Salpingectomia videolaparoscopica - Informações, especialistas e perguntas frequentes

A salpingectomia (salpingo+ectomia) é a extirpação da trompa de Falópio (uni ou bilateral). A salpingectomia é raramente feito por iniciativa própria a não ser no caso de , ou quando uma certa quantidade de líquidos retidos ou pus acha-se dentro de uma trompa. A salpingectomia é indicada nas pacientes com ectópica rota, prole constituída, anterior, lesão tubária extensa, e quando a salpingostomia é realizada e persiste sangramento incontrolável. A remoção completa da tuba é um procedimento tecnicamente simples e de fácil execução por via laparoscópica. A videolaparoscopia é uma intervenção minimamente invasiva feita em Hospital sob anestesia geral. Através de uma microcâmera de vídeo introduzida no abdome por uma incisão mínima na região do umbigo, visualizam-se os órgãos genitais internos: útero, ovários e órgãos vizinhos. Com esse aparelho permeabilidade tubária, e endometriose são diagnosticadas e podem ser tratadas cirurgicamente sem a necessidade de cortar o abdome. Na salpingectomia videolaparoscopica fazem-se uma punção umbilical e duas punções auxiliares que permitem um acesso adequado para a tesoura e o cautério bipolar, iniciando a remoção da tuba a partir da porção ístmica. A salpingectomia é a cirurgia mais radical duma gravidez ectópica, porque limita a capacidade de fertilidade da mulher. A remoção das trompas leva à eliminação do canal de ligação entre os ovários e o útero e à esterilização da mulher.

Especialistas - salpingectomia videolaparoscopica

Carlos Moraes

Carlos Moraes

Ginecologista

São Paulo

Agendar uma visita
Karen Gerencer Fino

Karen Gerencer Fino

Ginecologista

São Paulo

Agendar uma visita
Dulce Cristina Pereira Henriques

Dulce Cristina Pereira Henriques

Ginecologista, Especialista em medicina estética

Curitiba

Agendar uma visita

Perguntas sobre Salpingectomia videolaparoscopica

Nossos especialistas responderam a 99 perguntas sobre Salpingectomia videolaparoscopica

Oi! Ainda é um pós operatório recente e alguns desconfortos podem ocorrer. Mantenha observação dos sintomas, se houver piora ou os mesmos se mantiverem procure seu médico.
1 respostas


Sem as trompas será impossível de ter uma gestação normal. OK?
1 respostas


Boa noite. Se a senhora está bem , não será por cirurgia recente que poderia afetar implantação. Não desista dos seus sonhos. Se Deus quiser, dará certo. Um abraço.
1 respostas

Especialistas falam sobre Salpingectomia videolaparoscopica

A hidrossalpinge, que é líquido acumulado na trompa, devido a um processo infeccioso prévio, é a principal indicação de salpingectomia videolaparoscópica. Nessa cirurgia, a trompa doente é totalmente retirada, com a utilização de pinças longas, que cortam e cauterizam, e que entram por 2 ou 3 pequenas incisões de 0,5cm, próximas da marca do biquini. Como na videolaparoscopia temos que insuflar gás carbônico no abdome para visualizar os órgãos, a anestesia tem que ser GERAL. A recuperação pós operatória é ótima, com pouca dor, diferentemente das cirurgias convencionais, que tem grandes cicatrizes. Normalmente, a paciente recebe alta no dia seguinte da cirurgia.

Michelly Azevedo Da Motta

Ginecologista

Rio de Janeiro

Quais profissionais realizam Salpingectomia videolaparoscopica?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.