Consultórios (2)


Atende: adultos, crianças a partir dos 10 anos de idade
Cartão de Débito, Cartão de Crédito, PIX
(61) 3771..... Mostrar número
(61) 99992..... Mostrar número

Consulta Infectologia • A partir de R$ 600

Consulta Infectologia (descrição) • A partir de R$ 600

Teleconsulta • A partir de R$ 600


Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher


Teleconsulta • R$ 600


(61) 3771..... Mostrar número
(61) 99992..... Mostrar número

Chave Pix: **********************
Obs: Por gentileza, efetuar o pagamento antes da consulta e enviar o comprovante de pagamento e enviar o comprovante para o nosso WhatsApp (61) *****-****

O pagamento para a consulta vai diretamente para o especialista, que também é responsável por determinar sua própria política de cancelamento e reembolso.

Em caso de qualquer problema com pagamento, contate o especialista.

Lembre-se de que a Doctoralia não cobra taxas adicionais pela marcação de uma consulta e não processa os pagamentos em nome do especialista.

* Algumas informações foram ocultadas para proteção de dados.Você as verá depois de agendar a consulta.


Prepare-se 10 minutos antes da consulta e verifique se o seu smartphone ou notebook está com a bateria carregada. Para uma videochamada, verifique se tudo funciona: conexão com a internet, câmera e microfone. Prepare também a documentação médica (como resultado de um exame) caso precise mostrar na consulta.


Experiência

Sobre mim

Formado em Medicina pela Universidade de Brasília com residência em Infectologia pelo Hospital Universitário de Brasília - HUB e Mestrado em Infectolo...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Medicina do viajante
  • HIV
  • Hepatite Crônica
Veja mais


Formação

  • Mestrado em Infectologia e Medicina Tropical, Universidade de Brasíla, 2014
  • Graduação em Medicina, Universidade de Brasília, 2011
  • Especialização em Medicinta Tropical, Universidade de Brasília, 2012
Veja mais

Fotos


Vídeos


Idiomas

  • Português,
  • Inglês,
  • Espanhol

Serviços e preços

Os preços são para pacientes sem convênio médico

ST SHLS Quadra 716, Conjunto A, Bloco B,, Brasília

A partir de R$ 600

Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher


ST SHLS Quadra 716, Conjunto A, Bloco B,, Brasília

A partir de R$ 600

Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher

Atendimentos por planos de saúde Bradesco, apenas por meio de reembolso. Entre em contato para mais informações



ST SHLS Quadra 716, Conjunto A, Bloco B,, Brasília

A partir de R$ 600

Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher


Teleconsulta,

R$ 600

Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher

218 opiniões de pacientes

Classificação geral

Todas as opiniões são importantes, por isso os especialistas não podem pagar para alterar ou excluir uma opinião. Saiba mais.
B
Perfil verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br
Local: Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher Consulta Infectologia

Fomos fazer a consulta para tomar os cuidados necessários dentro da Medicina do Viajante, o Dr foi muito atencioso e explicações certeiras sobre os cuidados necessários para a nossa viagem acontecer com segurança.

J
Perfil verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br
Local: Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher Consulta Infectologia

Excelente atendimento do dr. Leandro! Muito atencioso e solícito, sempre explica tudo bem detalhadamente e me traz bastante segurança em relação ao tratamento.

A
Perfil verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br
Local: Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher Consulta Infectologia

Médico extremamente atencioso e educado. Deixa o paciente muito à vontade.


C
Perfil verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br
Local: Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher Consulta Infectologia

Médico objetivo, claro e com a solução mais segura/prudente para o paciente.


A
Perfil verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br
Local: Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher Consulta Infectologia

Dr Leandro é muito atencioso. Esclareceu todas as nossas dúvidas com relação ao tratamento. Sempre está disponível para seus pacientes.


C
Perfil verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br
Local: Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher Consulta Infectologia

Dr. Leandro é super atencioso e acessível, além de ser super competente!


C
Perfil verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br
Local: Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher Consulta Infectologia

Excelente médico. Detalhista. Competente. Muito acessível. .


A
Perfil verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br
Local: Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher Consulta Infectologia

Sai da consulta sem dúvidas! Obrigado pelo atendimento!


R
Perfil verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br
Local: Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher Consulta Infectologia

Ótima consulta. O doutor é atencioso sempre, tira todas as dúvidas e tem pró-atividade com nossas demandas.


E
Perfil verificado
Consulta marcada na doctoralia.com.br
Local: Centro Clínica Integrado da Mulher - CECI Mulher Consulta Infectologia

Excelente, foi muito humano e explicativo. Voltaremos!


