Rodrigo Vargas, Neurologista Goiânia

Rodrigo Vargas

Neurologista

Número de Identificação Profissional: CRM 15286/ RQE 9716
81 visitas ao perfil nos últimos 30 dias

Consultórios (2)

R Campinas, 1135 - St Cs Misericordia, Setor Dos Funcionários, Goiânia
Santa Casa de Misericordia de Goiania (mapa)

Próxima data disponível:

Mostrar o calendário
(62) 3254.....
(62) 3254.....

Consulta neurologia

R. C-148, 1280 (Esquina com Avenida T-63), Jardim America, Goiânia
Hospital E Maternidade Jardim America Ltda (mapa)

Nesse endereço não é possível marcar consulta online

Pedir calendário de consultas
(62) 3269.....

Tratamiento conservador prolongado da hipertensão intracraninana

Consulta neurologia

Experiência

Sobre mim

Sou o Rodrigo Vargas, médico neurologista em Goiânia-GO. Concluí minha residência médica em Neurologia Clínica na Santa Casa de Misericórdia de Goiâni...

Mostrar a descrição completa

Tratar condições médicas

  • Doença de Alzheimer
  • Doença De Parkinson
  • Acidente vascular cerebral (AVC)
Mostrar mais doenças

Formação

  • Médico, Universidade Federal do Acre (UFAC), 2011
  • Residência Médica em Neurolgoia Clínica., Santa Casa de Misericórdia de Goiânia, 2015

Idiomas

Português, Inglês

Opiniões dos pacientes

Este especialista não tem nenhuma opinião dos pacientes da Doctoralia. Seja o primeiro em deixar uma!

Deixe aqui sua opinião

Serviços e preços

Consulta neurologia


R Campinas, 1135 - St Cs Misericordia, Goiânia

Preço não relatado

Santa Casa de Misericordia de Goiania



R. C-148, 1280 (Esquina com Avenida T-63), Goiânia

Preço não relatado

Hospital E Maternidade Jardim America Ltda


Tratamiento conservador prolongado da hipertensão intracraninana


R. C-148, 1280 (Esquina com Avenida T-63), Goiânia

Preço não relatado

Hospital E Maternidade Jardim America Ltda

Dúvidas respondidas

3 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia


  • Pergunta sobre Acidente vascular cerebral (AVC)

    Meu pai com 83 anos,com estenose carótidas, já teve vários AVCs, tem lúpus e problema nos rins. O angiologista mandou levar a um neurologista. Que neurologista? Neuroclínico ou qual será o mais indicado?

    Olá, o Neurologista Clínico é sim o profissional mais capacitado para acompanhar casos como o seu pai, assim como das doenças cerebrovasculares de um modo geral.

    Rodrigo Vargas

  • Pergunta sobre Cefaléia (dor de cabeça)

    Existe algum tipo de dor de cabeça levissima que fica quase 24 horas por dia com a pessoa?

    Sim, existem diferentes causas de cefaleia que podem cursar com dor contínua de leve intensidade, dentre elas pode-se citar a Cefaleia Tipo Tensional Crônica e a Cefaleia por Abuso de Analgésicos, no entanto, existem outras características na dor que devem ser observadas para o diagnóstico adequado, sendo fundamental o acompanhamento médico nos casos de cefaleia crônica.

    Rodrigo Vargas

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

Sou o Rodrigo Vargas, médico neurologista em Goiânia-GO. Concluí minha residência médica em Neurologia Clínica na Santa Casa de Misericórdia de Goiâni...

Mostrar a descrição completa

Tratar condições médicas

  • Doença de Alzheimer
  • Doença De Parkinson
  • Acidente vascular cerebral (AVC)
Mostrar mais doenças

Formação

  • Médico, Universidade Federal do Acre (UFAC), 2011
  • Residência Médica em Neurolgoia Clínica., Santa Casa de Misericórdia de Goiânia, 2015

Idiomas

Português, Inglês

Artigos

Acidente vascular cerebral (AVC)

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) representa doenças que cursam com lesões do sistema nervoso devido alterações vasculares, tanto isquêmicas (85%) quanto hemorrágicas (15%), sendo a principal causa de óbito na população adulta no Brasil. Dentre os sintomas mais comuns estão a fraqueza ou formigamento na face, no braço ou na perna, especialmente em um lado do corpo; alteração da fala ou compreensão; na visão; do equilíbrio e coordenação; dor de cabeça súbita, intensa e sem causa aparente. Na sua suspeita, é fundamental o acionamento precoce dos serviços de urgência, uma vez que é uma doença tempo-dependente, ou seja, quanto mais rápido o tratamento, maior a chance de recuperação completa.


