Bom dia Dr. (a) , Porque a síndrome do panico deve ser tratada com antidepressivos? Não seria com

8 respostas
Bom dia Dr. (a) ,
Porque a síndrome do panico deve ser tratada com antidepressivos? Não seria com ansiolíticos? E se junto com o pânico temos ansiedade generalizada , o tratamento é o mesmo?
Olá. No que tange à Psiquiatria o seu psiquiatra de confiança terá condições que realizar o devido receituário ante às queixas que você apresentar a ele.
No que tange à Psicologia - dentro da abordagem da Psicanálise que é a abordagem que sigo - é perceptível que a ansiedade está aparecendo de diferentes modos e é de extrema importância que você procure um psicólogo para que juntos possam verificar o que está acontecendo, afinal, as questões internas podem passar a repercutir no corpo.
Espero ter ajudado.
Abraço.

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Bom dia. Costumo sempre orientar meus pacientes que esse nome "antidepressivo" é um nome muito infeliz para essa classe de medicações, uma vez que eles não tratam apenas a depressão, fazendo essa confusão na cabeça de quem escuta.
O tratamento para transtornos de ansiedade em geral incluem algum antidepressivo, pois eles controlam muito bem os sintomas ansiosos a médio/longo prazo. Além dos antidepressivos, pode ser necessário também a associação com outro ansiolítico que age em crises por exemplo, como no caso do transtorno de pânico.
Tanto o transtorno de pânico, como a ansiedade generalizada são transtornos de ansiedade, mas com apresentações diferentes e por isso o tratamento também pode diferir um pouco. Mas o importante mesmo é você ter claro que sim, antidepressivos são as medicações corretamente indicadas para tratar transtornos de ansiedade e seguir as orientações que seu psiquiatra lhe fornecer a respeito do uso delas.
Espero ter ajudado.

Olá, prezado(a).

Em rápidas palavras: Comumente psiquiatras utilizam antidepressivos em quadros de Síndrome do Pânico. Fique tranquilo(a) sobre isso.

Explicação:
A grande questão é que os medicamento em geral são eficientes também para outras afecções, além da indicação inicial. A diferença será o uso da dose. Isso explica seu caso.

Recomendação:
Além do psiquiatra, é também expressamente recomendado que você faça psicoterapia.

O remédio é essencial, mas somente induz o Sistema Nervoso Central, reduzindo os sintomas. Não pode, por si somente, resolver a causa da Síndrome, que é a ansiedade.

Por outro lado, a psicoterapia ajudará te ajudará a resolver a questão de base (ansiedade). Então, recomendo que faça os dois.

Fique tranquilo(a). Com os cuidados certos e um pouco de paciência, você ficará livre de todos esses sintomas. Siga em frente!

Abraços.

Sim, o tratamento medicamentoso para o transtorno de pânico é realizado com antidepressivos.

Um psiquiatra ajudará você nisso.


IMPORTANTE ANTES DE CONTINUAR

Você poderá se beneficiar com a medicação para melhorar os sintomas.

Mas a medicação apenas não irá contribuir para você se aprofundar em aspectos importantes da sua vida, nem para poder descobrir muito mais sobre você e construir algo novo a partir disso.

Você encontrará isso na psicoterapia.


CONTINUANDO

Nos anos 60 foram realizadas pesquisas com o antidepressivo imipramina.

E observaram uma melhora muito marcante com este medicamento nas pessoas com os sintomas que hoje fazem parte do transtorno de pânico.

Mas o mesmo não acontecia com os ansiolíticos.

Já para a ansiedade com características do transtorno de ansiedade generalizada, a imipramina não tinha o mesmo efeito, mas os ansiolíticos funcionavam bem.

Então, foram separados dois grupos de sintomas e por isso encontrará mais de um tipo de terapêutica.

Até mais!

Olá! Os antidepressivos são assim chamados mas muitos medicamentos dessa classe atuam também no tratamento dos transtornos de ansiedade. O que acontece é que esses medicamentos continuam a ser chamados antidepressivos por sua estrutura química ou mecanismos de ação embora estejam sendo cada vez mais utilizados em transtornos de ansiedade.
Já, alguns dos medicamentos conhecidos como ansiolíticos, como por exemplo os benzodiazepínicos, apresentam efeitos rápidos (de curto prazo), porém causam dependência física e/ou psicológica (assim como tolerância) e, por essa razão, não são recomendados para serem utilizadas por longos períodos. Atuam mais como um SOS para possíveis crises. Por conta de tais inconvenientes relacionados à tolerância e dependência, bem como de efeitos colaterais, esses medicamentos foram sendo substituídos pelos antidepressivos. Porém, em alguns casos, podem ser indicados para uso concomitante aos antidepressivos no início do tratamento.Espero ter ajudado! Abraço

Voce se refere a dois sofrimentos: sindrome do pânico e ansiedade generalizada. Existem multiplas contribuiçoes para o tratamento. A contribuiçao psicológica/psicoterapêutica tem como objetivo diminuir a ansiedade e o stress porque estes são fatores causadores destes sintomas. A contribuição psiquiatrica,que pode envolver remédios, é de competência do médico.

Do ponto de vista psiquiátrico, é necessário que você procure um psiquiatra da sua confiança e deixe por conta dele a condução do tratamento. Do ponto de vista da psicoterapia, que é fundamental que nestes casos, a abordagem cognitivo comportamental tem recursos para ajudar muito no auto monitoramento e no controle das emoções, sintomas, e pensamentos disfuncionais, tanto na crise de pânico como no estado ansioso

Caro leitor, nenhum medicamento para tratamento de síndrome do pânico tem eficiência sem o complemento de psicoterapia. O ideal é você procurar um psicoterapeuta que trabalha com TCC. técnica cognitivo comportamental, para que você alcance melhoras significativas e ate mesmo a cura.
Abs.

Especialistas

Kellymar Cristina Lima Fernandes

Kellymar Cristina Lima Fernandes

Psicólogo

Ipatinga

Cristina Santana

Cristina Santana

Psicólogo, Psicopedagogo

São Paulo

Irene Teresa Vieira Fabretti

Irene Teresa Vieira Fabretti

Psicólogo, Psicanalista

Belo Horizonte

Arlete Souza

Arlete Souza

Psicólogo

Feira de Santana

Josie Silveira Munhoz Medeiros

Josie Silveira Munhoz Medeiros

Psicólogo

São Caetano do Sul

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 129 perguntas sobre Transtorno De Pânico

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.