Perguntas sobre Lombalgia (dor lombar)

O que é lombalgia?

Dor lombar lombalgia é definida como uma dor mais ou menos forte na região inferior das costas. Pode ser aguda (início súbito e grave) ou crônica se durar mais de três meses. Dor lombar geralmente ocorre em pessoas mais jovens, cujo trabalho requer esforço físico, mas não é incomum em pessoas mais velhas como aposentados.

Quais são as causas da dor lombar?

Na maioria dos casos é possível definir a causa exata da dor nas costas. Em 25% dos casos, no entanto, pode identificar a causa responsável. Muitas vezes, estes pacientes sofrem de uma hérnia de disco, ou osteoporose (diminuição da calcificação óssea), ou uma espinha curvada de forma anormal (escoliose), e em raras ocasiões, uma lesão óssea causada por um tumor ou infecção.

Quais são os sintomas de lombalgia?

  • Dor na região lombar, às vezes com irradiação para as nádegas, a parte traseira das coxas e virilha. A dor piora com o movimento.
  • Mobilidade reduzida da coluna vertebral, especialmente quando inclinada para frente ou para trás.
  • Contrações dos músculos ao redor da coluna vertebral, causando rigidez.
  • Quando há dor e contratura, a volta pode ser inclinada para um lado, causando uma mudança de postura.
  • A dor às vezes é acompanhada por um formigamento ou dormência na região lombar, nádegas e pernas.

Quais são os sinais?

Se de repente você perceber que perdeu o controle da bexiga ou do intestino (começa a urinar e defecar involuntariamente), ou uma perda de sensibilidade ocorrer total ou parcialmente na parte inferior das costas ou nas pernas, você deve contactar o seu médico imediatamente ou vá para a sala de emergência.

Se você sofre de dor nas costas e começa a notar uma perda de força ou massa muscular em uma ou ambas as pernas, você deve contactar o seu médico.

Nestes casos anteriores, isso é devido à dor nas costas com uma manifestação de um quadro mais complexo, como uma hérnia de disco lombar, que também produzem a dor lombar pode causar dor ciática.

O que você pode fazer em casa para aliviar a dor?

Em casos de lombalgia aguda

  • AINEs e relaxantes musculares são eficazes. Analgésicos podem ajudar a aliviar a dor. Lembre-se de consultar o seu médico se você tem ou teve dor no estômago antes de iniciar o tratamento com anti-inflamatórios.
  • Manter-se ativo é benéfico. Continuar a sua atividade diária, tanto quanto a dor permite.
  • Calor local com uma almofada de aquecimento. Nadar em uma piscina aquecida.
  • Descansar e dormir em uma superfície firme e plana, se possível.
  • Evite levantar peso e sentar em cadeiras baixas.
  • É importante notar que dor nas costas é raramente causada por uma doença grave e dor geralmente desaparecem dentro de alguns dias.

Em casos de dor lombar crônica

Se você tem dor nas costas por um período prolongado, consultar o seu médico. Raramente uma radiografia (raios-x) fornece informações adicionais sobre a causa, mas deve ser feito se houver qualquer suspeita pelo médico para descartar processos mais graves que são responsáveis ??pelo quadro. Visitar um fisioterapeuta ou quiroprático para manipulação da coluna vertebral pode ser benéfico, resultando em alívio da dor. Mas esse alívio não é sempre durável. Lembre-se de ir para os profissionais, fugindo da auto massagem que pode levar a um agravamento das lesões.

Higiene postural, bem como exercícios de fortalecimento dos músculos abdominais e nas costas pode ser muito benéfico para o alívio da dor e prevenção.

Não há evidências de que esses tratamentos são eficazes: uso de antidepressivos, a tração, as injeções de faceta articular e biofeedback (feedback) e EMG (eletromiografia).

Como o médico dá um diagnóstico?

Na maioria dos casos, o médico chega a um diagnóstico a partir das informações fornecidas pelo paciente. Quiropráticos costumam fazer uma exploração detalhada observando os movimentos das articulações da coluna, quadris e pélvis, fazendo testes musculares e articulares e verificam se existe um nervo comprimido na coluna vertebral.

Normalmente você não precisa de raios X ou exames de sangue para descartar causas mais graves de dor nas costas.

Como é a dor lombar?

