Histerectomia total ampliada - Informações, especialistas e perguntas frequentes

A histerectomia total ampliada ou operação de Wertheim-Meigs é utilizada no tratamento do cancro do colo e no tratamento do cancro do endométrio. A histerectomia total ampliada Wertheim-Meigs (WM) consiste na retirada do útero com os seus ligamentos de soporte (paramétrio), trompas, ovários, e 1/3 da parte superior da vagina. Geralmente, é associada também à remoção dos gânglios linfáticos (linfonodos) retroperitoneais pélvicos e até para-aórticos (linfadenectomia retroperitoneal). Às vezes, um dos ovários pode ser preservado, em mulheres com tumores pequenos e na idade reprodutora, a fim de não colocá-las em menopausa. A histerectomia total ampliada Wertheim-Meigs é uma cirurgia hemorrágica, com um tempo operatório longo, frequentemente associada a complicações per e pós-operatórias. Sem embargo, são pouco frequentes as complicações pós-operatórias tardias ou as sequelas. Por isto, a histerectomia total ampliada Wertheim-Meigs considera-se uma cirurgia segura. O tempo médio de internamento é de dez a quinze días. A histerectomia total ampliada Wertheim-Meigs deve ser realizada por um ginecologista com treino em oncologia. Nos últimos anos cada vez mais serviços de oncologia ginecológica vêm realizando histerectomia total ampliada Wertheim-Meigs por via laparoscópica.

Especialistas em histerectomia total ampliada

Encontre um especialista em Histerectomia total ampliada na sua cidade:

Perguntas sobre Histerectomia total ampliada

Nossos especialistas responderam a 68 perguntas sobre Histerectomia total ampliada

Boa tarde! Converse com a equipe que realizou o seu procedimento. Eles conhecem seu caso e a extensão da cirurgia, e estão mais habilitados a passar recomendações pós operatórias específicas.…
1 respostas

Boa tarde! Após tanto tempo do procedimento os sintomas provavelmente não devem se relacionar a ele. Procure a equipe que realizou sua cirurgia para avaliação presencial.
1 respostas

Olá. Quando a cirurgia é laparoscópica não há beneficio no uso da cinta. Ela pode gerar atrofia da sua musculatura abdominal.
1 respostas

Especialistas falam sobre Histerectomia total ampliada

É o tipo de histerectomia realizada no tratamento do câncer de colo uterino. Nessa cirurgia, se retiram também os paramétrios (ligamentos ricos em gânglios linfáticos, que prendem o útero à parede pélvica). Para a retirada desses ligamentos, há que se descolar a bexiga do útero anteriormente e o intestino da vagina, posteriormente assim como isolar nervos importantes nas funções da pelve. Pode ser realizada por via abdominal (aberta, com corte) ou laparoscópica (por videolaparoscopia).

Sibele Klitzke

Ginecologista

Porto Alegre

Quais profissionais realizam Histerectomia total ampliada?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.