o que fazer quando temos um alcoolatra na familia que nao quer tratamento e a familia nao tem condiçoes para pagar uma clinica , esta mulher esta acabando com os pais que sao bastante idosos ela ja esta com a saude bastante abalada
Dra. Carolina Leal Garcia
Dra. Carolina Leal Garcia
Psicólogo
Curitiba
Olá, inicialmente é importante que a pessoa se reconheça como alguém doente e que precisa de tratamento, talvez quem você esteja descrevendo ainda não tenha chegado nesse momento, já que isso não é tão simples assim. O tipo de tratamento vai depender do grau do alcoolismo, podendo ser desde CAPS-AD, como os colegas mencionaram até internamento, porém, esse último é importante que seja voluntário, uma vez que historicamente está comprovado que tratamentos involuntários não alcançam um resultado satisfatório. Nesses casos o apoio familiar é imprescindível, embora seja uma situação familiar muito complexa. É importante examinar com o paciente os padrões de comportamento que o levam a beber e desenvolver outras formas de lidar com essa situação. Espero ter contribuído com sua dúvida.

 Willian Eduardo Silva Yamada
Willian Eduardo Silva Yamada
Psicólogo
Guarulhos
Olá. Para que todo tratamento seja efetivo é preciso que a pessoa esteja disposta a se tratar. Para o alcoolismo existem inúmeros serviços na rede publica que podem ajudar. Talvez um tratamento psicoterápico possa ajudar a pessoa a entender e colaborar com seu tratamento.

 Helton Fernando Mota Guerra
Helton Fernando Mota Guerra
Psicanalista, Psicólogo
Belo Horizonte
Olá. Existem na rede pública serviços especializados no tratamento de álcool e outras drogas (CAPS- ad) com psicólogos, psiquiatras, terapeutas ocupacionais, equipe de enfermagem, etc, em que cada um recebe o tratamento necessário e pode retornar para sua residência ao final do dia. Alguns dispõem de leitos de pernoite, quando necessário. Outra opção é o tratamento em consultório com psicoterapia e apoio medicamentoso, quando necessário. Entretanto, o desejo de cada um de se livrar do mal-estar é necessário para que o tratamento seja efetivo. Os tratamentos compulsórios não são recomendados, em grande parte dos casos, e não costumam apresentar bons resultados.

Oi! Se a pessoa não deseja se tratar, provavelmente neste caso por não ter consciência de seu problema, o ideal seria acionar outros familiares para se por à par de toda situação. O incentivo ao tratamento pode funcionar sim. Procure mais apoio das pessoas ao redor. Tente orientar para ir ao médico para realizar exames. Recorra ao Caps- AD da região, pois pode ser mais bem aconselhada.

 Luciana Meilus Albuquerque
Luciana Meilus Albuquerque
Psicólogo
Curitiba
Olá! Quando a pessoa apresenta-se pré contemplativa quanto ao seu problema com alcoolismo, ou seja não reconhece ainda o uso do álcool como prejudicial a si mesma e recusa o tratamento, o passo inicial é prestar suporte aos familiares. Os pais neste caso específico podem entrar em contato com o Caps Ad ( Centro de Atenção Psicossocial) mais próximo da região em que moram. Caso a família não saiba qual é o caps de seu território, podem procurar a Unidade Básica de Saúde que estão cadastrados,onde é feito o encaminhamento. O Caps pode fornecer orientações a esta família para lidar com o problema da filha que ainda não deseja tratamento, e pode também orientar caso seja necessário buscar equipamentos de proteção ao idoso como o CREAS. Existem também grupos de apoio para familiares de dependentes de álcool e outras drogas como Amor Exigente e Al Anon.

Especialistas em Alcoolismo

Emidio Macedo Pinho

Emidio Macedo Pinho

Psiquiatra

Goiânia

Alessandro Zapp Azubel

Alessandro Zapp Azubel

Psiquiatra

Taguatinga

Evaldo Couri

Evaldo Couri

Psiquiatra

Conselheiro Lafaiete

Angelica C. Moizes Cucolo

Angelica C. Moizes Cucolo

Psiquiatra

São José do Rio Preto

José Justiniano Torrico

José Justiniano Torrico

Médico clínico geral

Rio Branco

Luis Falivene Roberto Alves

Luis Falivene Roberto Alves

Psiquiatra

Campinas

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 56 perguntas sobre Alcoolismo

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.