Bypass ou endarterectomia da carotida ou vertebral - Informações, especialistas e perguntas frequentes

O que é?

A endarterectomia é um procedimento cirúrgico. Seu objetivo é remover as placas que bloqueiam as artérias impedindo seu funcionamento normal. Trata-se de um procedimento invasivo no qual é inserida uma ponte (bypass) que permite a melhor circulação do sangue. As paredes das artérias são, em sua condição ideal, lisas e elásticas. Abrem-se e fecham-se permitindo a circulação do sangue para todo o corpo. Com o passar dos anos, no entanto, elas vão sendo obstruídas, o que compromete a circulação. A técnica da endarterectomia é mais comum nas artérias carótidas que ficam localizadas no pescoço e são responsáveis por conduzir o sangue até o cérebro. O procedimento consiste em um corte na pele para expor a artéria comprometida. Ela é pinçada interrompendo o fluxo de sangue. Durante esse período, o cirurgião remove a obstrução e também o revestimento interno da parede arterial. Depois, faz um enxerto com material sintético para alargar a artéria. Ao final da cirurgia, o fluxo de sangue é liberado. O paciente fica internado por até dois dias e, se não houver qualquer complicação, pode deixar o hospital. Por ser considerada mais eficaz, durável, segura e barata, a endarterectomia da carótida tem sido utilizada desde os anos 50. Recentemente, todavia, sua utilização tem sido contestada especialmente nos Estados Unidos onde o número de procedimentos desse tipo tem diminuído significativamente.

Qual é a causa?

O envelhecimento é a causa principal do entupimento das artérias. Com o passar dos anos substâncias como cálcio e placas de colesterol vão se acumulando em suas paredes e comprometendo seu funcionamento. Há outros fatores de risco: diabetes, hábito de fumar, sedentarismo, colesterol elevado e hereditariedade. Quais os sintomas? Em muitos casos não há sintomas até que aconteça um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Nesse caso, o paciente tem fraqueza, dormência de um dos lados do corpo, incapacidade de movimentar perna ou braço, perda temporária da visão, perde a capacidade de falar com clareza, não entende o que as outras pessoas falam, tem tonturas e sofre confusão mental. Na maioria das vezes esses sintomas passam depois de algumas horas. Todavia, alguns podem permanecer pelo resto da vida.

Como fazer o diagnóstico?

É possível realizar o diagnóstico antes do acontecimento de um AVC. O cardiologista pode pedir exames de ultrassom para pacientes com mais de 60 anos para monitorar a formação de placas nas artérias.

Qual o tratamento?

O tratamento varia de acordo com o grau de entupimento das artérias. Se essa obstrução for detectada no início, a mudança do estilo de vida do paciente pode ser suficiente ou mesmo o uso de medicamentos. Quando o entupimento for muito grande, a cirurgia vira a única opção.

Especialistas - bypass ou endarterectomia da carotida ou vertebral

Encontre um especialista na sua cidade:
Gisele Brasil

Gisele Brasil

Cirurgião vascular

Fortaleza

Agendar uma visita
Andreia Esteves de Lima

Andreia Esteves de Lima

Angiologista, Cirurgião vascular

Maceió

Agendar uma visita
Henrique Lamego

Henrique Lamego

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo

Agendar uma visita
Allana Maryel Tobita

Allana Maryel Tobita

Cirurgião vascular

São Paulo

Agendar uma visita
Adriano Gomes

Adriano Gomes

Angiologista, Cirurgião vascular

Salvador

Agendar uma visita
Pablo da Silva Mendes

Pablo da Silva Mendes

Cirurgião vascular

Vitória

Agendar uma visita

Perguntas sobre Bypass ou endarterectomia da carotida ou vertebral

Nossos especialistas responderam a 2 perguntas sobre Bypass ou endarterectomia da carotida ou vertebral

Olá,
É necessário saber se este comprometimento causa algum sintoma, e se é mesmo das artérias vertebrais.
Também é importante consultar pessoalmente opiniões de especialistas que…
3 respostas


Olá internauta.
Depende bastante do tempo decorrido de sua cirurgia. Com o passar do tempo, no local da cirugia ocorre a diminuição do edema, cicatrização de tecidos mais profundos, além…
2 respostas

Especialistas falam sobre Bypass Ou Endarterectomia Da Carotida Ou Vertebral

A endarterectomia carotídea é realizada há décadas como forma de prevenir o Acidente Vascular Cerebral. Trata-se de uma cirurgia aberta, com incisão no pescoço, onde é realizada a abertura direta da artéria carótida e a remoção da sua placa de ateroma. É a cirurgia mais delicada da especialidade, e deve ser realizada apenas por profissionais com grande experiência e preparo. Mesmo com o aparecimento da angioplastia com stent como técnica alternativa, a endarterectomia ainda persiste como a técnica com melhores resultados e menores taxas de AVC pós-operatório. Deve ser realizada quando a placa de ateroma causar sintomas (AVC, AIT) ou quando o grau de obstrução for importante.

Breno França Vieira

Angiologista, Cirurgião vascular

Niterói

Agendar uma visita

Tratamento cirúrgico da estenose carotídea, estreitamento do vaso do pescoço (artéria carótida) que leva sangue bombeado pelo coração do peito para a cabeça, que irriga o nosso cérebro, na maioria das vezes causado por aterosclerose ("placa de gordura"), podendo entupir ou mesmo soltar pedaços de placa, trazendo falta de circulação cerebral e derrames, com risco de sequelas ou até de morte.

Alexandre De Arruda Martins

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo

Quais profissionais realizam Bypass ou endarterectomia da carotida ou vertebral?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.