Terapia de família - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Especialistas em terapia de família

Encontre um especialista em Terapia de Família na sua cidade:
Camila Cristina Faquini

Camila Cristina Faquini

Psicólogo, Sexólogo

São José do Rio Preto

Agendar uma visita
Marilene Zignani

Marilene Zignani

Psicanalista, Psicólogo

Jundiaí

Agendar uma visita
Patrícia Padilha

Patrícia Padilha

Psicólogo

Caxias Do Sul

Agendar uma visita

Perguntas sobre Terapia de família

Nossos especialistas responderam a 9 perguntas sobre Terapia de família

Olá! Crie um ambiente onde possa ser partilhadas idéias e emoções de forma segura, livre e respeitosa, assim a comunicação fica mais eficaz. É importante que cada um sinta a vontade de partilhar…
7 respostas

Dra. Aparecida Paula Santos
Dra. Aparecida Paula Santos
Psicólogo, Sexólogo
Rio de Janeiro
Importante nesse momento, e o casal trabalhar a relação para entender onde cada um errou e o que aprendeu e levar pela vida como crescimento. Entender em qual buraco não cairá mais. A vida é…
16 respostas

A Terapia familiar pode envolver outros membros da família, como seus outros filhos. Acredito que com mudanças nestes indivíduos você pode sim, alcançar algum efeito positivo no quadro da sua…
6 respostas

Especialistas falam sobre Terapia de Família

É uma terapia realizada em grupo de modo a construir e desenvolver o diálogo entre os membros familiares e assim ajudar na resolução de problemas, desenvolvendo comportamentos mais saudáveis. Entre os principais objetivos da terapia familiar estão: promover o autoconhecimento em nível individual e familiar; favorecer mudanças construtivas de forma a harmonizar o ambiente familiar; compreender a importância do diálogo e do respeito ao outro; compreender o papel de cada indivíduo no bom funcionamento da dinâmica familiar; aumentar a responsabilidade pessoal; reconhecer os padrões que geram os comportamentos...

A Terapia de Família é indicada quando apresenta aspectos disfuncionais de transações familiares, isto é, quando a relação não vai bem. Muitas vezes determinado comportamento de um dos membros provoca desarmonia. Os Terapeutas de Família acreditam que somos movidos não só pela nossa subjetividade, mas somos partes das relações sociais. Determinada situação desperta algo específico comigo, que gera determinado comportamento. Daí a importância de um trabalho em conjunto com todos os membros da família, já que somos produtos de uma relação.

Maria Christina Da Costa Santos

Psicanalista, Psicólogo

Rio de Janeiro


A terapia familiar implica a visão da dificuldade de um individuo associada de forma direta ao seu meio familiar, centrando-se a intervenção na família e no meio em que ele se move e não propriamente na individualidade de cada um. A terapia familiar baseia a sua intervenção na família enquanto sistema, composto por elementos que possuem relações de interdependência entre si e que promovem o desenvolvimento uns dos outros. A terapia familiar centra-se na família como um todo, não a considerando como uma mera soma das suas partes: tudo que acontece num elemento irá afetar os outros elementos.

Betânia Tassis

Psicanalista, Psicólogo

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

A terapia familiar ajuda as famílias que estão passando por situações de conflito. Ela tem como objetivo desenvolver o diálogo entre os membros familiares e ajudá-los a resolver problemas, tornando a relação mais saudável e harmoniosa. As sessões têm duração de 50 a 60 minutos, pode ser semanal, quinzenal ou mensal, a frequência depende da situação da família. Qualquer dúvida estarei à disposição.

Terapia de Família é uma forma de intervenção feita para auxiliar os membros de uma família a melhorarem a comunicação entre eles e a resolverem conflitos familiares. As sessões podem incluir todos os membros envolvidos ou somente aqueles que tenham interesse em participar do processo. Essa modalidade terpêutica pode ajudá-los em situações específicas e/ou momentâneas, como, por exemplo, num luto, na perda de emprego ou na depressão de um membro da família, ou ainda em outras situações, tais como dependência química ou doenças mentais. As sessões são semanais e duram entre 1h e 1h30.

