Como é a oscilação entre a neurose e psicose do portador do TPB?
5 respostas
Como é a oscilação entre a neurose e psicose do portador do TPB?
Em termos de psicopatologia, podemos dizer que a pessoa com TPB, embora menos desorganizada que os psicóticos, apresenta maior complexidade que os neuróticos. Fala-se de um esquema limitado de reações emocionais diante de estímulos ambientais.
O paciente com TPB traz marcas de angústia, vazio, dificuldade em sentir prazer, dependência afetiva, depressão, intolerância à solidão, dificuldades de adaptação social, devido às crises de agressividade e a evitação social, episódios psicóticos breves, em que predominam ideias de auto-referência, paranoides, automutilação e ideação suicida. Normalmente os episódios psicóticos ocorrem de maneira reativa à ruptura de algum vínculo.

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Neurose e psicose são estruturas subjetivas que se organizam diferentemente. Ou você está em uma estrutura ou na outra. No entanto, um neurótico pode ter sintomas de alucinação, a depender de cada caso. No TPB há uma oscilação de sintomas. É indicado análise para esses pacientes.

O Transtorno da Personalidade Borderline recebeu esse nome em razão da palavra "borderline" se referir à limites ou fronteiras. Quando o transtorno foi reconhecido, os pesquisadores reconheciam que os pacientes estavam nas fronteiras entre a neurose e a psicose. Mais especificamente, os pacientes eram mais graves que os neuróticos comuns (pois apresentavam episódios psicóticos, como alucinações eventuais), mas eram menos graves que os psicóticos comuns (pois conseguir manter, de certa forma, algumas atividades cotidianas como trabalho, alguns relacionamentos, entre outros).

Por isso, na literatura científica sobre o borderline, diz-se que há uma variação entre a neurose e a psicose. Além disso, reconhece-se que esse paciente pode transitar por alguns sintomas típicos das neuroses (como fobias, conversões e obsessões) e outros típicos das psicoses (como alucinações e perdas de contato com a realidade).

Atenciosamente,
Guilherme Geha.

Olá, pode os chamar a neurose como a parte "positiva" do TPB, é a fase onde se tem a "percepção" de que algo não está funcionando correto. Na psicose , alem de não ter essa percepção o TPB, não da conta de avaliar seu próprio comportamento. O que dificulta muitas vezes buscar o tratamento.Como as oscilações de humor se dá por curtos momentos ,o individuo não da conta de procurar ajuda, acha que tudo esta bem. Por isso o termo entre a Neurose e Psicose.

Inicialmente, o termo borderline se referia a indivíduos que não pareciam nem neuróticos nem psicóticos, mas que estavam em algum lugar intermediário. Esta era a conceitualização que Kernberg (1967) elaborou posteriormente em seu conceito de personalidade borderline. Por organização de personalidade, Kernberg queria dizer maneiras duradouras de sentir, pensar, se comportar, experimentar a si mesmo e aos outros e de enfrentar realidades desagradáveis. Na visão dele, pacientes com "organização de personalidade borderline" tendem a usar formas drásticas e imaturas de lidar com impulsos e emoções (p.ex., comportamentos como manobras defensivas tais como a negação de realidades óbvias). Eles não são psicóticos, mas podem se tornar cognitivamente mais desorganizados do que a maioria das pessoas, particularmente sob estresse,e tem dificuldades em manter visão equilibradas de si mesmos e de outras pessoas significativas ("dividindo" suas representações em totalmente boas ou totalmente más).

Especialistas

Eliciana Monteiro do Sacramento

Eliciana Monteiro do Sacramento

Psicólogo

Fortaleza

Marisa Dumke Dalla Roza

Marisa Dumke Dalla Roza

Psicólogo

Novo Hamburgo

Alef Ferreira

Alef Ferreira

Psicólogo

São Paulo

Vanda Maria Ferrari

Vanda Maria Ferrari

Psicólogo

Curitiba

Ana Paula Nunes

Ana Paula Nunes

Psicólogo

Salvador

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 137 perguntas sobre Transtorno da personalidade borderline

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.