Tenho uma filha adotiva e ela veio com 8 meses hoje ela tem 6 anos mais encontramos muita dificuldade ela é hiperativa não dorme não conseguimos controlar o ciúme dela .ela também tem um nervoso incontrolável .
As vezes conversamos com ela e fala que não faz por mal .
Vc acha devo procurar um medico psicologo?
 Tatiana Proença Isleb
Tatiana Proença Isleb
Psicólogo
Curitiba
Oi! Sim, seria muito bom se você pudesse contar com um apoio especializado! A terapia pode ajudar você a compreender sua filha e te ensinar formas de ajudá-la. E pode ajudar sua filha a encontrar formas de expressar o que sente.
Um forte abraço,
Tatiana

boa noite, buscar por um profissional sempre é uma boa opção. Vocês podem fazer orientação de pais, para ter suporte em como auxiliar sua filha e ela também pode fazer acompanhamento psicoterapêutico para aprender lidar melhor com as emoções dela. Espero ter ajudado, abraços!

 Caroline Helena
Caroline Helena
Psicólogo, Terapeuta complementar
Contagem
Olá é um prazer lhe responder!

A terapia cognitiva comportamental pode ajudar a família toda nesse aspecto!
Iniciar o tratamento psicoterápico é muito necessário nesses casos, não apenas para a criança, mas também para a orientação de pais .

 Magali Carmelo
Magali Carmelo
Psicólogo
Santo André, SP
Sem sombra de dúvidas a menina precisa entender seus afetos, compreender por quais motivos apresenta esses sentimentos e como lidar com eles. O psicólogo é o profissional habilitado para ajudar a lidar com tais situações e ajudar a garotinha a ter melhor qualidade de vida. Desejo uma boa sorte. Atenciosamente, Magali.

 Valdir Rosolem
Valdir Rosolem
Psicólogo
Curitiba
Sim, recomendo! Possivelmente tudo isso está atrelado a história de sua filha, antes e depois da adoção. Não tenho tantas informações, mas acredito que ha um sentimento de posse por receio ou medo do que pode vir a acontecer, é necessário tratamento.

 Leonardo Rocha
Leonardo Rocha
Psicólogo
Recife
E importante o auxílio de um psicólogo neste momento. Certamente ira ajuda lá a compreender melhor o que está se passando, como também ajudar aos pais a lidar melhor com a situação.

Dra. Aline Saramago Sahione
Dra. Aline Saramago Sahione
Psicólogo, Terapeuta complementar
Rio de Janeiro
O psicólogo pode ajudar tanto você quanto sua filha a lidar melhor com a situação. A maioria das pessoas não age por maldade, mas sim porque aprendeu a lidar daquela forma, não desenvolvendo maturidade, ou seja, escolhas melhores. No entanto, sempre é possível aprender novas formas de enfrentamento de problemas e resolução de conflitos para viver uma vida mais feliz e o psicólogo pode ajudar em muito nesse processo. Com carinho, Aline Saramago

Eu prefiro pecar pelo excesso que pela falta, leva-a a um neuropediatra para descartar qualquer questão neurológica. Vocês provavelmente não tem acesso a como foi essa gestação, se houve alguma intercorrência. Parece que é uma criança irritada e agitada. Tem que fazer exames de imagem e polissonografia. Vale a pena no caso dela fazer uma avaliação neuropsicológica e reabilitação se necessário. A psicoterapia neste caso tem que envolver orientação para os pais. Formas de lidar com esse comportamento dela. Para crianças sempre acho que surte muito efeito analise do comportamento ou TCC. O tratamento é multiprofissional. Abraço.

Olá, seria viável sim, procurar um psicólogo para iniciar sessões de Psicoterapia. Caso seja necessário o psicólogo também poderá indicar um outro profissional para complementar o tratamento.

Especialistas em Hiperatividade

Erika Luchiari

Erika Luchiari

Psicólogo

Osasco

Janaina Santos Ignacio Costa

Janaina Santos Ignacio Costa

Psicólogo

Nova Iguaçu

Rose Mayre de Oliveira Macedo Pereira

Rose Mayre de Oliveira Macedo Pereira

Psicólogo

Rio de Janeiro

Liliane Eunice de souza França

Liliane Eunice de souza França

Psicólogo

São José dos Campos

Giovanna Sales

Giovanna Sales

Psicólogo

Barueri

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 6 perguntas sobre Hiperatividade

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.