Luciana Szafran

Psicólogo, Psicopedagogo

Sorocaba


A terapia de família traz o cuidado psicológico para todos os membros da família que estão vivenciando alguma questão ou alguma dificuldade relacional, ao invés do cuidado ficar restrito somente a um individuo. O objetivo é tornar funcional a comunicação entre os membros da família, de forma a facilitar a comunicação das necessidades e limites de cada um em torno das questões vivenciada por eles. O terapeuta atua como parte do sistema familiar, trazendo recursos e instrumentos técnicos como o uso do genograma, desenhos da família, miniaturas terapêuticas e equipe reflexiva, para ampliar as possibilidades da família e favorecer escolhas mais adequadas e potentes ao sistema.

Tainá Hauat

Psicólogo

Rio de Janeiro


Trata conflitos de relacionamento e outras patologias em um sistema familiar: entre pais e filhos, famílias de origem ou estendida.Família é um espaço emocional com práticas de guarda, sustento, apoio, afetividade, construção de valores onde o que sobressai é a preocupação com o cuidar (em especial dos vulneráveis), os valores a construir, que são o respeito mútuo e a aceitação do outro. O propósito da terapia é tratar relacionamentos disfuncionais que podem ter se desenvolvido por dificuldades de adaptação por mudanças que ocorrem no ciclo vital da família e/ou do desenvolvimento relacionamento conjugal.

Maria Beatriz Rossatti

Terapeuta complementar

Ribeirão Preto


A terapia familiar pode ser uma excelente alternativa para famílias que estão passando por momentos de conflitos e desarmonia. Ela visa construir e desenvolver o diálogo entre os membros familiares e assim auxiliar na resolução de problemas e na conquista de relações respeitosas, harmoniosas e saudáveis. São realizadas sessões individuais e em grupo (usando técnicas cognitivo-comportamentais) com os membros da família envolvidos na situação. O alvo é permitir que todos tenham seu espaço, vez e voz para se expressar e com isso, ser ouvido e ouvir, dialogar. A Avaliação de Perfil Comportamental gera autoconhecimento e empatia, o que também é um instrumento valioso na mediação dos conflitos.

A terapia de família se baseia na ideia de que, num sistema familiar, a relação entre os membros produz algo maior que a soma de suas individualidades, portanto, por mais que uma das partes venha a expressar o sintoma, o problema costuma estar na forma como o todo se articula. Nesse sentido, procuro promover uma análise com foco na comunicação entre os presentes, dando voz a todos de modo a evidenciar tanto seus conteúdos declarados quanto os velados e latentes, trabalhando os papéis disfuncionais que possam ocupar e suscitando novas percepções sobre suas questões. Assim, ajudo a família a alcançar um novo patamar de equilíbrio, onde os nós podem voltar a dar lugar aos laços.

Rodrigo Nunes De Souza Trindade

Psicanalista, Psicólogo

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

O trabalho de orientação familiar aparece como uma forma para ajudar famílias que estejam apresentando dificuldades em seu funcionamento, ajudando a estabelecer uma organização capaz de dispor um funcionamento mais sadio em suas vidas, esclarecendo o papel desempenhado pelas suas histórias pessoais no funcionamento familiar. Clarificam-se as raízes dos sintomas e lhes conferem sentido, mostrando a real importância dos membros da família no desenvolvimento afetivo mais sadio de seus componentes. As sessões podem ser realizadas com quantos membros da família se fizerem disponíveis, com duração de 1h 30m.

Bruna Paschoalini

Psicólogo

São Paulo


Na medida em que vão ocorrendo mudanças na sociedade, cada vez mais rápidas e drásticas, a família é impactada diretamente. As relações entre pais e filhos e a forma como a educação acontece nos lares ganham complexidade. Isto porque, as mulheres também trabalham fora, têm uma rotina exaustiva tanto quanto a dos homens, e a presença junto aos filhos já não se dá com a mesma qualidade e nem intensidade de antigamente.

