Gostaria de saber se tem como se curar da despersonalização e desrealizacao sem o uso de medicamentos, tenho esse quadro faz 6 meses e não passa, o que devo fazer?
Dra. Elaine de Campos Farias
Dra. Elaine de Campos Farias
Psicólogo
Brasília
Precisa procurar um psicólogo para uma avaliação, quando mais cedo procurar o profissional, melhor o prognostico. A terapia cognitivo Comportamental tem índice de eficiência muito alta,

A despersonalização ou desrealização é um transtorno dissociativo e o seu diagnóstico só pode ser feito se outros transtornos foram descartados, sendo assim, se faz necessário uma boa avaliação! Confirmado o diagnóstico a psicoterapia (Comportamental ou apsicodinâmica) é uma opção eficaz, frequentemente com o tratamento a sensação de despersonalização desaparece, pois é trabalhado a situação desencadeante. O uso de medicação quando indicado deve ser discutido durante o processo psicoterápico, pois tranquilizantes e antidepressivos podem ajudar bastante em conjunto com a psicoterapia.

O que está fazendo para que sua questão Seja resolvida? Está fazendo tratamento psicológico? Acredito ser possível um trabalho sem medicação, porém é um processo que irá construir junto com quem está acompanhando você. Importante estar com um profissional que confie em se sinta segura e possa falar o que lhe aflige.

 Bárbara Adele de Moraes
Bárbara Adele de Moraes
Psicanalista, Psicólogo
Sorocaba
Recomendo que procure um psicólogo e/ou psicanalista para que você possa falar sobre o que está acontecendo, o receio em tomar medicamentos entre outros assuntos que possam surgir, para que você e este profissional possam decidir qual a melhor tratativa.

Dra. Ajurymar Santos
Dra. Ajurymar Santos
Psicólogo, Terapeuta complementar
Feira de Santana
Olá, é muito provável que sua ansiedade esteja prejudicando seu tratamento. A necessidade de ter "cura" o receio do uso de medicamento pode ser sintomático sobre sua questao atual. É importante atender seu sofrimento psíquico com a psicoterapia e se for recomendável o uso de algum farmaco, independente do tempo que vc terá que fazer uso, o mais importante é tratar seu quadro clínico e diminuir os sintomas e promover uma melhoria na sua qualidade de vida. Nao adiante os passos do tratamento, os resultados virao com os tratamentos e a persistência.

Há a remissão da despersonalização e desrealização. Assim como da depressão , ansiedade entre outros transtornos. Com terapia é possível. Mas cada caso é um... A medicação pode ser ou não indicada. A cura não é o termo usado nesse nosso meio.

 Heride Maria Veiga Cervelini
Heride Maria Veiga Cervelini
Psicólogo
Santo André
Oi! Precisamos não ter preconceito quanto ao uso de medicação desde que seja sob a orientação de um médico que lhe inspire confiança. Para casos como o seu o acompanhamento psicoterápico também é fundamental!
Com estes dois trabalhos você irá encontrar uma melhor qualidade de vida! Acredite em você !

 Pablo Cordeiro
Pablo Cordeiro
Psicólogo
Santo André, SP
Olá!

O medicamento sempre é um bom aliado, considerá-lo assim e notar seus benefícios te será bem vantajoso, desde que tenha um bom acompanhamento médico. Você precisará iniciar Psicoterapia, pois irá entender os mecanismos envolvidos nestas situações e em como reduzí-los e prevení-los.

Vá em frente e bom tratamento.

Esse quadro em que se encontra há seis meses, é fruto de um desencontro com você mesmo(a). Procure um(a) psicólogo(a), pois, com certeza, poderá te ajudar. Um abraço!

Especialistas em Transtorno da Ansiedade

Vitoria Oliveira Reis

Vitoria Oliveira Reis

Psiquiatra, Terapeuta ocupacional

São Paulo

Luíza Pinheiro

Luíza Pinheiro

Psiquiatra

Juazeiro Do Norte

Bibiana Cadó

Bibiana Cadó

Psiquiatra

Porto Alegre

Pamela Gouveia

Pamela Gouveia

Psiquiatra

Recife

Luis Falivene Roberto Alves

Luis Falivene Roberto Alves

Psiquiatra

Campinas

Tiago Lenz De Brum

Tiago Lenz De Brum

Psiquiatra

Concórdia

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 127 perguntas sobre Transtorno da Ansiedade

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.