alguns especialistas dizem que o EEG só serve para mostrar se existe atividade cerebral ou não que
5 respostas
alguns especialistas dizem que o EEG só serve para mostrar se existe atividade cerebral ou não que tal exame não pode afirmar por exemplo casos de epilepsia ; isto procede?
Primeiro a Epilepsia é uma desordem neurológica caracterizada por descargas eletricas que geram crise convulsivas parciais ou generalizadas.
Essa atividade elétrica do cérebro é diagnosticado pelo eletroencefalograma também conhecido como EEG. Uma das principais finalidades é o acompanhamento de epilepsias, através deste registro da atividade elétrica do cérebro, mas ele pode detectar outras alterações, disturbios do sono, doenças degenerativas ou enfermidades neurológicas.
Outros exames de autoimagem atualmente podem identificar lesões e problemas neurológicos, mas quanto e epilepsia, ainda o EEG é o meio mais usado para fazer avaliações e acompanhamentos.
No entanto, a entrevista e avaliação do paciente é muito importante, pois alguns mesmo que EEG e outros exames apresentem resultados normais, não exclui a possibilidade da pessoa ter epilepsia, por isso a avaliação clínica, a pessoa que presenciou a crise convulsiva pode ser util no diagnóstico.

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
O Eletroencefalograma (EEG) é um exame que registra a atividade elétrica cerebral. Dessa maneira ele pode constatar ou apoiar diagnósticos neuroclínicos e psiquiátricos como síncopes, convulsões, crises epiléticas, distúrbios do sono entre outros.
Esse exame vem sendo modernizado juntamente com o olhar neurológico do profissional que além de constatar a presença da epilepsia, também pode enquadrar com exatidão no cérebro onde ocorrem os focos epiléticos ou mesmo a presença de tumores cerebrais.

Abraço

Estou de acordo com os colegas.

Concordo com as respostas dos colegas sobre o EEG que detectará qualquer desorden cerebral. Procure um neurologista com o exame feito e sugiro uma avaliaçao neuropsicologica para confirmar o diagnóstico e uma terapia para lidar consigo mesmo.
Át.
Monica Araújo
Neuropsicologa

O EEG é um exame muito útil para diagnóstico de epilepsia, podendo mostrar a atividade epiléptica, sua localização no cérebro, seu comportamento, frequência, sua resposta a estímulos feitos na hora do exame, como hiperpnéia (respiração acelerada), estímulos sensitivos como luz intermitente, etc.

Essas informações ajudam tanto na diferenciação entre crises epilépticas e não-epilépticas, quanto na escolha do anticonvulsivante, avaliação da resposta do paciente repetindo o EEG durante tratamento, e, quando necessário, é o início de planejamento cirúrgico.

Deve-se, contudo, fazer bom uso do exame (ele não substitui a coleta da história do paciente, nem o exame físico ou neurológico, a ausência da atividade epiléptica nos 20 minutos de um único exame não deve ser considerada suficiente para excluir epilepsia se as evidências clínicas forem fortes, e há variações da normalidade encontradas em pessoas saudáveis que podem ser erroneamente interpretadas como epileptiformes).

Um abraço!

Especialistas

Enrico Salomao Ioriatti

Enrico Salomao Ioriatti

Neurocirurgião, Neurologista

São Paulo

Agendar uma visita
Isaias Fiuza Cabral

Isaias Fiuza Cabral

Neurocirurgião, Neurologista

Macapá

Agendar uma visita
Ulysses Caús Batista

Ulysses Caús Batista

Neurocirurgião, Neurologista

Cariacica

Agendar uma visita
Diógenes Zãn

Diógenes Zãn

Neurologista, Médico clínico geral

Porto Alegre

Agendar uma visita

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 56 perguntas sobre EEG (Electroencefalograma)

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.