Olá! Eu estou sentindo que preciso de um psicólogo para conversar, mas não sei qual linha devo segui

21 respostas
Olá! Eu estou sentindo que preciso de um psicólogo para conversar, mas não sei qual linha devo seguir (nem sei se faz diferença no meu caso). Tenho 33 anos e há alguns anos notei que tenho algo parecido com algum tipo de hiperfoco em relacionamentos (de amizade) seguido de isolamento social intenso. Sinto como se fosse uma montanha, em que eu começo conhecendo uma pessoa (como amiga) bem aos poucos, e aí eu chego num pico altissimo em que só quero falar com ela, que pode durar meses, e depois tenho uma queda vertiginosa em que sempre termino me afastando dessa pessoa por completo, ignoro suas mensagens e não respondo mais. Notei que isso tem me afetado muito, mas não sei como nem por onde começar a resolver. Alguém para me dar uma luz? Estou em sofrimento e gostaria de encontrar ajuda.
Olá!
Psicanálise seria uma boa escolha para entender o que te levou a agir assim, entender melhor o contexto em que você foi criada, como foi que você aprendeu sobre relacionamentos, sobre confiança.
Entendendo como começou é possível evitar com que isso aconteça novamente.
Fico à disposição. Caso queira conversar sobre isso, é só marcar um horário.

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Olá. Acredito que fazer uma psicanálise seria muito interessante para você. Primeiro: você diz que precisa conversar! A única coisa que você precisa para iniciar uma é querer falar disso que te faz sofrer. E mais do que isso, você já localiza um modo de estar nas relações que estão lhe fazendo se questionar. Indico um psicanalista lacaniano. Abraço.
A psicanálise pode lhe ajudar a compreender melhor esse comportamento, onde iniciou, qual a causa...
Entender porque hoje você age dessa forma nas relações e vai repetindo isso nada ssaudavel na sua vida. Compreender esse processo pode ajuda-la a não repetir os mesmo erros.

Fico à disposição.
@maristelasilva.psicologa
Olá, tudo bem?
Uma pessoa com psicopatia, tem tendência a apresentar falta de empatia emocional, dificuldade em entender e compartilhar emoções. No entanto, isso não significa que todos que apresentam psicopatia sejam completamente incapazes de sentir empatia. As habilidades empáticas podem variar significativamente de uma pessoa para outra.
Fico à disposição...
Ao ler seu relato, ficou claro para mim que você ja começou o processo de auto analise. Tambem ficocu claro, que existe um padrão na sua forma de amar e que ele se repete e se repete. A angustia parece estar relacionada aos sentimentos que ficam em você quando suas emoções parecem se esgotar.Tem muito conteudo ai para ser trabalhado . A psicanalise propoe a cura pela palrava, ela em um processo terapeutico pode te levar a lugares que jamis imaginou e mai, pode o ajudar até o lugar onde não precise mais desses sintomas todos.
Olá, a psicanálise vai te ajudar. Precisa descobrir em que ponto da sua vida você sofreu decepção com quem amava ou ama, que faz você querer se afastar quando se percebe em um envolvimento emocional mais intenso com alguém.
Isso está me parecendo um gatilho emocional contra uma possível decepção.
Olá, bom dia! Pela forma que escreveu, percebo que está angustiado e que há muitas coisas a serem ditas. Você próprio já parece ter constatado que há uma repetição em sua vida, sobre a qual você está se perguntando. Por que será que isso acontece? De onde isso vem? A que este sintoma está servindo? A psicoterapia/análise será um importante espaço para que você possa investigar e elaborar melhor tais questões. Espero ter ajudado, fico à disposição.
Sinto muito que esteja se sentindo assim. Porém, o fato de identificar seus sentimentos, desconfortos e sofrimentos já é o início para que possa descobrir o que está por trás desses sintomas. A psicoterapia psicanalítica é bastante indicada no seu caso. Conte comigo. @lysipsicologa
Olá? Como vc se sente agora? Lamento pelo seu sofrimento. O seu relato é muito interessante porque vc já começou a olhar pra dentro, já deu o primeiro passo no caminho do autoconhecimento ao sentir que esse comportamento é uma repetição de padrão. Vc relatou que tem te afetado muito, se afeta é porque tem afeto, emoções que precisam ser elaboradas através de um falar livre e de uma escuta amorosa e sem julgamentos.
Sou a Cíntia Garcia, Psicanalista, e me coloco à disposição para continuar conversando acerca das suas dúvidas. Te convido a conhecer o meu trabalho através do @terapeutanaestrada.
Um abraço carinhoso.
Olá! Sinto muito que você está passando

Com base no que você relatou, pode ser útil procurar um psicólogo que trabalha com abordagem psicanalítica.

