Desde a época da escola sempre tive muita dificuldade sempre ´passava na média. e hoje em dia na faculdade as dificuldades continuam, desconfio q tenho algum deficit de atenção TDA , Qual especialidade médica devo procurar para iniciar um tratamento, neurologista ou psiquiatra?
 Ana Carolina Praça Cirino
Ana Carolina Praça Cirino
Psicólogo
Rio de Janeiro
Procure um neuropsicólogo para testagens.

Consiga todas as respostas durante a Telemedicina

Agende uma Telemedicina e pergunte aos especialistas sobre tudo o que precisa sem sair de casa

Mostrar especialistas Como funciona?
 Ariana Clarke
Ariana Clarke
Psicanalista, Psicólogo
Belo Horizonte
Concordo com alguns profissionais acima, tanto um neuro quanto um psiquiatra podem fazer o diagnóstico. Assim como um psicólogo especializado ou um neuropsicólogo. Se for necessário um tratamento medicamentoso, só os dois primeiros podem receitar. No entanto, mesmo que não diagnosticado, você relata perdas e incomodo em relação ao que te acontece. Considero que seria bom um acompanhamento psicológico, para que você possa entender quais os impactos nos diversos aspectos de seu dia a dia e em seus relacionamentos e trabalhar as consequências, inclusive emocionais, destes. Se diagnosticado, também este acompanhamento é de extrema importância para um tratamento completo.

Oriento uma avaliação com psicólogo ou neuropsicólogo, para posterior encaminhamento ao psiquiatra, se for o caso. Mesmo se necessitar de intervenção medicamentosa, o acompanhamento psicoterapeutico é de suma importância para um bom resultado do tratamento.

Olá! primeiramente busque por um bom Neurologista especializado em TDAH. em paralelo Psicoterapia Cognitivo Comportamental e Hipnoterapia. Paz e Bem!

Bom dia, tudo bem? Esse quadro pode ser avaliado por ambos e através de uma avaliação psicológica também! Fico à disposição...

Ambos os profissionais podem realizar o diagnóstico e tratamento medicamentoso para déficit de atenção. Seria interessante complementá-lo com o acompanhamento psicológico para dialogar sobre como essas dificuldades lhe afetam e encontrar estratégias pessoais de lidar com isso.

 Patricia Souza
Patricia Souza
Psicólogo
São Paulo
Olá, o neuro e o psiquiatra junto com acompanhamento terapêutico enriquecem o trabalho. A terapia cognitivo comportamental por exemplo, ajuda na mudança dos comportamentos, na criação de novos hábitos, melhorando assim a capacidade de enfrentamento e de autonomia para a superação do TDAH

Entendo que o seu tratamento deve iniciar - se com um psicólogo (a) o qual, possivelmente o atenderá satisfatoriamente. Se houver necessidade ele (a) te encaminhará ao outro profissional. Um abraço!

Dr. Luiz Pimenta
Dr. Luiz Pimenta
Psiquiatra
São Bernardo do Campo
Olá, tanto um psiquiatra, quanto um neuro, podem conduzir o tratamento para TDAH

Dr. Robson Duarte
Dr. Robson Duarte
Psicanalista, Psicólogo
Belo Horizonte
É comum as pessoas se autodiagnosticarem com tantos nomes. Você diz que desconfia. Não seria importante vc confirmar este diagnóstico? Abordagens médicas para um diagnóstico puramente descritivo, podem ter consequências como uma medicalizacao precipitada.

Ambos os profissionais diagnosticam e tratam essa condição.
Vale ressaltar que o TDAH é um diagnóstico psiquiátrico e que, independentemente do profissional, o tratamento deve abranger uma somatória de medicações, psicoterapia e orientações ambientais.
Um abraço.

Especialistas em Transtornos de déficit de atenção e do comportamento disruptivo

Maxleila Reis Martins Santos

Maxleila Reis Martins Santos

Psicólogo

Belo Horizonte

Izabelle Castro Ferreira

Izabelle Castro Ferreira

Psicólogo

São Gonçalo

Rodrigo Bernini de Brito

Rodrigo Bernini de Brito

Psiquiatra

Goiânia

Taramis Sartorio

Taramis Sartorio

Psicólogo

Porto Alegre

Renata Camargo

Renata Camargo

Psicólogo

Camaquã

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 17 perguntas sobre Transtornos de déficit de atenção e do comportamento disruptivo

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.