Septoplastia (desvio do septo) - Informações, especialistas e perguntas frequentes

O que é?

A septoplastia é uma cirurgia feita no nariz. Seu objetivo é corrigir o setpo nasal melhorando as condições de respiração. O septo nasal é a estrutura que divide as fossas nasais. Ele é formado por ossos, em sua parte superior, e cartilagem, na parte inferior. O septo deveria ser reto, porém, eventualmente entorta. É o que os médicos chamam de desvio do septo. Ele fica mais estreito e dificulta a respiração. A obstrução dessas fossas é bastante comum. Na maioria dos casos, elas permanecem dessa forma a vida inteira sem causar qualquer problema. Todavia, algumas vezes essa obstrução causa problemas respiratórios mais graves exigindo a realização do procedimento. O objetivo da septoplastia é reposicionar os septos tentando deixá-los retos. Isso é feito com a ajuda de estruturas, na maioria dos casos de silicone, chamadas splints. Elas são colocadas paralelamente ao septo e visam ajudar em sua sustentação. Ficam no nariz por até cinco dias e depois são retiradas. A septoplastia dura aproximadamente uma hora e normalmente é realizada com cirurgia geral. Alguns médicos sequer internam o paciente permitindo que ele volte para casa horas após a cirurgia. Outros preferem deixá-lo no hospital por um dia. Em poucos dias o paciente é liberado para as tarefas do dia a dia. Porém, pode ser impedido de realizar atividades físicas por até um mês. A cirurgia, entretanto, apresenta algumas contraindicações. Não é incomum o paciente apresentar quadro de infecção, sangramento nasal, perfuração do septo, diminuição do olfato ou até mesmo apresentar o retorno do desvio algum tempo após o procedimento.

Qual é a causa?

São duas as causas do desvio no septo nasal. Na maioria das vezes ele é congênito. Acompanha a pessoa desde o nascimento ou o paciente apresenta uma predisposição para essa condição. Por vezes o desvio acontece devido a traumas.

Quais os sintomas?

O principal sintoma da obstrução dos septos nasais é a dificuldade para respirar. Essa situação conduz a outros problemas: sinusite, cansaço, dificuldade para dormir, roncos, nariz entupido e dificuldade para sentir odores e sabores.

Como fazer o diagnóstico?

Um exame físico é suficiente para diagnosticar o desvio de septo.

Qual o tratamento?

O único tratamento para o desvio de septo é a cirurgia. Medicamentos podem ser utilizados para controlar os sintomas como a sinusite, por exemplo.

Especialistas em septoplastia (desvio do septo)

Encontre um especialista em Septoplastia (Desvio Do Septo) na sua cidade:

Perguntas sobre Septoplastia (desvio do septo)

Nossos especialistas responderam a 415 perguntas sobre Septoplastia (desvio do septo)

Dra. Ana Carolina Daflon Scoralick
Dra. Ana Carolina Daflon Scoralick
Medico do sono, Otorrino
Rio de Janeiro
Boa noite. A remoção ocorre no consultório médico é bem simples e rápida sem anestesia para o mesmo. Sente um desconforto tipo pressão, suportável, somente na hora de puxar. Espero que tenha…
1 respostas

O sangramento pós operatório em pouca quantidade é esperado nos primeiros dias de uma cirurgia endoscopia dos seios da face, diminuindo dia após dia. A sensação de obstrução nasal pode ocorrer…
1 respostas

Prezada internauta, aconselho a retornar ao otorrino para uma avaliação, para descartar hematoma ou desvios causados pelo trauma ocorrido.
1 respostas

Especialistas falam sobre Septoplastia (Desvio Do Septo)

O septo nasal é a parede interna do nariz, que o divide em 2 cavidades(as fossas nasais). Em algumas pessoas ele não é retilínio, desviando para um dos lados das fossas nasais estreitando a passagem de ar daquele lado. Quando o desvio é leve geralmente causa poucos sintomas. Quando ele é moderado ou severo pode ocasionar diversos problemas como: -Obstrução nasal frequente -Redução do olfato -Sinusites de repetição -Aumento dos roncos -Dificulta o uso de medicamentos tópicos A cirurgia do septo nasal (Septoplastia) é indicada quando a obstrução nasal não melhora pós tratamento clínico. Geralmente melhora a qualidade de vida e pode ajudar no controle da rinite alérgica severa.

O septo nasal é a estrutura que divide por dentro as duas fossas nasais (os dois lados do nariz). É constituído por osso e cartilagem. Quando desviado, o septo pode obstruir a passagem de ar pelo nariz. A septoplastia é a cirurgia indicada para correção do desvio de septo, reposicionando-o da forma mais reta possível. Os cortes são realizados dentro do nariz, sem cicatriz externa.

