é normal sentir medo de ver algo sobre natural como “fantasmas ou espíritos”…?

24 respostas
é normal sentir medo de ver algo sobre natural como “fantasmas ou espíritos”…?
Responder se algum comportamento é normal ou não é complexo! É necessário avaliar a sua história de vida, suas estrátégias de enfrentamento e a intensidade de sofrimento envolvido! De alguma forma você aprendeu que o medo poderia te proteger de algo ou alguém. Também há muita cultura envolvida desse medo, filmes, histórias que envolvem espíritos. O trabalho da terapia poderá te auxiliar na compreensão dos seus medos e principalmente a ampliar o seu repertório/ o seu jeito de lidar com as situações que te fazem sofrer. Estou à disposição para seguir te auxiliando nesse processo. Grande abraço

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
O medo é um mecanismo de defesa, bem primitivo do nosso psiquismo que acende um alerta para nos proteger ou nos defender de algo. Até que ponto esse medo que vc relata, interfere na sua vida? Essa e outras questões vc pode trazer em uma terapia. É só o medo do sobrenatural ou tem outros que te fazem se achar dentro de uma anormalidade? Se é uma questão, procure sim um profissional para acolher essa queixa. SE cuide. Abraço
Convidamo-lo para uma consulta: Telemedicina - R$ 130
Pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão Reservar uma consulta.
Olá. Que bom poder dirigir-lhe algumas palavras. Você pergunta se é normal ter medo de ver alguma coisa dessas. Conceituar normal não é simples assim, pois deve se considerar a subjetividade envolvida nisso. Contudo, não é preciso pesquisar muito para entender que independente de ser normal ou não, é muito comum. Até aí nada de mais, pois o medo é uma forma de se precaver contra algum perigo. O problema é se esse medo começar a lhe atrapalhar no dia-a-dia. Se isso acontecer é bom procurar uma ajuda psicológica. Com certeza o profissional que lhe acompanhar ira aproveitar o seu potencial de resolução e vocês dois encontrarão uma solução uma solução eficaz.
Fique bem!
Benjamim Amorim, psicólogo e psicopedagogo.
Olá! É normal termos medo do desconhecido... o que teria que avaliar é se esse medo me impede de fazer algo, se me causa sofrimento ou se prejudica algo em minha vida. Portanto, se é algo que incomoda, procure ajuda para compreender e enfrentar!
Olá! É importante compreender de que forma esse medo tem se manifestado e os impactos que tem apresentado em sua vida. Percebi que sua pergunta está relacionada com Transtorno de Ansiedade, então caso você esteja percebendo esses sintomas, um Psicólogo seria o profissional adequado para avaliar o quadro e te ajudar a desenvolver recursos para lidar com essa situação. Espero ter ajudado!
É comum e desde que esse medo não te paralise e não você não tenha consequências negativas... pode ser normal. Sugiro que se isto te incomoda, você procure precocemente ajuda de um psicólogo, para que não caminhe ao adoecimento
Se você me permitir evitar adentrar o campo espiritual, mas adentrar o campo estritamente psicológico, esse é um receio que parte de uma distorção no psiquismo (apesar de ser um receio comum entre as pessoas), que é sintomático, sim e a primeira evidência de ser sintomático é que não conhecemos as intenções dos supostos espíritos, sendo assim, esse medo não é pelo espírito propriamente, mas de algo que, no fundo, existe na própria pessoa temerosa.
Espero ter contribuído para sanar sua dúvida e me ponho à disposição. Um grande abraço!
Olá. Sim, ter medo de algo não conhecido é perfeitamente normal, pois o medo nos livra do perigo. Agora, nao fica claro, se é você que está vendo e com que frequência, ou se é
algo da sua imaginação ter medo de "espiritos" Procure por um profissional da psicanálise/psicologia que possa te ajudar nessa questão, para elucidar o que está acontecendo com você e com seus medos.
É comum que as pessoas apresentem esse tipo de medo. Torna-se necessário considerar qual a frequência e intensidade desse medo, para saber se é algo possível de lidar ou se te limita nas suas atividades e relações.