Doença De Parkinson

A Doença de Parkinson é uma condição comum que afeta a capacidade do cérebro de controlar os movimentos. Tem evolução lentamente progressiva, apresentando sintomas como a bradicinesia (lentidão nos movimentos), o tremor de repouso, a rigidez muscular e a instabilidade postural, além de alterações cognitivas, do humor, do olfato e do sono. O diagnóstico é feito com base na história clínica, no exame físico, na boa resposta ao tratamento medicamentoso (levodopa ou agonistas dopaminérgicos) e na exclusão de outros diagnósticos. Embora não haja cura, o tratamento medicamentoso, multidisciplinar e as vezes cirúrgico traz grande alívio nos sintomas e melhoria na qualidade de vida dos pacientes.


Vertigem

A vertigem é um sintoma comum na população e que, em geral, traz muito desconforto e preocupação. É causada por uma diversidade de doenças distintas que podemos dividir, de modo geral, em causas periféricas e centrais. As causas periféricas são as mais comuns e, embora muitas vezes benignas, podem trazer grande prejuízo para a qualidade de vida, dentre as quais podemos citar a vertigem postural benigna (VPPB) e a doença de Ménière, entre tantas outras. Já as causas centrais são decorrentes de lesões intracranianas, estão associadas a outros sintomas neurológicos e podem ser, em alguns casos, de extrema gravidade. A avaliação médica é o principal instrumento na sua definição e tratamento.


Enxaqueca

É uma doença benigna que ocorre em adultos e crianças, sendo marcada por episódios recorrentes de dor de cabeça . A dor inicia-se de forma leve, com piora gradual, pode durar até 72 horas e tem características típicas, como o caráter pulsátil, náuseas, vômitos e o agravamento por sons, luz e esforço físico. Apresenta gatilhos que podem gerar as crises ou levar à sua cronificação, como o estresse, alterações hormonais e climáticas, certos alimentos, álcool, privação ou excesso de sono, falha nas refeições, sedentarismo e abuso de analgésicos. O tratamento deve ser individualizado, com uso de medicações, mudança de hábitos de vida e procedimentos específicos para o controle da dor.


Cefaléias

A dor de cabeça é um sintoma comum na população geral, afetando praticamente todos os indivíduos no decorrer da vida. É causada por uma diversidade de doenças que podemos dividir, de modo geral, em causas primárias e secundárias. As causas primárias são as mais comuns e, embora benignas, podem trazer grande prejuízo para a qualidade de vida, dentre as quais podemos citar a enxaqueca, a cefaleia tipo tensional, a cefaleia em salvas entre tantas outras. Já as secundárias são, em geral, associadas a lesões do crânio e pescoço ou decorrentes de fatores externos, sendo em alguns casos de extrema gravidade. A avaliação médica cuidadosa é o principal instrumento na sua definição e tratam


Doença de Alzheimer

O termo “Demência” engloba doenças associadas à perda das funções cognitivas superiores, como a memória, com perda gradual da funcionalidade e independência. Dentre as causas, a Doença de Alzheimer é a mais comum. No início os sintomas são leves, com esquecimento, dificuldades de linguagem, concentração e execução de tarefas. No avançar da doença pode haver mudança de personalidade, irritação ou agressividade e dificuldade para realizar tarefas básicas como alimentar-se, vestir-se, realizar a própria higiene. O tratamento é feito por equipe multidisciplinar, e tem vistas à melhoria da qualidade de vida, a investigação de tratamento de outras doenças comumente associadas e ao suporte familiar.

Veja todos os artigos