Vivian Wiikmann

Otorrino

São José do Rio Preto

Agendar uma visita

A obstrução nasal pode ser resultado de diversas condições. Dentre elas há o desvio do septo nasal, parede que separa as narinas direita e esquerda. Durante o crescimento da face ou resultado de trauma, o septo nasal pode estar torto para um dos lados (ou ambos lados) causando obstrução nasal crônica. Nesses casos o paciente poderá optar por um tratamento cirúrgico definitivo com correção das alterações anatômicas obstrutivas nasais. Agende sua avaliação.

Anderson Castelo Branco

Cirurgião cranio-maxilo-facial, Otorrino

Salvador

Agendar uma visita

Muitos casos de obstrução nasal crônica que não respondem ao tratamento clínico têm associação com os desvios do septo nasal. Este tipo de alteração da anatomia interna do nariz leva à dificuldade na passagem do ar por uma ou ambas fossas nasais. Este defeito do septo nasal, quando identificado como causa dos sintomas do paciente, pode ser corrigido cirurgicamente através da septoplastia. Como é feita esta cirurgia? A septoplastia é feita com intuito de retirar as áreas ósseas e cartilaginosas em que o septo encontra-se desviado, tornando-o centrado.

A Septoplastia é indicada para os pacientes com desvio de septo nasal que apresentam obstrução nasal (nariz entupido) e que não melhoram com medicamentos. A cirurgia é feita por dentro do nariz, não há cicatrizes externas. A Septoplastia consiste em se levantar a cobertura mucosa do septo nasal, para que se exponham as alterações ósseas e cartilaginosas. Após a correção das áreas desviadas, a mucosa nasal é reposicionada e suturada. Geralmente não é necessário uso de tampões no pós-operatório.

Flavio Cunha Ferreira

Otorrino

Brasília


Cirurgia cujo objetivo é corrigir os desvios obstrutivos do septo nasal, melhorando sobremaneira a qualidade de vida destes indivíduos. Está indicada sempre que o indivíduo apresentar obstrução nasal ("nariz entupido") por conta de desvio do septo nasal. Técnica: Utilizando os orifícios naturais do nariz (narinas) fazemos uma pequena incisão no septo nasal e, após sua correta dissecção, corrigimos suas áreas desviadas. Após o procedimento a incisão é suturada, não deixando cicatrizes. O uso de splints nasais ventilados (placa de silicone maleável) pode ser necessário. Tampões nasais NÃO são rotina e muito raramente são necessários. Geralmente o retorno ao trabalho é possível em 10-14 dias.

Édio Cavallaro

Otorrino

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

A septoplastia, ou correção dos desvios de septo, é uma cirurgia realizada para melhorar a respiração e para, quando feita no mesmo tempo que a rinoplastia, remover cartilagem para estruturação do nariz em seu novo formato.

Renato Alves De Sousa

Otorrino

Belo Horizonte


A Septoplastia é a cirurgia indicada quando o desvio de septo causa obstrução nasal (=nariz entupido) importante, sinusites de repetição e dor de cabeça. A associação de nariz torto e desvio de septo torna mais frequente a opção por uma Rinosseptoplastia funcional, cirurgia que corrige a obstrução nasal através do uso de enxertos (geralmente da própria cartilagem do septo nasal).

A septoplastia é o procedimento cirúrgico de correção do desvio de septo nasal. O objetivo primordial dessa cirurgia é melhorar a passagem de ar pelas fossas nasais através da remoção do desvio, para permitir uma melhor respiração nasal. A duração média do procedimento é de uma a duas horas. Normalmente, o paciente interna no dia da cirurgia, passa uma noite no hospital em observação e recebe alta no dia seguinte. O pós-operatório não costuma ser doloroso, mas é comum, na primeira semana, sentir obstrução nasal e formação de muitas crostas nasais. A lavagem nasal com soro fisiológico é essencial. Não é necessário, na maioria das vezes, deixar tampão nasal no pós-operatório.

Desvio de septo é uma das causas mais comuns de obstrução nasal em adultos. Septoplastia é um procedimento cirúrgico realizado sob anestesia geral que visa corrigir a porção do septo nasal que está desviada. A cirurgia é endoscópica, ou seja, é realizada toda por dentro do nariz; então, não há cortes ou cicatrizes externas. Não há necessidade de tampão pós-operatório e em torno de 10 dias o paciente está apto a voltar às atividades laborais.

O septo nasal divide um lado do outro das narinas. Um desvio do septo pode prejudicar a respiração. Normalmente, juntamente com essa cirurgia, é realizada a turbinectomia, que consiste no "emagrecimento" das conchas nasais inferiores, que comumente estão inchadas nos pacientes com rinite crônica. O pós operatório é bem tolerado, voltando às atividades normais entre 7 a 10 dias. O nariz permanece em cicatrização por cerca de 2 meses, momento em que o paciente deve manter seguimento para garantir uma boa cicatrização. A melhora da qualidade de vida, principalmente no sono e nas atividades físicas, é enorme.

