sexual


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento Adicção


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento da ansiedade


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento da automutilação


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento da depressão


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento da esquizofrenia e outros transtornos psicóticos


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento da insônia


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento de alcoolismo


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento de transtorno afetivo bipolar


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento de transtorno de personalidade borderline


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento de transtornos alimentares


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento Em Psiquiatria Em Hospital Geral


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento em Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC)


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento em transtornos de personalidade


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento para anorexia nervosa


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento para bulimia nervosa


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular


Tratamento para parar de fumar


Rua Mato Grosso 306 (14° andar, conjunto 1415), São Paulo

R$ 780

Consultório particular

Opiniões dos pacientes

5

Classificação geral
20 opiniões

  • Pontualidade
  • Atenção
  • Clínicas e hospitais
S
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular

Dr Ivan é muito bom e preparado, na 1a consulta ele foi muito atencioso e pretendo continuar inclusive com psicoterapia

Dr. Ivan Mario Braun

Muito obrigado pelos comentários. Fique à vontade, também, para fazer quaisquer sugestões.


N
Paciente verificado
Local: Consultório particular Tratamento contra depressão

O Dr. Ivan, além de atencioso, me auxilia na compreensão de minhas dificuldades, mostrando alternativas à minha visão sobre a vida e meu comportamento, fazendo com
que eu use meus próprios recursos pessoais para enxergar novos caminhos e buscar soluções que venham de mim mesmo e não de outra pessoa. Gostei do fato de que ele usa a medicação somente quando julga necessário, não fazendo dela a única ferramenta de auxílio ao paciente.

Dr. Ivan Mario Braun

Agradeço seus comentários!


K
Paciente verificado
Local: outro lugar Expectativa

Bom se todos os médicos no público no SUS ,atendessem assim...sou mãe de 2 AUTISTAS, tomo fluoxetina...mais nao ando bem, ando tentando consultas no SUS, nunca encontro médicos bons...que realmente nos ouça, pena as consultas serem tão caras...

Dr. Ivan Mario Braun

Você mora onde?


O
Paciente verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br Local: Consultório particular Reavaliação das condutas medicações e exames.

Dr. Ivan sempre é muito prestativo e gentil. Nos atende muito bem com avaliações detalhadas, cuidadosas e acertivas. Tem muita ética profissional. Só temos a agradecer.

Dr. Ivan Mario Braun

Agradeço seus comentários. Vocês também são muito gentis!


S
Paciente verificado
Local: Consultório particular Análise Transacional

Profissional extremamente dedicado, profundo conhecedor dos transtornos psiquiátricos trazendo aos pacientes segurança para tratamento. Recomendo

Dr. Ivan Mario Braun

Muito obrigado por seus comentários. Conte sempre comigo!


P
Paciente verificado
Local: Consultório particular

Atendimento competente e humano. Agradeço sua orientação sempre pertinente e parabenizo por sua atuação altamente profissional.

Dr. Ivan Mario Braun

Muito obrigado pelos comentários tão positivos. Também fico grato por sua orientação profissional.


Paciente verificado
Local: outro lugar Preocupação com a minha saúde.

O Dr. Ivan é um ótimo profissional. Sempre bastante atencioso e disposto a ajudar. É o melhor psiquiatra que encontrei.

Dr. Ivan Mario Braun

Obrigado, Hélio! Também sou grato a você por me ter ajudado dentro de sua profissão!


M
Paciente verificado
Local: Consultório particular Tratamento da depressão

Caro Dr. Ivan,
Gostaria de agradecer pelo profissional e atencioso atendimento que estou recebendo.
Num local aconchegante, me colocou facilmente a vontade para me abrir, e com isso facilitar seu entendimento sobre ma recente situação, para meu próprio bem.
Reconhece que essas poucas e pontuais sessões, foram produtivas para enxergar um pouco melhor, dentro da névoa em que me encontra.
Sei que falta ainda muito, mas posso, pelo menos, vislumbrar em que direção devo ir.
Muito obrigado mais uma vez.
MF.
São Paulo
30/06/2019

Dr. Ivan Mario Braun

Muito obrigado por seus comentários tão positivos! Conte sempre comigo!


