Fistulectomia ou fistulotomia anal - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas - fistulectomia ou fistulotomia anal

Silvia Mamprim Padovese

Silvia Mamprim Padovese

Coloproctologista, Cirurgião geral

São José dos Campos

Agendar uma visita
André Barreto

André Barreto

Cirurgião geral, Coloproctologista

Florianópolis

Agendar uma visita
Matheus Duarte Massahud

Matheus Duarte Massahud

Coloproctologista

Conselheiro Lafaiete

Agendar uma visita
Renato Gomes Campanati

Renato Gomes Campanati

Coloproctologista, Cirurgião geral, Endoscopista

Belo Horizonte

Agendar uma visita
Gustavo Alt

Gustavo Alt

Coloproctologista, Cirurgião geral

Niterói

Agendar uma visita

Perguntas sobre Fistulectomia ou fistulotomia anal

Nossos especialistas responderam a 72 perguntas sobre Fistulectomia ou fistulotomia anal

Olá!
Geralmente as fístulas anais estão relacionadas a inflamação de glândulas que existem no canal anal. Não há uma medida específica que evite essa inflamação com 100% de eficácia. O…
1 respostas

Olá, se você tem uma fístula e foi necessário colocar o fio, para retirar é necessário uma nova cirurgia, pois o cirurgião não ira só cortar o fio, não é simples assim, sugiro conversar com seu…
1 respostas

Sim! Fistula anal é uma comunicação ente o canal anal e a pele. É comum a saída de secreção, e as vezes até mesmo um pouco de fezes líquidas.
Procure um médico coloproctologista para tratamento.…
1 respostas

Especialistas falam sobre Fistulectomia Ou Fistulotomia Anal

Fistulas anais são a manifestação crônica do abscesso anal. Sua causa mais comum é a inflamação e infecção de glândulas no ânus. O tratamento é cirúrgico, e a técnica mais utilizada é a fistulotomia anal. A cirurgia consiste em identificar e abrir todo o trajeto da fístula, para uma cicatrização espontânea. É importante que o paciente saiba que pode haver recidiva ou incontinência fecal. Para evitar que isso aconteça, às vezes é necessário realizar a fistulotomia em dois tempos: passagem de um fio no trajeto numa primeira cirurgia, e a finalização da fistulotomia em outra cirurgia meses depois. Existem outras opções cirúrgicas para casos específicos.

As fístulas perianais apresentam diversas opções de tratamento, sendo que os mais efetivos e realizados são a fistulotomia em 1 ou 2 tempos. Os demais procedimentos se prestam a casos específicos, com adequada e cuidadosa discussão com o paciente acerca dos resultados. A fistulotomia se presta a abrir o trajeto ou túnel que se forma da glândula anal inflamada até a borda anal, atravessando diferentes espessuras do músculo do ânus. Esse último fator que determina, principalmente, se a cirurgia deverá ser feita em um ou dois tempos. A cirurgia em dois tempos coloca um fio, chamado de seton, envolvendo o músculo, para que ele não seja cortado de uma vez, aumentando a chance de incontinência.

Thais Yuka Takahashi

Coloproctologista

São Paulo

Agendar uma visita

Quais profissionais realizam Fistulectomia ou fistulotomia anal?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.