A psicoterapia pode te auxiliar a verificar todo o contexto que proporciona essas sensações desagradáveis, trabalhar suas crenças e pensamentos disfuncionais.
Olá! O medo é uma resposta de proteção e autopreservação, uma vez que tememos algo a tendência é que a gente se proteja, busque abrigo/refúgio e/ou pessoas que possam nos ajudar a lidar ou nos livrar da situação que povocou esse medo. Então nesse sentido sentir medo é totalmente normal e comum. A questão é quando o medo nos paralisa e impede o funcionamento da vida. Se o que você está experenciando no momento está muito intenso e difícil de lidar, procure um profissional para cuidar dessas questões, para que você entenda a origem desse medo e crie estratégias para lidar com ele. Estou à disposição para te ajudar nesse processo.
Espero ter ajudado a sanar sua dúvida.
Fique bem, um forte abraço,
Taíla Castro.
Convidamo-lo para uma consulta: Telemedicina
Pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão Reservar uma consulta.
Sim. Não só é normal como é relativamente comum ter medo de fantasmas ou espíritos. O medo é uma reação comum do organismo que serve para nos proteger de perigos. Ele é mobilizado quando avaliamos algo como ameaçador. Talvez a resposta à sua pergunta envolva o quanto você entende os fantasmas e espíritos como ameaçadores. Muitas pessoas têm imagens extremamente ameaçadoras de espíritos e fantasmas, fazendo até com que interpretem determinados estímulos como ameaçadores erroneamente. Essas ideias geralmente são construídas a partir de comentários de pessoas próximas ou obras de ficção científica, por exemplo.
Olá!
O medo vem a partir de riscos reais, imaginários ou supostos. Ter medo pode paralisar, conduzir à proteção ou ao ataque a algo ameaçador. Importante que dizes ser um medo de VER algo sobrenatural, ou seja que estas figuras se concretizem. Como este medo se instalou, qual a função que cumpre na vida de quem o sente? Estas são as questões que ultrapassam o normal (aquilo que tem um registro de maioria) para serem respondidas na singularidade do sujeito e que fogem à racionalidade, pois provavelmente de cunho inconsciente. Bom ter um espaço de análise para saber mais sobre isto.
Convidamo-lo para uma consulta: Telemedicina - R$ 130
Pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão Reservar uma consulta.
O medo tem uma função especifica de nos proteger,porém ele pode funcionar de forma desregulada! Então,ao invés de responder se é normal ou não,precisamos entender de que modo isso tem função na sua vida nesse momento,para que em conjunto com seu psicoterapeuta você possa entender outras maneiras de interpretar essa situação que lhe causa medo e por consequencia modificar esse estado emocional para algo que não lhe traga mais dificuldades ou sofrimento.
Olá! É necessário entender sobre esse medo e as situações em que ele aparece. Procure um profissional da psicologia para avaliação. Um abraço!
É possível que ao tratar traumas inconscientes você fique bem. Terapia EMDR e Dor (pain management) combinam dando uma direção de uma evolução comumente de sucesso. Sem dúvida, essas abordagens representam um "turning point" na saúde mental e física do paciente.
É comum ter medo do desconhecido, porém não é importante você saber a função desse sentimento. O medo tem como função nos proteger, porém como qualquer outro sentimento, pode funcionar de forma desregulada. O ideal seria você buscar respostas e entender o que esse sentimento significou para você ao longo da sua vida. Se esse sentimento está te paralisando em algum sentido te indico iniciar a psicoterapia?
Olá, o medo até certo ponto nos protege, nos dá a noção do perigo. Mas é importante uma avaliação psicológica.
Olá!
