Tenho toda a sintomalogia de que tem TDAH, qual o médico devo procurar: Psiquiatra ou Neurologista?
Geralmente a procura maior nestes casos são na área de psiquiatria. Porém, caso haja necessidade, os profissionais irão fazer encaminhamentos para outras áreas, se julgar necessário. Algumas disfunções são tratadas com equipe multidisciplinar.

Consiga todas as respostas durante a Telemedicina

Agende uma Telemedicina e pergunte aos especialistas sobre tudo o que precisa sem sair de casa

Mostrar especialistas Como funciona?
 Patricia De Lucia Nadruz
Patricia De Lucia Nadruz
Psicólogo, Terapeuta complementar
São Paulo
Ambos profissionais tem competência para efetuar o diagnóstico. Mas o ideal eh que você faça uma avaliação neuropsicológica. Trata-se de uma bateria completa de testes de atenção, linguagem, funções executivas, etc que além da clínica dos sintomas podem testar em que grau apresenta os sintomas. Boa parte dos neurologistas e psiquiatras pedem a avaliação neuropsicológica para fechar o diagnóstico de TDAH. Procure um profissional de sua confiança e se possível passe pela avaliação. Além disso a avaliação neuropsicológica pode lhe ajudar na reabilitação do quadro e melhora nós sintomas do TDAH.

Dra. Regina Rozenbaum
Dra. Regina Rozenbaum
Psicólogo, Psicanalista
Belo Horizonte
Você poderá procurar ambos. Normalmente o neurologista é o mais procurado. A partir da consulta com o especialista ocorrerá o encaminhamento ao neuropsicólogo que fará a Avaliação Neuropsicológica. Nosso cérebro é responsável por diferentes funções mentais: capacidade de concentração, memória visual, auditiva e verbal; capacidade de planejamento, abstração e categorização; habilidades viso motoras; linguagem expressiva e receptiva; senso de relações espaciais e habilidades construtivas,; raciocínio lógico -sequencial e várias outras. Assim, quando uma ou mais dessas funções está prejudicada, comprometendo o funcionamento da pessoa no seu dia-a-dia é solicitado o exame.
A bateria de testes a qual é submetido o paciente fornecerá um perfil das funções comprometidas ou não. A partir daí um relatório é enviado ao médico solicitante que dará seguimento ao tratamento que se fizer necessário.

Olá
Qualquer um desses profissionais tem a capacidade para o diagnóstico, porém é extremamente importante que você faça psicoterapia, o diagnóstico e o uso de medicamentos não irá a desenvolver as habilidades necessárias para a mudar a relação desses sintomas com a sua vida diária. Em alguns casos, o uso de medicamento não é necessário caso esteja fazendo psicoterapia.

 Valesca Nunes
Valesca Nunes
Psicanalista, Psicólogo
Curitiba
Ambos profissionais tem capacidade para diagnosticar. No entanto, acredito que mais importante que buscar um diagnóstico é colocar palavras sobre esses sintomas. Entender as origens, causas... buscar na sua história o que pode ter desencadeado esses sintomas e quais significações possuem a você. Para que possa ter um autoconhecimento e encontrar sua própria forma de lidar com esses sintomas.
Como já mencionado, nem todos casos precisa do uso do medicamento. Recomendo buscar um psicólogo ou psicanalista.

Especialistas em Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)

Erika Aleixo

Erika Aleixo

Psicólogo

Caruaru

Margarida Solla Galvão

Margarida Solla Galvão

Psicopedagogo

Aline Martins Cordeiro

Aline Martins Cordeiro

Psicólogo

Sorocaba

Andreza C. Lage

Andreza C. Lage

Psicólogo

Pindamonhangaba

Simone M de Almeida

Simone M de Almeida

Psicólogo

São Paulo

Tatiane Rodrigues Pinto Rafailov

Tatiane Rodrigues Pinto Rafailov

Psicólogo

Taguatinga

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 257 perguntas sobre Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.