Fui abusado, tenho vergonha de falar isso para minha psicologa, como devo chegar nesse ponto da questão?
Dra. Luana V. Lyra
Dra. Luana V. Lyra
Psicólogo
Fortaleza
Bom, sei que trata-se de um assunto delicado para você, mas se você está cogitando contar esse fato para a sua psicóloga, é por que de alguma forma você sente que isto neja necessário, que não foi superado.
A relação terapêutica deve ser de confiança. É importante que você consiga dividir tudo que achar necessário com o profissional que está lhe atendendo.
E lembre-se que o papel do psicólogo não é de julgar ou criticar, apenas de lhe ajudar e fortalece-lo.

 Sayonara Machado
Sayonara Machado
Psicólogo
Rio de Janeiro
Sei que não se trata de uma coisa simples, entretanto se procurou uma psicologa deve levar essa questão, que para a analise é de suma importância.
Só para complementar quero esclarecer uma questão importante. Entre o analista e o analisando deve haver o que chamamos de transferência e contra-transferência,
Em outras palavras, uma especie de "simpatia empatia" , deve ser bom para você estar ali e também para o psicologo isso é fundamental. Se isso não está acontecendo, sugiro que mude de profissional.

Att
Sayonara Machado

 Zaira Raquel Pedroso
Zaira Raquel Pedroso
Psicólogo
São Paulo
Complementando os comentários das colegas...É também importante lembrar do sigilo profissional que rege o trabalho terapêutico. Lembre que a psicóloga precisa manter este princípio proporcionando a sua confiança e assim direcionar da melhor forma possível as situações de conflito.

Dra. Mariana Goytacaz
Dra. Mariana Goytacaz
Psicólogo
Rio de Janeiro
Com todo o respeito ...????
Você se sentiu de alguma forma (diferente de vergonha) pra falar AQUI, pra muitas pessoas que, nem conhece, um assunto tão delicado; correndo o risco de falarem o que elas quiserem a seu respeito e sobre o seu caso ...

Que tal procurar uma nova Psi que vc se sinta do jeito q se sentiu aqui... me parece que: mais seguro para falar e superar o assunto... ????

Espero ter ajudado
Beijinhos
Dra Mariana Goytacaz Psicóloga especializada em Coaching Infantil

 Cristiano Barreto de Oliveira
Cristiano Barreto de Oliveira
Psicanalista, Psicólogo
Vitória
Na psicanálise é dada atenção ao tempo que cada pessoa possui para falar sobre o que a faz sofrer e sobre suas intimidades. Principalmente, pode ser difícil falar sobre assuntos tabus e preconceitos sociais e pessoais.

Posso dizer, através da psicanálise, que o analista não está lá para julgar ou para se sentir incomodado com as suas questões, mas ele está lá para ouvir tudo que você deseja dizer. Ele pode encorajá-lo a dizer ou esperar o tempo necessário para que você consiga.

Você afirmou que tem vergonha e questiona como pode falar sobre o abuso com a psicóloga. Decerto, se possui um bom vínculo com ela provavelmente pode estar sinalizando que há algo difícil de ser dito, e isto irá facilitar a dizer sobre o tema no seu tempo.

 Pablo Cordeiro
Pablo Cordeiro
Psicólogo
Santo André, SP
O fato certamente te impactou muito. Sabe, este tipo de situação deixa marcas tão estranhas, que uma delas é achar que a pessoa abusada teve culpa. Se estas coisas ocorre com você, fortalece ainda mais a importância de compartilhar com sua terapeuta, que te ajudará! Mesmo no seu tempo, não tenha medo de se aprofundar na relação com sua psicóloga, pois lhe trará muitas vantagens terapêuticas.

Parabéns por se esforçar! Continue assim. Abraço.

Dra. Taisi Mousse
Dra. Taisi Mousse
Psicólogo
Joinville
Caso esteja em terapia, habilmente a sua psicóloga irá perceber que tem alguma informação guardada. O importante é ter uma empatia com a profissional para que você se sinta à vontade para se abrir e confiança para contar. Para contar, não tem segredo, apenas confiança! Espero ter ajudado! Boa sorte!

Forte Abraço.

 Danilo Alves da Cruz
Danilo Alves da Cruz
Psicanalista
Campinas
Por que você acha que não fala com ela? Tem alguma hipótese? Por que ela é mulher? Por que você ainda não se sente a vontade com ela? Por que talvez ainda não seja o seu momento de falar sobre algo tão angustiante? Falar da angústia é difícil, mas escutar também, faça no seu tempo tentativas de falar disso com ela. Se não tiver jeito de falar com ela procure um psicanalista, pois tratamos disso.

Falar de assuntos que envolvem traumas, ansiedade, conflitos nem sempre é fácil...não se envergonhe e se culpe disso. Questões como abuso muitas vezes trazem junto sentimentos de culpa e impedem as pessoas de se sentirem livres e se expressar. A relação de confiança com seu terapeuta vai se estabelecendo com o tempo assim como você pode se sentir mais confiante e com menos dificuldade para falar. É importante lembrar que o papel do profissional é escutar você e ajudá-lo. Respeite seu tempo também.

Dra. Fernanda Borges
Dra. Fernanda Borges
Psicanalista
Londrina
Veja bem, a um psicólogo deve se poder falar sobre qualquer assunto. Para que isso ocorra é preciso que a relação estabelecida no tratamento não seja exageradamente íntima e possa comportar temas variados. Para os psicólogos questões desse porte são muito importantes, e aos poucos seria interessante que pudesse dizer disso e até mesmo de sua vergonha. Se julgar que devido às relações estabelecidas com a psicóloga em questão isso seja muito difícil, pode tentar falar com um psicólogo homem e até mesmo com outra psicóloga. Mas no geral, questões assim são mesmo complicadas, exigem tempo e empenho para serem trabalhadas, no entanto são fundamentais para o tratamento.

Espero ter ajudado,

att,

Fernanda

Especialistas em Bullying

Aisllan de Paula Calado

Aisllan de Paula Calado

Psicólogo

Vitória

Cristiane Zulini

Cristiane Zulini

Psicólogo

Piracicaba

Luan Felipe Barbosa

Luan Felipe Barbosa

Psicopedagogo

Belo Horizonte

Juliana R.Costa Ouverney

Juliana R.Costa Ouverney

Psicólogo

Nova Friburgo

Leticia Silva Martins

Leticia Silva Martins

Psicólogo

Rio de Janeiro

Renata Camargo

Renata Camargo

Psicólogo

Camaquã

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 3 perguntas sobre Bullying

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.