É necessário prescrever um estabilizador de humor para quem sofre de esquizoafetivo?

9 respostas
É necessário prescrever um estabilizador de humor para quem sofre de esquizoafetivo?
Sim, a pessoa que tem o diagnóstico de transtorno esquizoafetivo deve tomar um estabilizador de humor junto com uma medicação antipsicótica, ao menos é a regra geral, aquilo que acontece na maioria dos casos.

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Boa noite , no transtorno esquizoafetivo temos critérios diagnósticos para esquizofrenia e para transtorno afetivo bipolar no mês.o paciente , teoricamente precisamos usar um antipsicótico e um estabilizador de humor , porém existem alguns antipsicóticos de segunda geração que também são aprovados como estabilizador de humor , podendo se tentar usar essa classe , um grande abraço.
Alguns antipsicóticos podem ser usados em monoterapia (sozinhos, sem outras medicações associadas) com boa eficácia em alguns pacientes, no entanto, infelizmente os transtornos psiquiátricos são muito heterogêneos, ou seja, variam muito a apresentação e a estabilização de pessoa para pessoa, então, ainda que seja possível a monoterapia, nem sempre ela será eficaz, e alguns pacientes vão precisar sim de estabilizadores de humor.
Espero ter ajudado.
É muito importante fazer a combinação da terapia medicamentosa com a psicoterapia. E de preferência na abordagem da psicoterapia comportamental cognitiva.
Sim, se o diagnóstico for de esquizoafetivo um dos medicamentos indicados poderá ser um estabilizador de humor com medicação antipsicótico, mais Psicoterapia, com certeza.
Espero ter lhe ajudado, estou a disposição
Abraço
Vera Pelizzari
Com certeza,os estabilizadores de humor são necessários juntamente com a psicoterapia que vai lhe ajudar a descobrir suas crenças limitantes que impedem o seu crescimento pessoal e reforçar as libertadoras que vão lhe dar empoderamento...talvez nem precise mais de estabilizadores pq vc já sabe fazer o seu auto controle.
Espero ter lhe ajudado...
Boa noite! Sim é necessário, mas eu sempre digo que a avaliação é muito importante para tratar o paciente da maneira correta. A terapia funciona muito bem junto com os medicamentos. Mas o ideal é você sempre sanar suas dúvidas nas consultas.
Como todos já disseram, sim, mas o estabilizador de humor não é o único fármaco utilizado e nem a terapia medicamentosa é a única forma de tratamento. De um modo geral o q se recomenda é a conjugação de de tratamentos que se complementam.
Olá... Na maioria das vezes sim, mas é necessário que vc procure um profissional psiquiatra para avaliar seu caso e ver qual a melhor medicação. O tratamento será eficiente se vc casar (combinar) com uma psicoterapia, para que vc consiga trabalhar suas emoções e sentimentos dentro do seu diagnóstico.

Especialistas

Carla Felin

Carla Felin

Psiquiatra

Caxias Do Sul

Agendar uma visita
Arthur Cardoso

Arthur Cardoso

Psiquiatra

Piracicaba

Fernando Bertol Scussel

Fernando Bertol Scussel

Psiquiatra

Passo Fundo

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 7 perguntas sobre Tratamento da esquizofrenia e outros transtornos psicóticos
  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.
  • Por uma questão de saúde, quantidades e doses de medicamentos não serão publicadas.

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.


Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.