Microcirurgia vascular intracraniana - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas - microcirurgia vascular intracraniana

Eric Grossi Morato

Eric Grossi Morato

Neurocirurgião, Neurologista

Belo Horizonte

Agendar uma visita
Lucas Ramos Lima

Lucas Ramos Lima

Neurocirurgião

Belo Horizonte

Agendar uma visita
Alexandre Meluzzi

Alexandre Meluzzi

Neurocirurgião

São Paulo

Agendar uma visita

Perguntas sobre Microcirurgia vascular intracraniana

Nossos especialistas responderam a 4 perguntas sobre Microcirurgia vascular intracraniana

Ola, o tratamento das MAVs é feito de modo multidisciplinar, com acompanhamento clinico, radiocirurgia, embolizacao e microcirurgia.
A melhor opção deve sempre ser individualizada e definida…
2 respostas


A angiografia cerebral é o exame padrão-ouro para doagnostico dos aneurismas cerebrais.
Quando um aneurisma é tratado com tecnica tradicional - clipagem - uma unica angiografia pos operatoria…
2 respostas


O aneurisma é uma dilatação segmentar superior a 50% do calibre normal do vaso acometido. Logo o aumento da artéria pra se chamar aneurisma varia de local para local, com a idade e o sexo. A…
1 respostas

Especialistas falam sobre Microcirurgia Vascular Intracraniana

Os aneurismas cerebrais são dilatações que se formam na parede de vasos no interior do cérebro. Com o tempo, estes aneurismas podem se romper, ocasionando um grande e grave sangramento cerebral. O tratamento do aneurisma pode ser feito através de duas modalidades: cirurgia e tratamento endovascular. Essa escolha é feita após uma detalhada avaliação do paciente e de exames específicos para esta finalidade. Aqui não há uma regra: o tratamento é sempre feito de forma individualizada. Converse com o seu médico e esclareça todas as suas dúvidas.

Iuri Neville

Neurocirurgião

São Paulo

Agendar uma visita

Quais profissionais realizam Microcirurgia vascular intracraniana?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.