Henrique Penatti

Otorrino

Piracicaba


Se paciente tem queixa de obstrução nasal e apresenta ao exame físico um desvio de septo nasal, ha indicação de correção cirúrgica. De forma sempre transparente comento se a cirurgia pode ajudar na respiração ou não.

André Yamamoto

Otorrino

São Paulo


Septoplastia consiste na cirurgia de correção de um desvio osteocartilaginoso presente em uma ou ambas as fossas nasais e que gerem repercurssões clínicas para o paciente. Como sintomas clínicos o desvio de septo pode gerar obstrução nasal, roncos noturnos, repiração oral, sinusites mais difíceis de serem tratadas, cefaleia, entre outros... Na grande maioria dos casos é realizada sob anestesia geral e o procedimento dura em torno de 01 hora em média.

Lucia Joffily

Medico do sono, Otorrino

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

O Septo nasal é uma estrutura formada de cartilagem e osso que divide o nariz ao meio. Muitas pessoas, no entanto, possuem esse Septo desviado para a esquerda ou para direita ou para os dois lados. Isso tem como consequência uma obstrução nasal parcial ou total das narinas. Os pacientes com desvio do septo possuem uma sensação de falta de ar aos mínimos esforços. Esse problema é resolvido através da cirurgia endoscópica nasal (Septoplastia). Uma cirurgia relativamento simples, sem dores pós-operatório e o paciente tem alta logo no dia seguinte. O repouso é em média de 7 a 10 dias, a depender de cada caso.

A septoplatia muda a aparência do nariz? Geralmente, não. A cirurgia é feita na parte interna do nariz. Em alguma pessoas, a alteração do septo é muito grande e uma septoplastia não será capaz de resolver o problema ou o paciente não está satisfeito com a aparência do nariz. Nesse caso, está indicada uma Rinosseptoplastia. Quais os riscos do procedimento? Além do risco da anestesia geral, pode ocorrer sangramento em até 10 dias após a septoplastia. Pode ocorrer tambem dor e uma sensação ruim nos dentes mais anteriores (incisivos). No início da cirurgia, por causa da inflamação e da cicatrização, o nariz pode ficar mais entupido quando comparado ao período antes da cirurgia.

Desvio de septo nasal é uma das causas mais comuns de obstrução do nariz. O septo nasal é uma estrutura formada por ossos e cartilagem que dividem o nariz em duas narinas. Ele é revestido pelo mesmo tipo de tecido que "forra" o nariz, mais conhecido como mucosa nasal. Quando ele está torto para um dos lados, chamamos de desvio. Assim, a narina que contém o desvio, torna-se mais estreita à passagem do ar, dificultando a respiração.Muitas vezes é necessário uma correção cirúrgica para o problema, a septoplastia. Essa cirurgia é realizada sob anestesia geral, com cortes dentro do nariz, sem cicatriz externa.A hospitalização geralmente é de apenas um dia.

O septo nasal é uma estrutura composta de cartilagem e osso que tem a função de dividir as fossas nasais para que o ar circule de maneira turbilhonada. O desvio do septo nasal é caracterizado pela lateralização dessa estrutura, dividindo as fossas nasais de maneira desigual. Grande parte da população tem desvio septal com impacto respiratório, gerando sensação de obstrução ventiladora. A correção do desvio depende do prejuízo que os sintomas causam na qualidade de vida do paciente. A evolução tecnológica e o melhor conhecimento da fisiologia nasal permitiu que as abordagens cirúrgicas se tornassem mais conservadoras, melhorando a qualidade do atendimento e diminuindo as complicações.

Janaína Kopp

Otorrino

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Trata-se da cirurgia de correção do septo nasal, uma parede osteocartilaginosa que divide as duas fossas nasais, e que quando apresenta alguma deformidade pode levar a obstrução nasal, e até mesmo deformidades estéticas do nariz. Em geral está associada a cirurgia dos cornetos nasais (“carne esponjosa”) para melhor resultado funcional na melhora da respiração nasal. Atualmente esta cirurgia é realizada com técnica endoscópica, o que torna-a menos invasiva e com um pós-operatório bastante confortável, sem a necessidade de uso de tampões nasais ou talas intranasais de silicone.

