Dr. Alexandre Augusto de Castro Peleja

Psiquiatra mais

Goiânia 1 endereço

Número de registro: CRM: 18069 - GO RQE Nº: 11081

1 opinião

Consultório

Centro Médico Campinas
Rua P-30, esquina com a P-26, Numero 346, Setor dos Funcionários, Setor Dos Funcionários, Goiânia

Este especialista não oferece agendamento online neste endereço

Este especialista não fornece todas as informações que você precisa?

Mostrar outros psiquiatras perto de mim

Serviços e preços

Os preços são para pacientes sem convênio médico

Outros serviços


Rua P-30, esquina com a P-26, Numero 346, Setor dos Funcionários, Goiânia

Centro Médico Campinas

Experiência

Experiência em:

  • Psiquiatria Ambulatorial

1 opinião de paciente

Classificação geral

Todas as opiniões são importantes, por isso os especialistas não podem pagar para alterar ou excluir uma opinião. Saiba mais.
P
Local: Centro Médico Campinas Depressão e ansiedade

Pontos positivos
Educado, bom atendimento

Pontos de melhoria
Não consigo pensar em nada no momento

Dr. Alexandre Augusto de Castro Peleja

Obrigado.

Ocorreu um erro, tente outra vez

Dúvidas respondidas

4 dúvidas de pacientes respondidas na Doctoralia

Pergunta sobre Depressão

O bullying pode gerar traumas para uma criança ou adolescente. No entanto, na escola por exemplo, o que fazer com aqueles que PRATICAM o bullying e não apenas aqueles que sofrem com tal trauma?

O paciente que pratica bullying precisa de tratamento tanto quanto o paciente que sofre bullying. É importante levar a criança que pratica bullying para uma avaliação com Psiquiatra e com Psicólogo. O Psiquiatra avaliará se a criança está agressiva por causa de um irritabilidade proveniente de transtorno bipolar ou TDAH ou mesmo depressão. O Psicólogo investigará se algum conflito familiar possa estar levando a criança a ficar agressiva e agitada.

Dr. Alexandre Augusto de Castro Peleja

Pergunta sobre Depressão

Como auxiliar alguém que perdeu um ente próximo?

O primeiro passo é dar suporte para pessoa, principalmente estando do lado e ouvindo tudo que a pessoa deseja falar. É importante não ficar "dando dicas para a pessoa melhorar". Se a pessoa começar a falar muito em se matar é importante encaminhar ao Psiquiatra. Em geral o luto dura três meses, então neste período temos que ter um pouco de paciência. O acompanhamento com psicólogo neste período ajuda muito.

Dr. Alexandre Augusto de Castro Peleja

Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.

Perguntas frequentes