J
Paciente verificado
Local: Consultório particular

Raros profissionais conseguem unir tamanho conhecimento teórico às práticas diárias de atendimento. Parabéns Dr. Ivan Mario Braun!! Você tem minha confiança total e de toda minha Família!

Dr. Ivan Mario Braun

Obrigado pelos comentários! Fico à disposição para quaisquer sugestões!


F
Paciente verificado
Local: Consultório particular

Excelente profissional. Fui a vários psiquiatras e nenhum acertou os medicamentos tão bem quanto ele.

Dr. Ivan Mario Braun

Agradeço seus comentários e fique à vontade para fazer sugestões, sempre que quiser.


Ocorreu um erro, tente outra vez

Dúvidas respondidas

1041 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia


  • Pergunta sobre Esquizofrenia

    Uma pessoa com esquizofrenia pode casa , estudar trabalhar vida normal?

    Se a esquizofrenia estiver suficientemente controlada, a pessoa tem direito de escolher seus próprios caminhos. É possível que, mesmo assim, tenha alguma dificuldade em enfrentar situações que envolvam interação social - e estas situações aparecem em quase todos os setores da vida. Mas, continuando o tratamento e, por vezes, fazendo alguma psicoterapia adequada para esquizofrênicos (não é qualquer tipo de psicoterapia), a adaptação pode melhorar, progressivamente.

    Dr. Ivan Mario Braun

  • Pergunta sobre Cloridrato De Fluoxetina

    Iniciei o tratamento para TAG com fluoxetina há uns 2 meses,comecei com 1 comprimido e aumentamos para 2 na minha ultima consulta,ha alguns dias,porém,comprei o genérico em questão do preço,os sintomas físicos como tremores e taquicardia ainda não passaram,é normal?ou é por ser medicamento genérico?

    O uso da fluoxetina pode levar a sintomas como tremores. "Taquicardia" aceleração dos batimentos cardíacos é algo que só pode ser constatado através da ausculta do coração. O que faz as pessoas se queixarem, em geral - e que chamam de taquicardia - são palpitações que a pessoa sente no peito. Estas palpitações podem ter várias origens. O tempo necessário para melhora de eventuais efeitos colaterais de medicações é variável, dependendo da pessoa e de qual é o efeito colateral em questão. Assim, alterações de sono geralmente melhoram em semanas e alterações da capacidade de orgasmo podem demorar muito ou mesmo permanecer. O que é importante que, à parte alguns efeitos colaterais desagradáveis, estas medicações são muito seguras. E nem tudo o que se sente, quando se usa um remédio, é devido a ele. Por vezes, são apenas coincidência. Em relação aos genéricos, teoricamente eles devem ter os mesmos efeitos que a medicação de referência. Mas, para saber se isto realmente ocorre, somente pode ser feito através do controle periódico de amostras da medicação, o que requer grandes gastos - o que nem todas as indústrias farmacêuticas têm disponibilidade para gastar. Assim, possivelmente são mais seguros os genéricos que são periodicamente testados, quando comparados àqueles que são testados apenas uma única vez, para serem liberados pela ANVISA.

    Dr. Ivan Mario Braun

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

Sou formado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em 1986. Em 1989, terminei minha formação na especialidade de Psiquia...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Psicoterapia
  • Psiquiatria Ambulatorial
  • Psiquiatria Biológica
Veja mais


Formação

  • Psiquiatra, Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP, 1989
  • Doutor em Medicina, Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP, 2012
  • Mestre em Medicina, Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP, 1996
Veja mais

Experiências profissionais

  • Internato no Hospital das Clínicas, de 1985 a 1987, passando por estágios em ginecologia-obstetrícia, cirurgia geral, cirurgia do aparelho digestivo, psiquiatria, dermatologia, cardiologia, pediatria, ortopedia, pronto socorro
  • Residência em Psiquiatria, no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, de 1987 a 1989
  • Médico (psiquiatra) na Clínica de Repouso Parque Julieta, de 1989 a 2004
Veja mais

Certificados



Vídeos


Idiomas

Português, Inglês, Alemão, Húngaro

Redes sociais


Artigos

Depressão

O sintoma central da depressão é um profundo desânimo ou tristeza, ocorrendo a maior parte do tempo, a maior parte dos dias, durante pelo menos algumas semanas seguidas. Além deste, podem associar-se insônia ou excesso de sono, falta ou excesso de apetite, perda da capacidade de sentir prazer, pensamentos negativos (desde pessimismo excessivo até vontade de morrer ou mesmo ideias de matar-se), pensamento alentecido, dificuldades de concentração, perda do desejo sexual. Depressões ocorrem em cerca de 30% das pessoas, ao longo da vida e depressões graves, em cerca de 10%.