Eduardo Bogaz

Medico do sono, Otorrino

São Paulo

Agendar uma visita

Septoplastia é a cirurgia com objetivo de corrigir os desvios do septo nasal, com finalidade de melhorar assim a passagem do ar pela narina e, consequentemente, a respiração. Esta cirurgia tem objetivo apenas funcional, logo o paciente não apresentará alterações estéticas após a cirurgia. Muitas vezes, associada a septoplastia, é optado pela realização da turbinectomia inferior (ou turbinoplastia). Esta é a cirurgia responsável pela redução das conchas inferiores, que também tem objetivo de melhorar a respiração. Lembrando que as cirurgias são responsáveis pela correção das alterações anatômicas que obstruem o nariz. Fatores inflamatórios devem ser tratados clinicamente.

Carlos Henrique Tolomei

Otorrino

Bauru


• O que é o desvio de septo? O desvio de septo é uma alteração da anatomia do septo nasal , muitas vezes não visível a olho nu. Algumas pessoas esse desvio é proeminente e aparentemente o nariz apresenta aspectos de tortuosidades( nariz torto) e tamanho aumentado( nariz grande) . -Como surge? Já nascemos com ele? O surgimento pode ser natural, durante a formação genética ou mesmo canal de parto ou adquirida no decorrer da vida , ou por traumas repetidos ou acidentes direto da face . -É possível descobrir ainda na infância? Faz diferença saber do problema ainda na infância? Sim. Alguns casos optamos por postergamos a cirurgia após 13-14 anos.

O septo nasal é uma estrutura composta de cartilagem e osso que tem a função de dividir as fossas nasais para que o ar circule de maneira turbilhonada. O desvio do septo nasal é caracterizado pela lateralização dessa estrutura, dividindo as fossas nasais de maneira desigual. Grande parte da população tem desvio septal com impacto respiratório, gerando sensação de obstrução ventiladora. A correção do desvio depende do prejuízo que os sintomas causam na qualidade de vida do paciente. A evolução tecnológica e o melhor conhecimento da fisiologia nasal permitiu que as abordagens cirúrgicas se tornassem mais conservadoras, melhorando a qualidade do atendimento e diminuindo as complicações.

Hamilton Leal Moreira Ferro

Otorrino

Presidente Getúlio


É a cirurgia realizada para o desvio de septo que causa "nariz trancado" no paciente. Septo é a parede que divide uma lado do nariz do outro e muitas vezes ele pode ser desviado ( ou torto) deixando a abertura para a passagem da respiração muito estreita. A solução para essa situação é realizar essa cirurgia de septoplastia que é uma cirurgia na qual o paciente só precisa passar o dia no hospital e fazer repouso por cerca de 3-4 dias. Uma coisa que gerava um desconforto muito grande nessa cirurgia no passado era o uso de tampão nasal o qual em geral não é mais necessário nas cirurgias modernas. Atividades mais intensas, claro que precisam ser evitadas por cerca de 2 semanas.

O desvio de septo é uma das grandes causas de distúrbios respiratórios que levam os pacientes a procurarem o médico. Seja um desvio da parte óssea ou cartilaginosa, quando acentuado, ocasiona um prejuízo na passagem do ar pelo nariz, podendo levar a uma queda na qualidade de vida do paciente com sinusites de repetição, prejuízo na prática de esportes, respiração bucal, alteração no desenvolvimento dos ossos da face entre outros. Algumas causas do desvio de septo podem ser: Congênito: quando o desvio já nasce com o paciente, por exemplo, causada pela compressão do nariz durante o nascimento; Alteração do desenvolvimento dos ossos da face.

O desvio septal é, junto com a hipertrofia dos cornetos nasais, uma das maiores causas de obstrução nasal. A septoplastia é um procedimento simples e seguro que, quando bem indicado, é capaz de melhorar muito a qualidade de vida do paciente. A recuperação é rápida e graças aos avanços da cirurgia endoscópica tornou-se um procedimento confortável e com baixíssimo índice de complicação.

A Septoplastia é um procedimento cirúrgico que objetiva a melhora da função respiratória nasal, quando o paciente apresenta o septo nasal (porção osteo-cartilaginosa que divide as narinas) desviado, causando dificuldade em inspirar o ar pelo nariz. Essa alteração anatômica pode ser decorrente do crescimento oro-facial ou por trauma de face.

Septoplastia é a cirurgia que corrige o desvio septal. O objetivo desta cirurgia é centralizar o septo nasal, sendo indicada quando o desvio causa obstrução nasal importante (nariz entupido), infecções nos seios paranasais (sinusites), cefaléia (dor de cabeça) e para complementar o tratamento do ronco e da apnéia do sono.Enfatizo que nem todas as pessoas com desvio septal necessitam de cirurgia, isto depende do grau do desvio e principalmente dos sintomas apresentados. Em relação à idade, o ideal é que se opere após os 16 anos de idade, quando está encerrada a fase de crescimento septal, porém, em casos especiais (desvio septal severo) pode-se indicar septoplastias conservadoras antes.

Quais profissionais realizam Septoplastia (desvio do septo)?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.