Transtorno do Pânico tem cura?
Dr. Douglas Motta Calderoni
Dr. Douglas Motta Calderoni
Psiquiatra
São Paulo
Sim. O transtorno de pânico tem tratamento e pode ser curado sim, mas não é um tratamento curto e não deve ser apenas baseado em medicação, precisa estar associado também outras formas de tratamento como psicoterapia, atividade e física e outras.

O transtorno do Pânico tem tratamento. Quanto a cura, dá a entender que nunca mais a pessoa vai apresentar tal Transtorno após o tratamento. Os estudos sobre o assunto enfatizam no controle do Transtorno do Pânico, mas a cura definitiva não é plausível.
Att,

Dra. Veronica Kellner
Dra. Veronica Kellner
Psicanalista, Psicólogo
Niterói
Sim, mas é preciso uma avaliação cuidadosa, já que normalmente vem associada a outros disturbios.

 Adriana Santiago
Adriana Santiago
Psicólogo
Rio de Janeiro
O transtorno do pânico tem cura, importante aliar o tratamento com psiquiatra que entra com medicamentos para amenizar os sintomas e com psicólogo para descobrir o que levou a ter esse tipo de transtorno. Importante aliar uma atividade física e atividades que lhe tragam algum tipo de prazer.

 Gabriel Coimbra Carvalho
Gabriel Coimbra Carvalho
Psicólogo
Vitória
A cura do pânico, se dá mediante análise associada a medicação em alguns casos. Deve-se entender que o efeito de cura é resultado de um processo mais amplo que é o da própria análise do sujeito, pois nossos "transtornos" são frutos de nossa história singular.

Dr. Jorge Rodrigues da Silva
Dr. Jorge Rodrigues da Silva
Médico acupunturista, Homeopata
São Paulo
Tem cura sim!

Sim. É preciso se implicar em uma terapia para entender as reações do corpo e porque o mesmo está em sofrimento diante de variáveis externas. A psicanálise é a mais indicada para tratar essas condições de fobias. Nosso corpo fala. Quando ocorre uma excitação psicológica de dominação maior em que o sujeito perde a capacidade de autorregulação dos sentidos , e o medo predomina e paralisa o mesmo diante da sua rotina e etc, é possivel considerar que há um motivo inconsciente que o mesmo desconhece. Um processo analítico investigará as causas inconscientes e poderá trazer benefícios ao analisando, conhecendo suas defesas, dando ao corpo e a psique a capacidade de sublimar suas excitações. Abraços

 Gabriel Tarragô Santos
Gabriel Tarragô Santos
Psicólogo
Mogi das Cruzes
do ponto de vista comportamentalista em psicologia, o comportamento humano é plástico e reversível. portanto, um padrão comportamental indesejado e rotulado como patológico é também fruto de uma história de aprendizagem que pode, sim, ser revertido. mas uma análise acurada do caso é absolutamente necessária. procure um bom terapeuta comportamental.

 Ziza Cury Komochena
Ziza Cury Komochena
Psicólogo
Cuiabá
O transtorno de pânico tem cura sim, a terapia com comprovação científica mais indicada para este transtorno é a cognitivo-comportamental. Quanto antes começar o tratamento é melhor. Atenciosamente

Dr. Geraldo Magela Oliveira Fernandes
Dr. Geraldo Magela Oliveira Fernandes
Terapeuta complementar
Uberlândia
Tem.

 Paulo Renato Oliveira
Paulo Renato Oliveira
Psicanalista, Psicólogo
Rio de Janeiro
Tem, desde que corretamente tratado desde o inicio. É preciso associar psicoterapia com medicação. A medicação estabiliza a pessoa e evita comprometimentos maiores na sua vida afetiva e profissional (o paciente pode passar a evitar sair de casa, usar transporte público , por exemplo), e reduz muito a possibilidade de novos ataques. Isso é fundamental, pois cada novo ataque gera o medo da ocorrência de um outro e a ansiedade pode se tornar automática, o que dificulta em muito o tratamento. Já a psicoterapia vai investigar as causas psíquicas do pânico, que diferem de sujeito para sujeito.

A Síndrome do Panico, tem cura sim, quando associada à medicação, Psicoterapia e exercícios físicos, o tratamento deve ser conjunto.
É um distúrbio psicológico que leva a pessoa a ter diversas crises de medo, pavor, angústia, sem motivo real para desencadear a reação, caracterizadas por períodos de intensa ansiedade, que duram em média 10 minutos e começam de uma hora para outra, durante a crise, a pessoa tem a sensação de que vai morrer, seu coração acelera, o corpo começa a suar frio e fica trêmulo...
Espero que tenha esclarecido.
Estou a disposição.
Abraço.

 Marcelo Marui Biondo
Marcelo Marui Biondo
Psiquiatra
São Paulo
Sim. O tr. pànico tem cura através de um tratamento multiprofissional, com psicólogo e psiquiatra. Atividade física também ajuda.

Dr. Maier Augusto dos Santos
Dr. Maier Augusto dos Santos
Psicólogo
São Paulo
Sim é possível curar o transtorno do pânico, no entanto a abordagem mais eficiente e aceita pela comunidade científica engloba duas vertentes: O tratamento medicamentoso, que é ministrado por um médico psiquiatra e a psicoterapia, realizada por um psicólogo especializado.

Estou de acordo que existe controle da doença.

Especialistas em Transtorno De Pânico

Gustavo Sehnem

Gustavo Sehnem

Psiquiatra

Curitiba

João Jorge Cabral Nogueira

João Jorge Cabral Nogueira

Psiquiatra

Rio de Janeiro

Maria Alice Ferragut

Maria Alice Ferragut

Psiquiatra, Radioterapeuta

Vinhedo

José Fernandes Pedrosa

José Fernandes Pedrosa

Psiquiatra

Brasília

Simone Pinto DiMeglio

Simone Pinto DiMeglio

Psiquiatra

Varginha

Caio de Aguiar Maia

Caio de Aguiar Maia

Psiquiatra

Fortaleza

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 113 perguntas sobre Transtorno De Pânico

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.