Espero que isso ajude! Lembre-se de que é normal pedir ajuda quando precisamos e existem profissionais disponíveis para ajudá-lo a superar esses desafios.
Olá! É muito positivo que já compreenda a importância de procurar ajuda especializada da área para entender melhor todo o contexto do que lhe traz angústia. E, nesse sentido, o profissional mais adequado será aquele com que você possa estabelecer um verdadeiro vínculo de confiança – independente da abordagem. Em paralelo, perceber intuitivamente as repetições que ressurgem em sua história amplia o seu autoconhecimento e auxilia imensamente no processo de transformação. Portanto, a busca por um psicólogo que possa te conduzir no aprofundamento dessas questões de proximidade/ afastamento, como também de fusão/desamparo, pode auxiliar ainda mais na diminuição do seu sofrimento. Você não precisa passar por isso sozinho!
Olá! O teu relato mostra que tu identificas o que se repete mas não sabes como mudar a situação que te traz sofrimento. Muito provavelmente também a quem tu deixa de se relacionar sem se despedir. A psicanálise busca contribuir a partir das situações específicas, ou seja, não há uma proposta de solução para todos os casos. O trabalho vai em direção à contribuir que o paciente desvende suas motivações inconscientes e faça uma desacomodação do seu funcionamento repetitivo. Não é algo pronto, nem instantâneo. Mas cada processo se dá de forma singular, muito a medida que se possa confiar neste trabalho! Faço votos que possas investir, apostar, que vale a pena experimentar a psicanálise!
Te convidamos para uma consulta: Psicanálise - R$ 140
Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.
Olá! Sobre a linha que você deve seguir.. cada profissional vai puxar sardinha para o lado da teoria que escolheu trabalhar, e isso pode te deixar confuso. Conheço profissionais excelentes das várias abordagens (TCC, Psicanálise, Existencial, Esquizoanálise). O melhor é você tentar, e se não estiver tendo resultados, mude de profissional, pois existem ferramentas para o problema que você relatou. Abraços!
Muitos padrões que adotamos nos nossos relacionamentos são desenvolvidos com base nas relações que vivenciamos na nossa primeira infância. A Psicanálise tem como objetivo te ajudar em um processo de autoconhecimento, trazendo para a consciência os padrões que acabamos seguindo inconscientemente. Iniciar um processo terapêutico psicanalítico irá te ajudar a compreender esse padrão, te trazendo a oportunidade de re-significar a forma como você experiencia suas relações.
Te convidamos para uma consulta: Avaliação terapêutica
Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.
Parece que você está passando por um período desafiador em seus relacionamentos, e isso é algo com que podemos trabalhar juntos. Primeiramente, quero que saiba que é totalmente normal enfrentar dificuldades em nossos relacionamentos e procurar ajuda é um passo significativo na direção do autocuidado e do crescimento pessoal. O que você descreve, esse padrão de hiperfoco seguido de isolamento social, pode ser muito angustiante. Em nossa jornada juntos, vamos explorar suas experiências e emoções de maneira gentil e compreensiva. Entender o porquê desse ciclo está acontecendo é um passo importante. Juntos, exploraremos suas experiências passadas, crenças sobre relacionamentos, medos e anseios. Isso nos permitirá descobrir o que está por trás dessas oscilações extremas de aproximação e afastamento. Nossa terapia se concentrará em ajudá-lo a desenvolver habilidades emocionais e sociais saudáveis, bem como a lidar com as emoções que surgem durante esses momentos de hiperfoco e queda. Vamos trabalhar em estratégias para uma comunicação mais eficaz, estabelecimento de limites saudáveis e construção de relacionamentos mais estáveis e satisfatórios. Lembre-se de que a terapia é um processo contínuo, e estou aqui para apoiá-lo em sua jornada de autodescoberta e crescimento. Você não está sozinho nessa. Estou aqui para ouvir e apoiá-lo da melhor maneira possível. Se você tiver alguma dúvida ou quiser compartilhar mais, fique à vontade.
Te convidamos para uma consulta: Consulta em psicanálise online - R$ 230
Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.
Olá. Creio que a psicanálise seria muito construtiva para você. Voce ira se entender melhor e mais do que isso, você irá localizar melhor seus sofrimentos e o modo como estar nas relações. Estu a disposição.
Oi! Cada profissional irá puxar a brasa pra sua sardinha, não é verdade? Eu trabalho com a psicanálise que vai tentar entender os processos inconscientes que estão por trás de seus comportamentos e seus sentimentos. Porém, em qualquer linha que vc escolha, deve criar um bom vínculo com o profissional para que o trabalho caminhe a contento. Boa sorte!
Bom dia!!!

o primeiro passo você já deu, eu indicaria a psicanálise que trata da raiz do problema, no inconsciente que te leva a ter tais comportamento.

