O meu filho de 11 anos tem uma grande dificuldade em interpretar o que lê. Não teve dificuldade em aprender a ler nem troca as letras, só não consegue entender o que lhe é pedido por exemplo nos testes e tem fracos resultados na interpretação dos textos.Será dislexia?
Sugiro avaliação de linguagem e de processamento auditivo com um fonoaudiólogo e avaliação neuropsicológica, para chegar em um diagnóstico e receberem as orientações e estimulações corretas.

 Marina de Marco e Souza
Marina de Marco e Souza
Psicólogo
São Paulo
Assim como descrito pelos colegas, seria prematuro traçarmos um diagnóstico com base apenas nessas informações.

Sugiro que procure um(a) psicólogo(a), o(a) qual, por meio de entrevistas e, se for o caso, do uso de testes e outros procedimentos clínicos, poderá ajudar no entendimento do comportamento apresentado pela criança, bem como auxiliar nos devidos encaminhamentos do caso.

Dra. Priscilla Carolina Sociale
Dra. Priscilla Carolina Sociale
Psicólogo, Psicopedagogo
São Paulo
Não é possivel responder sua pergunta com precisão sem antes uma avaliação minuciosa do caso. Sugiro a realização de uma avaliação Neuropsicológica e/ou Psicopedagógica. A avaliação ajudará no diagnóstico, encaminhamentos e tratamento preciso. É necessário avaliar todo funcionamento cognitivo de seu filho como atenção, funcionamento executivo, intelectual, linguagem...assim como habilidades acadêmicas, aspectos comportamentais e emocionais. Procure um especialista nestas áreas.
Espero ter ajudado.

 Zaira Raquel Pedroso
Zaira Raquel Pedroso
Psicólogo
São Paulo
Para completar a opinião do colega, muito bem colocada. Precisamos levar em consideração a motivação e disposição da criança em se concentrar no que está lendo, o ambiente que a cerca, possíveis dificuldades visuais e/ou auditivas ou ganhos secundários com a dificuldade de leitura que são percebidos somente através da avaliação e intervenção de um profissional qualificado.

 Reinaldo Renzi
Reinaldo Renzi
Psicólogo
São Paulo
Temos que avaliar diversos fatores antes de assumir um diagnostico.
Primeiro: ele sempre teve essa dificuldade ou ela surgiu em um certo momento?
Segundo: Ele tem dificuldade ara interpretar os textos que ele lê ou também possui a mesma dificuldade se outra pessoa ler pra ele?
Além disso é preciso ver qual a conexão que ele fez com o aprendizado, se tem problemas com a auto estima, sua relação com colegas, professores e familiar, entre outros.
Por esse motivo é de extrema importância que ele passe por avaliação Psicológica para se definir os próximos passos.
Ainda que seja descartada a possibilidade de dislexia, ainda há um problema a ser resolvido, concorda?

Abraço

Dr. Marcel A. M. Ferraz
Dr. Marcel A. M. Ferraz
Psicanalista, Psicólogo
São Paulo
Concordo com a posição dos colegas. Precisamos ser cautelosos para com os diagnósticos. É preciso levar em consideração a dinâmica de vida da criança, o tempo que vivencia essa problemática, o nível de consciência dele sobre essa dificuldade e os prejuízos sociais experienciados por ele decorrente desse fator.

Acredito que dar o nome a essa dificuldade que seu filho apresenta não seja o mais importante. O nome dislexia pode, muitas vezes, rotular a criança, estigmatizando-o e afetar a confiança em suas capacidades. O importante e ajudá-lo nas dificuldades que apresenta, pois nem sempre problemas da leitura e escrita estão associados a dislexia.
Penso que algumas perguntas podem levá-la a refletir sobre a dificuldade dele em interpretar.
Como e o acesso de seu filho com a leitura?
Ele pratica a leitura com frequência?
Ele gosta de ler?
Ele tem procurado leituras que o agradam, ou e apenas aquelas que indicam a ele?
A ajuda de profissionais correspondentes a necessidade de seu filho o ajudará a identificar o que ele precisa para associar, simbolizar e interpretar nessa dificuldade momentânea. Um abraço.

Olá, podemos pensar em uma consulta neuropsicológica como alternativa.
Se gosta da idéia e precisar de ajuda para encontrar um profissional, nos avise.
Abraços

 Carla Adriana Diniz Amaral
Carla Adriana Diniz Amaral
Psicólogo
Belo Horizonte
Pode ser que ele tenha uma dificuldade adquirida ao longo da alfabetização. é necessária uma avaliação de um especialista. indico, também, independente do diagnóstico, que ele frequente as aulas o KUMON de português para melhorar o desempenho escolar.

 Josefa Dos Santos
Josefa Dos Santos
Psicólogo
Itabaiana
Diante dessa situação, indico como sugestão avaliar as funções cognitivas dessa criança referentes a linguagem através de testes neuropsicológicos e psicológicos.

Olá!!! É indispensável avaliação neuropsicológica e avaliação de processamento auditivo. Somente com essas avaliações você saberá o diagnóstico do seu filho.

Olá, para ter um diagnostico especifico faz-se necessário uma avaliação mais profundo sobre diversos aspectos inclusive o cognitivo. Importante que procure um psicologo que vai fazer uma avaliação mais detalhada e caso necessário encaminha-lo a outros especialista.

É preciso muita cautela com relação ao diagnóstico, muitas perguntas precisam ser respondidas. O que será muito importante é um tratamento interdisciplinar entre psicólogo e psicopedagogo.

É notável a preocupação que você está enfrentando nesse momento, porém, não é possível dar qualquer palpite sem olharmos, as condições que vive e sua vivência da situação. Procure um psicólogo e faça uma avaliação presencial.

Especialistas em Avaliação para Despiste de Dislexia

Andrea Bandeira

Andrea Bandeira

Psicólogo

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Marcia Aparecida Santos Restolho

Marcia Aparecida Santos Restolho

Psicólogo, Psicanalista

Piracicaba

Agendar uma visita
Elisabete Paoletti

Elisabete Paoletti

Psicólogo, Terapeuta complementar

São Paulo

Agendar uma visita

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 3 perguntas sobre Avaliação para Despiste de Dislexia

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.