Aguda Lumbago

  • É benéfico para o adiministración de AINEs e permanecer ativo.
  • O manejo da dor é possivelmente benéfico e manipulação da coluna vertebral.
  • Com vantagens e desvantagens: tomar relaxantes musculares.
  • Ninguém sabe a eficácia de colchicina, injeções esteróides epidural, injeções em articulações, higiene postural, feedback de EMG, exercícios de volta, o uso de lumbostato (faixa), as sessões de fisioterapia, TENS (estimulação elétrica nervosa transcutânea).
  • Possivelmente prejudiciais Resultam em repouso no leito e tração.

Dor lombar crônica

  • Exercícios são benéficos para fortalecer os músculos das costas e higiene postural.
  • São possivelmente benéficos: analgésicos, antiinflamatórios, injeções em ligamentos e pontos de gatilho, manipulação da coluna vertebral.
  • São de eficácia desconhecida a colchicina, antidepressivos, relaxantes musculares, injeções esteróides epidural, acupuntura, TENS, fisioterapia, o uso de lumbostato, permanecer ativo.
  • Provavelmente não são benéficos repouso no leito, EMG feedback.
  • Injeções são potencialmente prejudiciais para a junção da faceta e tração.

Evolução da lombalgia

A evolução é boa, desde que a pessoa mantenha-se ativo e receba tratamento adequado no início do quadro.

Mostra-se que a parte traseira mais fraca da musculatura abdominal e inferior aumenta o risco de dor lombar, por isso é recomendado o exercício moderado destinado a fortalecer o músculo.

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 75 perguntas sobre Lombalgia (dor lombar)

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.

Perguntas sobre Lombalgia (dor lombar)

Dr. Glauber Teixeira Ervilha
Dr. Glauber Teixeira Ervilha
Ortopedista - traumatologista
Belo Horizonte
Lombalgia é uma condição comum e dolorosa que afeta a região inferior da coluna vertebral, podendo ser causada por lesões em um músculo, artrite, discopatias ou até fraturas. O principal no tratamento…
4 respostas

 Marcio Curi Rondinelli
Marcio Curi Rondinelli
Especialista em dor
Rio de Janeiro
Você está trazendo definido um diagnóstico e se não estou te avaliando clinicamente em consulta não me sinto a vontade de confirma-lo. Mas se é fato que esta é a origem de sua queixa de dor,…
3 respostas

Olá, concordo com o colega acima. É necessária uma avaliação com um especialista de coluna, seja um neurocirurgião, seja um ortopedista, para colher melhor a história e, juntamente com exames…
4 respostas

Dr. Cesar Hashioka
Dr. Cesar Hashioka
Ortopedista - traumatologista
Nova Andradina
É quando os processos transversos, partes ósseas que ficam nas laterais do corpo vertebral, são maiores que o habitual.
3 respostas

Dr. Andre Luiz Reis
Dr. Andre Luiz Reis
Fisioterapeuta
São João Da Boa Vista
Há um tempo atrás existiam cursos técnicos em quiropraxia que colocavam um monte de pessoas sem qualificação no mercado, estalando pacientes de qualquer maneira, com isso aconteciam acidentes…
3 respostas

 Glycon Ribeiro de Castro Filho
Glycon Ribeiro de Castro Filho
Fisioterapeuta
Florianópolis
O fisioterapeuta é responsável pelo diagnóstico funcional e biomecânico do paciente. A grande maioria das dores de coluna são de origem mecânica. Ou seja, doem quando se faz uma atividade ou…
4 respostas

As vezes não é fácil mesmo. Mas a dor de renal, tipica de calculo renal impactado (dor de pedra nos rins), é uma dor aguda que começa rápido, é intensa, pode dar vontade de fazer xixi e não ter…
3 respostas

 Ulisses do Prado Aguiar
Ulisses do Prado Aguiar
Neurocirurgião
São Paulo
Pacientes com câncer de pâncreas costumam evoluir com quadro de dor de difícil controle. Existem procedimentos que podem ajudar a amenizar e controlar a dor. Contudo é necessário avaliar exames…
3 respostas

 Patrícia Costa Mendes
Patrícia Costa Mendes
Fisioterapeuta
Recife
Todas as opiniões acima são bastante relevantes ao que possa ser o seu caso, também penso Síndrome Dolorosa Miofascial. Aconselho procurar um Algologista(médico especialista em dor) para aliviar…
6 respostas

O histórico das queixas pode ser revelador. O exame clínico e eletrofisiológico ajudam muito.
3 respostas