Elaine Martins De Sousa

Psicólogo

Rio de Janeiro


A Terapia Familiar é uma abordagem terapêutica que visa modificar as interações entre os membros da família e simultaneamente melhorar o funcionamento individual.

Tema Família e um tema complexo e muito rico! Todas as famílias sofrem perdas no processo de desenvolvimento. Tanto aquelas decorrentes de crescimento dos filhos como as que advêm do divórcio ( morte da família), da morte por envelhecimento ou da morte precoce, A questão que se coloca é de que maneira cada família vai se posicionar diante dessa situação? Quando um casal e ou uma família apresentam problemas não resolvidos que atormentam repetidamente e com isso uma sensação de tristeza, frustração é o momento de ampliar a consciência do que esta acontecendo , pois a vida é um processo constante de soluções de problemas, desde a inspiração de ar até a morte de alguém amado.

A terapia familiar é uma especialidade da psicologia em que se atende toda a família. Na terapia familiar da psicologia sistêmica se entende que todos estamos em relação com muitos “sistemas” na nossa vida, sendo a família um dos principais. As pessoas nessas relações se influenciam umas a outras e por isso a psicologia familiar vê que atendendo a família ao invés do indivíduo poderia trazer muito mais benefícios. Além disso, os atendimentos desse tipo de terapia normalmente são quinzenais, diferenciado-o do atendimento individual que normalmente é semanal.

Celina Lucas Dos Santos

Psicólogo

Florianópolis


Busca permitir a famílias que estão passando por situações de desarmonia e de conflitos um espaço para que sejam buscados e trabalhados diálogos e entendimentos entre seus membros, melhorando a comunicação e o respeito entre estes.

Jefferson Yan

Psicólogo

Rio de Janeiro


A Terapia de Família é necessária quando existe uma demanda que atinge as relações familiares como um todo. Neste caso, todas as pessoas vêm para o atendimento juntas e essas questões são trabalhadas levando-se em conta as emoções e opiniões de todos. A partir de uma visão sistêmica da família podemos encontrar juntos formas de melhorar essas relações.

Jamille Façanha

Psicólogo

Fortaleza


A terapia de família atua nas relações dos membros de uma família, que pode ser, toda a família ou apenas alguns componentes, isso vai depender da necessidade terapêutica. As intervenções nesse contexto, se dirigem aos padrões de interação que sustentam um problema, e não necessariamente a identificação de suas causalidades. Uma vez intervindo nas relações, isso acaba repercutindo em uma maior consciência de quem eles são uns com os outros, assim como as crises pelas quais estão passando.

A Terapia familiar é um tipo de terapia que se aplica a casais ou famílias, onde os membros possuem algum nível de relacionamento. A terapia familiar tende a compreender os problemas em termos de sistemas de interação entre os membros de uma família. Desse modo, os relacionamentos familiares são considerados como um fator determinante para a saúde mental e os problemas familiares são vistos mais como um resultado das interações. O terapeuta tenta nesse caso ajudar a família a cada um se por no lugar do outro ajudando a encontrar uma harmonia dentro do possível.

A família é importante para o desenvolvimento do ser humano, os papéis de pai e mãe continuam sendo referencia de amor e autoridade na transmissão de valores, é no seio familiar que a criança aprende os primeiros passos, em direção as relações. No entanto a interação familiar sofre transformações constante dentro do ciclo de vida, que por vezes podem gerar problemáticas de difícil compreensão e gerar a necessidade de ajuda profissional. Quando procurar? Drogadição; Ciúme e discussões entre os membros; Alcoolismo; dificuldade financeira, com as crianças e/ou adolescentes; abandono escolar; desemprego; Doença ou a perda de um ente querido, Pais inseguros e superprotetores/ rigidez.

Quais profissionais realizam Terapia de família?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.