Gastrectomia total por câncer - Informações, especialistas e perguntas frequentes

A gastrectomia total é a retirada completa do estômago por tumores de corpo, fundo ou cárdia. A gastrectomia consiste da ressecção do tumor, com reconstrução imediata do trânsito intestinal, ligando o intestino à parte restante do estômago (gastrectomia parcial) ou ao esôfago (gastrectomia total). Às vezes há invasão direta de fígado, pâncreas e baço ou de outros órgãos ao redor do estômago. Neste caso é possível retirar a parte acometida destes órgãos junto com o estômago. Os gânglios linfáticos ao redor do estômago também podem ter que ser removidos. Esta cirurgia chama-se linfadenectomia. Mesmo em pacientes com câncer de estômago em fase mais avançada (quando há comprometimento de camadas mais profundas da parede gástrica), de órgãos vizinhos ou metástases à distância, existe benefício em retirar parte do estômago ou o órgão inteiro que contém o tumor. A cirurgia evita complicações como sangramentos ou obstrução à passagem de alimentos, permitindo melhor qualidade de vida ao paciente.

Especialistas em gastrectomia total por câncer

Encontre um especialista em Gastrectomia total por câncer na sua cidade:
Diego De Andrade Costa Mota

Diego De Andrade Costa Mota

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Betim

Agendar uma visita
Claudio Holanda Maciel

Claudio Holanda Maciel

Cirurgião geral, Cirurgião do aparelho digestivo

Betim

Agendar uma visita
Nayguel Campos Almeida

Nayguel Campos Almeida

Cirurgião geral

Aracaju

Carlos Amintas dos Santos Melo

Carlos Amintas dos Santos Melo

Cirurgião geral

Belém

Laertes Pimentel Brasileiro da Costa

Laertes Pimentel Brasileiro da Costa

Cirurgião geral

Vitoria de Santo Antão

Perguntas sobre Gastrectomia total por câncer

Nossos especialistas responderam a 76 perguntas sobre Gastrectomia total por câncer

Dr. Maurício Aguiar Reis
Dr. Maurício Aguiar Reis
Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral
Santo André
Olá! O pós-operatório de gastrectomia subtotal com reconstrução em Y de Roux pode ser encarado de forma parecida com o pós-op de um bypass para obesidade. Além da redução do volume do estômago…
2 respostas

Dr. Vinicius Vieira Simonetti
Dr. Vinicius Vieira Simonetti
Oncologista, Cirurgião geral
São Paulo
Sim, é possível. Na gastrectomia total por câncer gástrico, a perda de peso estimada no primeiro ano é de 20 a 30%. Todo paciente submetido a este tipo de cirurgia, seja qual for o diagnóstico…
2 respostas

Dr. Lucas Félix Rossi
Dr. Lucas Félix Rossi
Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral
São Paulo
Olá, vários exames são necessários antes da realização deste tipo de cirurgia. Exames de sangue, endoscopia digestiva, eletrocardiograma e radiografia de tórax são os básicos, podendo ser acrescentados…
1 respostas

Especialistas falam sobre Gastrectomia total por câncer

Quando se retira o estômago em sua totalidade, geralmente por câncer (adenocarcinoma) chamamos esse procedimento de gastrectomia total. Ao retirar-se o estômago é realizada a ligação do esôfago ao intestino delgado jejuno reconstituindo o trânsito alimentar. É uma cirurgia de grande porte que geralmente é acompanhada de linfadenectomia que se trata da limpeza de gânglios linfáticos. Pode ser realizada por via aberta-corte clássico ou por videolaparoscopia- pequenos furos e com micro-câmera minha principal opção. As vantagens da via videolaparoscópica são muitas como menor dor pós-operatórias, menor tempo de internação, reabilitação precoce para o trabalho e desporto, além da estética.

Dr. Sergio Renato Pais-Costa

Oncologista, Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Brasília


A gastrectomia videolaparoscópica é a retirada de uma parte ou a totalidade do estômago por uma técnica minimamente invasiva, utilizando uma câmera e pinças especiais para realizar a cirurgia sem a necessidade de realizar uma grande incisão (corte) no abdomen, o que proporciona uma recuperação mais rápida e menos dolorosa. Indicada para tratamento de doenças intestinais benignas como a úlcera ou malignas, como o adenocarcinoma de estômago.

Vinicius Vieira Simonetti

Oncologista, Cirurgião geral

São Paulo

Agendar uma visita

Na gastrectomia total por câncer, é removido todo o estômago, linfonodos próximos e o omento, podendo incluir, ainda, existe possibilidade de remoção do baço e partes do esôfago, intestino, pâncreas e outros órgãos adjacentes. A extremidade do esôfago é então ligada a uma parte do intestino delgado, criando um espaço para o alimento ser armazenado antes de descer para o trato intestinal. Os pacientes que tiveram seu estômago removido só podem ingerir pequenas quantidades de alimento de cada vez, por isso devem comer várias vezes por dia. Tomar Vit B12 injetavel. A maioria das gastrectomias são realizadas através de uma grande incisão no abdome, podendo ser feita por videolaparoscopia.

Ronald Delgado

Cirurgião geral, Cirurgião oncológico

Salvador

Agendar uma visita

Quais profissionais realizam Gastrectomia total por câncer?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.