Transtorno delirante persistente é uma doença que vai e volta, pode se manifestar de tempos em tempos,

8 respostas
Transtorno delirante persistente é uma doença que vai e volta, pode se manifestar de tempos em tempos, e pode haver tempos que não se manifesta?
Sim.
Isso é decorrente do estado emocional do sujeito. Quando sua vida emocional está estável, quase não se percebe nenhuma alteração, porém quando o emocional encontra-se "desorganizado" os sintomas podem aparecer.
Vale salientar que, é preciso de uma avaliação medica para descartar algum tipo de patologia que traga em seus sintomas delírios, como exemplo a esquizofrenia.
O acompanhamento psicológico pode ajudar a manter-se relativamente bem, mas as vezes é preciso o uso de alguns medicamentos para que o sujeito possa se estabilizar após uma crise que tenha apresentado delírios. Fique bem.

Mauricio Cardoso.

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Ola boa noite, e reforçando ainda é importante procurar um acompanhamento médico e psicologico para averiguar se não há alguma patologia decorrente que venha manifestar o transtorno, pois pode ser ainda sintoma de algumas patologia e caso venha e até mesmo para apaziguar e saber a origem que desencadeia o sintoma é importante este acompanhamento. Grato e a disposição caso de dúvidas.

E possivel sim, e o ideal 'e que a pessoa tenha acompanhamento psicologico.

O delírio, partindo de um pressuposto que se aqui está sendo falando de um sujeito neurótico, tende a preencher um vácuo gerado pela (ausência de dados) da realiadade. Ou seja, da mesma forma como na literatura onde um autor preenche seu texto ficcional com dados da realidade, o inverso também pode ser efetuado por um sujeito hipotético que, na angústia de não conseguir lidar com a falta, cria para si versões da realidade (ficcional) justamente para tampar esse buraco. Lembrando que transtorno NÃO é doença (do ponto de vista estritamente biológico, salvo descartado doenças neurodegenerativas) uma vez que não há uma parte específica do corpo que se for feito alguma intervenção medicamentosa ou cirúrgica trará alguma cura no sentido literal da palavra. Logo, o ideal frente a tal demanda é procurar um/a profissional para que juntos possam compreender melhor o que há de tao

Sim, geralmente voltam quando o sujeito se depara com alguma situação com a qual não consegue lidar/elaborar direito dai os delirios para conter melhor a situação. Terapia e as vezes uma ajuda medicamentosa tendem a melhorar os sintomas indesejados.
Att
Eduardo

Bom dia. Pode sim, tem casos que depende do estado emocional, tem pacientes idosos que alguns medicamentos podem trazer estes sintomas.

Pode acontecer sim. O paciente com este transtorno precisa está em acompanhamento psiquiátrico e psicológico.

Após descartar causas orgânicas em exames médicos, sugere-se a busca de um psiquiatra e psicólogo. O delírio sofre influência do momento presente que você vive, contexto que conta com sentimentos, pensamentos, pessoas, lugares, substâncias psicoativas e outros que podem afetar a sua percepção da realidade.

Especialistas

Jair da Silva Cerqueira

Jair da Silva Cerqueira

Psicólogo

Osasco

Weslley Nazareth

Weslley Nazareth

Psicólogo

Uberlândia

Thalita Garcia

Thalita Garcia

Psicólogo

Curitiba

Madson Lima de Oliveira

Madson Lima de Oliveira

Psicólogo

Fortaleza

Elvira Azevedo

Elvira Azevedo

Psicólogo

São Paulo

Renata Camargo

Renata Camargo

Psicólogo

Camaquã

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 22 perguntas sobre Delírio

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.