O medo é um sentimento importante que faz parte do ser e que nos protege do perigo. É natural sentirmos medo do desconhecido, de situações que nos coloca em perigo. No caso o medo de espíritos, fantasmas e etc, vai depender das crenças internalizadas de cada pessoa. O mais importante é avaliar o quanto esse medo que você relata lhe causa sofrimento psíquico e também lhe impede de exercer suas atividades. Caso isso ocorra será preciso desenvolver estratégias de enfrentamento desse medo.
Olá, é importante salientar que "medo de ver" é diferente de "ver e ter medo". Algumas coisas podem estar associadas como sugestões e crenças. Por isso é importante uma avaliação mais detalhada. Verificar se trata de um tipo de medo, fobia específica, se tem associação com traumas, se apresenta quadros de persecutoriedade, se tem ligação com crenças religiosas ou de espiritualidade....como pode notar, tem muitos aspectos a serem considerados. O medo do "desconhecido" pode ser o que mais incomoda e se isso for realmente um processo que afeta sua qualidade de vida, procure por ajuda profissional. Espero ter ajudado.
Olá! Sim é normal sentir medo do que não conhecemos. O medo tem a função de nos proteger do perigo é preciso saber se este medo está de forma desequilibrada de maneira que paralize a sua vida. Sugiro buscar ajuda.
Olá, se a pessoa não estiver sob efeito de medicação que possa causar delírios, se não tiver sob efeito de substâncias (drogas) e nem estiver em surto, essa questão vai ser baseada na crença da pessoa e será algo totalmente pessoal e nada de anormal.
Abraço.
Olá, o medo é uma emoção básica que trazemos até como uma defesa. O ideal seria procurar ajuda especializada para entender o que está acontecendo e assim poder lidar com isso de uma melhor maneira para você, um psicólogo. Procure ajuda e cuide-se. Abraço.
Tentarei acrescentar algo ao que foi dito. Muitos medos decorrem do excesso de ansiedade que, num nivel mais alto, se transforma em angústia. Há uma alteração no sistema sensação-percepção. Passamos a ter mais sensibilidade auditiva e olfativa. Nossa visão alterada começa a ter impressões confusas, ainda mais em ambientes escuros. As coisas antes familiares tomam formas estranhas e ficamos inquietos, o que aumenta a ansiedade e a angústia. É nessa hora que podem ressurgir medos infantis, nossos e da humanidade, pois o medo do sobrenatural e de espíritos vem dessas fases pouco desenvolvidas do sujeito e da civilização. Esta é uma hipótese, tratar-se de medo gerado pela angústia. Como mostra a Psicanálise, a angústia é o afeto primário e muitos transtornos surgem como modo de defesa contra a angústia. A fobia, por exemplo, é um dos modos de evitar a angústia. Qual angústia? A de castração, que é universal, afeta homens e mulheres e não se trata do medo do corte de um órgão, mas sim dos limites a nós impostos pelas regras da convivência em civilização, os múltiplos NÃOS que a vida diariamente nos obriga a aceitar, o preço que pagamos por nos incluirmos na vida em sociedade. Observe como muitos de nós não admitem pagar esse preço e se vêem tomados pelos excessos de violência, de drogas, de qualquer coisa que dê a eles a ilusão de que são muito mais do que realmente são (mais felizes, mais poderosos, mais extrovertidos, etc).
Sim, isso pode ser normal . O medo é uma forma de defesa do ser humano.

Especialistas

Rafaella Fernandes

Rafaella Fernandes

Psicólogo

Natal

Delcir Rodrigues Pêgo

Delcir Rodrigues Pêgo

Psicólogo, Psicanalista

Montes Claros

Renata Camargo

Renata Camargo

Psicólogo

Camaquã

Luis Falivene Roberto Alves

Luis Falivene Roberto Alves

Psiquiatra

Campinas

Ana Larissa Marques Perissini

Ana Larissa Marques Perissini

Psicólogo, Sexólogo

São José do Rio Preto

Tiago Lenz De Brum

Tiago Lenz De Brum

Psiquiatra

Concórdia

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 174 perguntas sobre Transtorno da ansiedade
  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.
  • Por uma questão de saúde, quantidades e doses de medicamentos não serão publicadas.

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.


Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.