Ocorreu um erro, tente outra vez

Dúvidas respondidas

46 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia

Pergunta sobre HIV e AIDS

Vacinas da covid podem influenciar em testes de hiv?

Algumas vacinas podem sim influenciar em testes para HIV, dando falso postivo. A vacina contra o H1N1 é uma delas.
A única vacina contra COVID-19 que mostrou relação com testes para HIV, dando falso positivo foi a vacina Australiana. Não tivemos relatos com outras vacinas.
Consulte um profissional sempre que tiver dúvida em relação ao resultado de seus exames.

Dr. Leandro Machado

Pergunta sobre Clamídia

Comecei a namorar em janeiro e, desde então, só tive relações sexuais com minha namorada. Ela fez exames em abril e maio e tudo veio negativo. Repetiu os exames agora em julho e deu positivo para clamídia. Se nenhum de nós dois teve relações com outras pessoas, como isso pode ter acontecido? Seria possível eu ter a bactéria encubada esse tempo todo e só tê-la contaminado agora?
Muito obrigado!

A clamídia é transmitida de pessoa para pessoa durante o sexo sem proteção. Pode ser transmitida através do sexo vaginal, anal e oral. Também pode ser passado aos olhos por uma mão ou outra parte do corpo umedecida com secreções infectadas. A clamídia pode ser transmitida de uma mulher infectada com clamídia para seu bebê durante o parto. A clamídia não pode ser transmitida por beijos, assentos de vaso sanitário, roupas de cama, maçanetas, piscinas, banheiras de hidromassagem, banheiras, talheres ou compartilhamento de roupas.

A maioria das pessoas que têm clamídia não apresenta sintomas. Apenas cerca de 10% dos homens e 5-30% das mulheres com clamídia terão sintomas. Se ocorrerem sintomas, eles geralmente começam em 1-3 semanas após serem infectados. Pessoas sem sintomas podem ter complicações com a infecção e passá-las para parceiros sexuais.

A cultura celular, utilizada como padrão- ouro, tem especificidade de 100% e sensibilidade de 70% a 85%. De acordo com o Centers for Disease Control (CDC), um diagnóstico é considerado definitivo quando positivo em cultura ou em pelo menos dois testes não-culturais distintos.

Pode ser fálso positivo, mas é necessário marcarem uma consulta para melhor esclarecimento.

Dr. Leandro Machado

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

Formado em Medicina pela Universidade de Brasília com residência em Infectologia pelo Hospital Universitário de Brasília - HUB e Mestrado em Infectolo...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Medicina do viajante
  • HIV
  • Hepatite Crônica
Veja mais


Formação

  • Mestrado em Infectologia e Medicina Tropical, Universidade de Brasíla, 2014
  • Graduação em Medicina, Universidade de Brasília, 2011
  • Especialização em Medicinta Tropical, Universidade de Brasília, 2012
Veja mais

Certificado Doctoralia


Experiências Profissionais

  • Hospital Universitário de Brasília - HUB/UnB
  • Centro de Investigação em Saúde de Manhiça - Maputo-Moçambique
  • Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado - Manaus
Veja mais

Certificados


Fotos


Vídeos


Idiomas

  • Português,
  • Inglês,
  • Espanhol

Redes sociais


Artigos

Profilaxia pós-exposição ao HIV

A PEP é uma medida de prevenção de urgência à infecção pelo HIV, que consiste no uso de medicamentos para reduzir o risco de adquirir essas infecções. Deve ser utilizada até 72 horas após qualquer situação em que exista risco de contágio, tais como: • Violência sexual; • Relação sexual desprotegida (sem o uso de camisinha ou com rompimento da camisinha); • Acidente ocupacional (com instrumentos perfurocortantes ou contato direto com material biológico).


Profilaxia pré-exposição (PrEP)

A Profilaxia Pré-Exposição ao HIV é um método de prevenção à infecção pelo HIV, que consiste na tomada diária de um comprimido que impede que o vírus infecte o organismo, antes de a pessoa ter contato com o vírus. Esse comprimidos é a combinação de dois medicamentos (tenofovir + entricitabina), que se tomado diariamente impede que o HIV se estabeleça e se espalhe em seu corpo.


Terapia antiretroviral para HIV

No Brasil, todas as pessoas diagnosticadas com HIV recebem tratamento gratuito pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O tratamento diminui as complicações relacionadas às infecções pelo HIV, melhora a qualidade de vida da pessoa e diminui a mortalidade. Faça o teste de HIV regularmente e, se o resultado for positivo, inicie o tratamento o mais rápido possível. Procure um profissional de saúde e informe-se sobre as maneiras de prevenção e tratamento do HIV.

Veja todos os artigos

Perguntas frequentes

Pesquisas relacionadas