Marque uma consulta o quanto antes, ficará tudo bem!!
Boa noite! Vejo que você está sofrendo bastante, pois a sua instabilidade emocional faz sentir que está num barco à deriva, em que você tem pouco ou nenhum controle. Não é justo continuar nessa viagem imprevisível, em que todos seus esforços acabam indo por água abaixo. Você precisa aprender a navegar e, assim, fazer viagens prazerosas, emocionalmente inteligentes, bem acompanhadas, sempre proveitosas porque nelas você vai exercitando seus dons, seus talentos e sua capacidade inata de ser feliz. Afinal, nascemos para ser felizes, e qualquer rumo diferente desse precisa ser corrigido, para que a gente chegue lá! Um abraço e lembre-se de que a distância de um braço apenas da ajuda é uma distância boa para alcançar essa ajuda rapidinho!
Te convidamos para uma consulta: Teleconsulta - R$ 200
Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.
Olá, pelo que entendi começou por volta dos 30 anos, não era assim antes? mudou algo na sua vida? Um psicólogo vai te ajudar independente da abordagem dele, o principal é que você se sinta bem na consulta, confiança e o que ele te diz faz sentido, boa sorte!
Na perspectiva da psicanálise, os padrões de comportamento e relacionamento que você descreveu podem ser interpretados como manifestações de conflitos internos e dinâmicas inconscientes que influenciam sua vida emocional e social.

O ciclo de hiperfoco seguido de isolamento social intenso pode refletir um padrão repetitivo de busca por proximidade emocional seguido de uma retração defensiva. Essa oscilação entre intensa conexão e completa distância pode ser uma manifestação dos conflitos internos relacionados ao medo da intimidade, vulnerabilidade emocional e possíveis traumas passados.

Na abordagem psicanalítica, o terapeuta exploraria as origens desses padrões comportamentais em sua história de vida, investigando eventos e relacionamentos significativos que podem ter contribuído para o desenvolvimento desses padrões. Isso pode incluir a exploração de experiências infantis, relacionamentos parentais, traumas emocionais e experiências interpessoais significativas ao longo do tempo.

Além disso, na perspectiva psicanalítica, o terapeuta estaria interessado em entender os mecanismos de defesa que você utiliza para lidar com os sentimentos de vulnerabilidade e ansiedade associados à proximidade emocional. Esses mecanismos de defesa podem incluir a projeção de sentimentos negativos nos outros, a negação de necessidades emocionais ou o isolamento como forma de evitar o risco percebido de rejeição ou abandono.

Ao longo do processo terapêutico, o objetivo seria trazer à consciência os padrões inconscientes de comportamento e relacionamento, promovendo insight e autoconhecimento. Isso permitiria que você desenvolvesse uma maior compreensão de si mesmo, de seus relacionamentos e dos motivos subjacentes aos seus padrões comportamentais.

Com o apoio do terapeuta, você seria encorajado a explorar formas mais saudáveis e adaptativas de lidar com os desafios emocionais e relacionais, desenvolvendo habilidades para estabelecer e manter conexões interpessoais mais satisfatórias e gratificantes.

Em resumo, na perspectiva psicanalítica, seus padrões de hiperfoco e isolamento social podem ser vistos como expressões complexas de conflitos internos e dinâmicas inconscientes, que podem ser exploradas e compreendidas através do processo terapêutico para promover o crescimento pessoal e emocional.

Especialistas

Luar Violeta Perez

Luar Violeta Perez

Psicólogo, Psicanalista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Natalia Ventura

Natalia Ventura

Psicólogo

Cachoeirinha

Biancha da Silva Souza Carvalho

Biancha da Silva Souza Carvalho

Psicólogo

São Paulo

Renata Camargo

Renata Camargo

Psicólogo

Camaquã

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 92 perguntas sobre Psicoterapia
  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.
  • Por uma questão de saúde, quantidades e doses de medicamentos não serão publicadas.

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.


Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.