Consultório

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte
Consultório particular (mapa)

Próxima data disponível:

Mostrar o calendário
(31) 99461.....
(31) 99965.....

Orientação vocacional

Anamnese psicológica

Terapia existencial + 12 mais

Avaliação psicossocial

Avaliação psicológica

Treinamento de habilidades sociais

Mostrar mais serviços

Experiência

Sobre mim

Atuo na área clínica realizando acompanhamento psicoterápico em adolescentes, adultos. Com experiência anterior na rede pública e privada, hoje me ded...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Depressão
  • Distúrbios Psicossomáticos
  • Psicologia Clínica
Veja mais

Tratar condições médicas

  • Fobias
  • Saude Mental
  • Estresse
Mostrar mais doenças

Formação

  • Extensão em Atualização em Psicossomática, UFMG, 2015
  • Psicologia, FEAD, 2013


Vídeos


Idiomas

Português

Opiniões dos pacientes

5

Classificação geral
5 opinião

  • Pontualidade
  • Atenção
  • Clínicas e hospitais
P
Paciente verificado
Local: Consultório particular

Pontos positivos
A Dra. Camila Vasconcelos é uma psicóloga que me proporciona um atendimento humanitário. É atenciosa e tem sido essencial para a minha evolução emocional, pessoal, e até mesmo profissional. Se duas palavras a definissem enquanto profissional, certamente seriam competência e comprometimento.


P
Paciente verificado
Local: Consultório particular

Pontos positivos
Tudo!
Adoro o atendimento!


P
Paciente verificado
Local: Consultório particular

Pontos positivos
A Camilla é super atenciosa, compreensiva e humana. A melhor psicóloga.

Pontos de melhoria
Nada a melhorar.


P
Paciente verificado
Local: Consultório particular Psicoterapia Adulto

Pontos positivos
Excelente profissional!


U
Local: Consultório particular

Pontos positivos
Sabedoria


Serviços e preços

Orientação vocacional

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Anamnese psicológica

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Terapia existencial

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Avaliação psicossocial

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Avaliação psicológica

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Treinamento de habilidades sociais

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Psicologia da personalidade

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Aconselhamento psicológico

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Primeira consulta psicologia

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Orientação escolar

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Laudo cirurgia bariátrica

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Apoio à amamentação

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Psicologia do desenvolvimento

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Anamnese psicopedagógica

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Consulta psicologia

Rua Boaventura, 1620, sala 2, Belo Horizonte

Consultório particular

Preço não relatado

Opiniões dos pacientes

5

Classificação geral
5 opinião

  • Pontualidade
  • Atenção
  • Clínicas e hospitais
P
Paciente verificado
Local: Consultório particular

Pontos positivos
A Dra. Camila Vasconcelos é uma psicóloga que me proporciona um atendimento humanitário. É atenciosa e tem sido essencial para a minha evolução emocional, pessoal, e até mesmo profissional. Se duas palavras a definissem enquanto profissional, certamente seriam competência e comprometimento.


P
Paciente verificado
Local: Consultório particular

Pontos positivos
Tudo!
Adoro o atendimento!


P
Paciente verificado
Local: Consultório particular

Pontos positivos
A Camilla é super atenciosa, compreensiva e humana. A melhor psicóloga.

Pontos de melhoria
Nada a melhorar.


P
Paciente verificado
Local: Consultório particular Psicoterapia Adulto

Pontos positivos
Excelente profissional!


U
Local: Consultório particular

Pontos positivos
Sabedoria


Ocorreu um erro, tente outra vez

Dúvidas respondidas

7 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia


  • Pergunta sobre Sindrome do Pânico

    Vou extrair o molar inferior direito pois está fraturado e a raiz é muito curta, o que impossibilitou de realizar canal, mas estou com muito medo, principalmente após ler alguns relatos até de óbito na internet. Tenho síndrome do pânico, o que fazer para ficar mais tranquila?

    Olá! Existem medicamentos que auxiliam na redução da ansiedade, mas devem ser prescritos por um médico. Procure orientações com o seu dentista sobre os detalhes do procedimento. É importante lembrar que cada situação é singular. O fato de ter acontecido uma fatalidade com alguém não determina que vá acontecer com você. É outra situação, com outras particularidades, com outro profissional. Tudo diferente. E independente do procedimento, procure um suporte profissional para te auxiliar com a síndrome do pânico. Boa sorte!

    Camila Vasconcelos Reis

  • Pergunta sobre Ansiedade

    Sofro de ansiedade,e quando estou sem o pensamento focado em algo,tenho varios pensamento aleatórios,as vezes são coisas construtivas,e muita vezes situação fantasiadas por mim,isso indica algum tipo de transtorno ?

    Olá. A ansiedade em níveis muito elevados pode causar desorganização do pensamento. Por isso a importância de ter controle da ansiedade.
    Um psicólogo pode ter ajudar a aprender esse controle além de avaliar a existência ou não de um transtorno.
    Boa sorte a você!

    Camila Vasconcelos Reis

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Experiência

Sobre mim

Atuo na área clínica realizando acompanhamento psicoterápico em adolescentes, adultos. Com experiência anterior na rede pública e privada, hoje me ded...

Mostrar a descrição completa

Experiência em:

  • Depressão
  • Distúrbios Psicossomáticos
  • Psicologia Clínica
Veja mais

Tratar condições médicas

  • Fobias
  • Saude Mental
  • Estresse
Mostrar mais doenças

Formação

  • Extensão em Atualização em Psicossomática, UFMG, 2015
  • Psicologia, FEAD, 2013


Vídeos


Idiomas

Português

Redes sociais


Artigos

Depressão

A depressão é uma doença que afeta o humor. Ela se apresenta em vários níveis. Geralmente está associada a algum evento traumático não elaborado (embora não seja regra) e um desequilíbrio químico dos neurotransmissores. O número de casos de depressão tem aumentado consideravelmente. No Brasil, a doença já atingiu 10,4% da população, índice considerado alto pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Depressão não é um sinal de fraqueza e não é “frescura”.


Ansiedade

Diante da proximidade de um acontecimento ou situação de perigo real ou imaginário, medo ou mesmo algo muito esperado ou desejado, o Sistema Nervoso Central se excita e produz uma sensação desagradável de agonia. A ansiedade é essa resposta do corpo ao que se passa no psíquico que até certo nível é “normal” e até mesmo esperada. As sensações corporais geralmente são taquicardia, sudorese, falta de ar, tremor, constipação intestinal, dentre outras.


Automutilação

É crescente o número de adolescentes, principalmente meninas, com relatos de que machucam os próprios corpos. Geralmente se cortam e/ou se queimam nas pernas, braços e barriga. Na maioria das vezes esses jovens não são compreendidos principalmente pelos pais e familiares. Depois do susto, muitos recriminam, julgam e até punem os filhos. Em primeiro lugar é preciso manter a calma e buscar informações e orientações para lidar com a situação. É importante se mostrar disponível para ouvir e compreender esse jovem respeitando caso ele não queira falar.

Veja todos os artigos