Abuso De Maconha

Ao contrário do que muitos pensam, a maconha não é uma planta inofensiva. Apesar de causar dependência com menor frequência que a cocaína ou mesmo o tabaco, cerca de 10% das pessoas que usam se tornam dependentes. Pesquisas mostram claramente que a maconha pode desencadear surtos psicóticos, comprometer a memória e o aprendizado e provocar problemas respiratórios. Não há ainda medicações comprovadamente eficazes no tratamento da dependência de maconha, mas é útil a abordagem com técnicas cognitivo-comportamentais.


Terapia Cognitivo-Comportamental

Na terapia cognitivo-comportamental, procuramos identificar quais são as circunstâncias, pensamentos e emoções que estão envolvidos numa série de transtornos, como transtornos de uso de drogas, transtornos ansiosos como o social e a agorafobia, transtorno obsessivo compulsivo, transtornos alimentares, insônia. Há técnicas que podem ser úteis também no transtorno de déficit de atenção-hiperatividade. Mapeando os desencadeantes e os estímulos do ambiente que mantêm o problema, é possível intervir e ajudar as pessoas, seja ao lado do tratamento medicamentoso ou, em alguns casos, no lugar dele. A terapia cognitivo-comportamental é cientificamente demonstrada para vários problemas psiquiátricos.


Abuso De Substâncias

Os transtornos de uso de substâncias se caracterizam pelo uso continuado de uma substância (álcool, tabaco, maconha, cocaína, tranquilizantes, alucinógenos, anfetaminas), apesar de problemas recorrentes devidos ao seu uso. A gravidade do transtorno é variável e é errado acreditar que só tem problema de "vício" quem nunca consegue parar de usar ou quem tem graves prejuízos devido ao uso. A maioria das pessoas consegue parar de usar por períodos mais ou menos longos e a maioria delas continua a desempenhar suas atividades razoavelmente bem - a piora é gradual e as primeiras queixas frequentemente vem de amigos e familiares, incomodados por comportamentos que associam ao uso de drogas.


Tratamento Adicção

Apenas alguns tipos de transtornos de uso de substâncias têm tratamentos medicamentosos comprovados: tabagismo, alcoolismo transtorno de uso de heroína. Infelizmente, por enquanto, não há medicações aprovadas para abuso de maconha e cocaína. O tratamento dos transtornos de uso de substâncias, mesmo quando há medicações, devem sempre envolver alguma modalidade de psicoterapia como, por exemplo, a terapia cognitivo-comportamental, que pode apresentar bons resultados. Apesar de que algumas pessoas conseguem se manter abstinentes desde o início do tratamento, é frequente haver recaídas. Mas, ao longo do tempo, se houver persistência, há uma tendência a haver menos recaídas e de menor gravidade


Psicoterapia

A psicoterapia é um conjunto de técnicas com o objetivo de melhorar a qualidade de vida das pessoas, através de ajudá-las a compreender melhor seus problemas e a origem deles. Há técnicas psicoterápicas para uma série de condições e elas são especialmente úteis em transtornos de ansiedade. Por vezes, as pessoas procuram psicoterapia mesmo sem ter um diagnóstico psiquiátrico, para melhorar seus relacionamentos, seja porque têm algum problema, seja para se tornarem mais eficientes na relação com outros seres humanos. Cabe ao psiquiatra distinguir quando se trata de um transtorno psiquiátrico que requer tratamento medicamentoso e quando a indicação é psicoterapia ou há necessidade de ambos.

Veja todos os artigos

Publicações

Publicações (5)