Meu filho de 3 anos tem hiperatividade qual o melhor tratamento? Eu trato com Neuleptil não tá funcionando muito.
Prezada mãe!
Por se tratar de uma criança ainda pequena ,é um pouco precipitado em falar de hiperatividade e de fechar algum diagnóstico.Nessa idade a criança faz muitas descobertas e junto existe a dinâmica familiar.
Como terapeuta de famílias , sugiro que busque ajuda psicológica e com o olhar sistêmico, para que a criança possa ser olhada como um todo.
Sucesso
Maria Consolata Pappacena

 Bárbara Adele de Moraes
Bárbara Adele de Moraes
Psicanalista, Psicólogo
Sorocaba
Há controvérsias no uso de medicação em crianças tão pequenas e no fechamento de diagnóstico em uma idade em que muitas coisas ainda estão por ser decididas no que se refere à constituição psíquica.
Minha sugestão é procurar por psicólogo/a e/ou psicanalista que trabalhe com crianças, assim vocês, pais, e seu filho poderão falar sobre o que está acontecendo, o que é esta hiperatividade, em que momentos aparecem, o que está causando, entre tantas outros assuntos. Este profissional poderá ajudá-los através de orientação e atendimento da criança.

Dr. Roberto Souza Mendes
Dr. Roberto Souza Mendes
Psicólogo, Terapeuta complementar
Nova Iguaçu
Olá... hiperatividade pode ser ajustada e compreendida pela psicoterapia e reabilitação neuropsicologica... assim ao entender seu filho você saber a com o direcionar a hiperatividade para algo construtivo.

 Paulo Renato Oliveira
Paulo Renato Oliveira
Psicanalista, Psicólogo
Rio de Janeiro
Cuidado com o diagnóstico de TDAH. Segundo o Conselho Federal de Psicologia, a quantidade de pessoas diagnosticada com TDAH é cerca de 10 vezes maior do que o estimado, considerando nossa população e a pirâmide etária. Também somos o segundo maior consumidor mundial de medicamentos nessa área. A rigor, em minha opinião, esse diagnóstico deve ser multidisciplinar envolvendo o seu Pediatra, um Psiquiatra infantil e um Psicólogo Clínico com bastante experiência no trato com crianças. Na clínica, muitas crianças e adolescentes chegam com esse diagnóstico, principalmente encaminhadas por escolas. Quando se expressam, ludicamente, percebe-se que não é nada disso. Pela pouca idade da criança em questão, talvez seja precipitado fechar um diagnóstico desses e aplicar medicação psiquiátrica cujos efeitos colaterais sobre ela são no mínimo imprevisíveis.

Olá, um Diagnóstico de TDAH deve ser efetivado a partir doa 5 anos de idade (obviamente existem excessões) . Assim como a medicação para está patologia. A introdução de medicamentos em tenra idade pode ter consequências no desenvolvimento da criança.
Recomendo a avaliação de um psicólogo e ou neuropsicologo; e uma conversa com o médico que acompanha seu filho (o ideal e que seja um neuropediatra) sobre o diagnóstico e a medicação , ja que você percebe que nao esta sendo eficaz.

Olá. Apesar de terem um diagnóstico para a problemática de seu filho, a ludoterapia terá condições de fazê-lo a perceber, entender e a controlar sua hiperatividade através de jogos e brincadeiras onde terá condições para isso, sempre de acordo com a sua idade. Seus pais também serão orientados quanto a como tratá-lo. Fico a sua disposição.

 Pablo Urcioli
Pablo Urcioli
Psicólogo
São Paulo
Assim como tantas outras patologias, somente a medicação não é o suficiente para tratamento.
Como os colegas mencionaram, o diagnóstico de TDAH merece muito cuidado e um acompanhamento psicológico por esses dois motivos é fundamental.
Atendo na Vila Mariana e estou à disposição.

 Luana Breda
Luana Breda
Psicólogo
Curitiba
Olá. Há a necessidade de verificar o que está causando essa hiperatividade para checar se a medicação é necessária, ainda mais quando esta não faz efeito. Seria interessante procurar uma avaliação psicológica para que o profissional entenda todo o contexto e desenvolvimento da criança e então junto ao Neuropediatra verificar qual a melhor tratativa nesse caso, se envolve medicação, terapia ou orientação parental. Abraços

Dra. Maria Elizabeth Martins Ribeiro
Dra. Maria Elizabeth Martins Ribeiro
Psicanalista, Psicólogo
São Paulo
A criança é muito nova para tal diagnóstico e a medicação um pouco pesada podendo até comprometer o desenvolvimento dele. Recomendo consultar um psiquiatra infantil e melhor, um homeopata para iniciar um tratamento mais suave que pode até curar seu filho. Um psicólogo pode ser também indicado tanto no diagnóstico como orientação familiar já que é muito cedo até para submeter a criança a uma ludoterapia. Estou à sua disposição.

Olá. Sua criança já tem diagnóstico definido sobre hiperatividade com apenas 3 anos?

Caso possa, sugiro procurar neuropicólogo para testagens e avaliações psicológicas.
Sugiro procurar também neurologista.

Após anamneses e essas avaliações fundamentais necessárias, você poderá ter excelente apoio, mais contínuo,de psicólogo especialista em crianças e um psicopedagogo, na fase escolar.

Dra. Karen Grazielle Capuano Marques
Dra. Karen Grazielle Capuano Marques
Neurologista, Pediatra
Rio de Janeiro
Seu filho é muito novo para esse diagnóstico.
É de extrema importância que ele esteja sendo acompanhado por profissionais especializados: neurologista infantil ou neuropediatra e terapia.

 Bruna Americano
Bruna Americano
Psicólogo
Rio de Janeiro
Em minha opinião uma criança de três anos não deve ser medicada por causa de questões com a atenção e hiperatividade. A medicação pode não ter o efeito esperado e pode causar danos ao organismo infantil. A família precisa de ajuda para lidar com o problema. Sugiro que procure um profissional da psicologia próximo a sua residência que tenha experiência em tratamento de crianças para realização de entrevistas de avaliação, orientação e tratamento, se necessário.

Especialistas em Hiperatividade

Paula Segamarchi

Paula Segamarchi

Psicólogo

Sorocaba

André Luís Pereira Guimarães

André Luís Pereira Guimarães

Psicólogo

Salvador

Adriana Barros

Adriana Barros

Psicólogo

Salto

Marina Quedevez

Marina Quedevez

Psiquiatra

Niterói

Viviane Gomes

Viviane Gomes

Psicólogo

Juiz de Fora

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 6 perguntas sobre Hiperatividade

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.