Retossigmoidoscopia com polipectomia - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas - retossigmoidoscopia com polipectomia

Bruno Medeiros

Bruno Medeiros

Coloproctologista

Fortaleza

Agendar uma visita
Luana Bringhenti

Luana Bringhenti

Coloproctologista

Porto Alegre

Agendar uma visita
Igor Diaz Yamane

Igor Diaz Yamane

Coloproctologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Angela Essinger

Angela Essinger

Coloproctologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Luciana De Oliveira Fialho Hill

Luciana De Oliveira Fialho Hill

Coloproctologista, Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Luciano Flores Fernandes

Luciano Flores Fernandes

Cirurgião do aparelho digestivo

Santa Maria

Perguntas sobre Retossigmoidoscopia com polipectomia

Nossos especialistas responderam a 15 perguntas sobre Retossigmoidoscopia com polipectomia

O melhor a ser realizado, neste caso é consultar-se com um gastroenterologista/hepato de sua confiança, a fim de esclarecer detalhadamente cada dúvida.
1 respostas

Olá!
Não é muito comum sentir dor após ressecção de pólipos do cólon, porém, alguns pacientes podem desenvolver a "Síndrome pós-polipectomia", apresentando sintomas como: dor…
1 respostas

Olá. As polipectomias geralmente são procedimentos indolores. No seu caso, como era um pólipo grande, há uma chance maior de complicação no procedimento, mas geralmente cursa com um quadro mais…
1 respostas

Especialistas falam sobre Retossigmoidoscopia Com Polipectomia

Através da retossigmoidoscopia o médico proctologista pode examinar o ânus, canal anal, o reto em toda sua extensão e a parte final do intestino grosso (sigmóide); podendo inclusive fazer biópsia de pólipos, lesões, ou tumores encontrados.

José Antonio Dias Da Cunha E Silva

Coloproctologista

Rio de Janeiro

Quais profissionais realizam Retossigmoidoscopia com polipectomia?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.