Tenho 30 anos, e pelo que pesquisei, tenho um problema que se encaixa perfeitamente em um "transtorno
9 respostas
Tenho 30 anos, e pelo que pesquisei, tenho um problema que se encaixa perfeitamente em um "transtorno alimentar seletivo". Gostaria de saber se consigo tratar isso, especificamente, com PSIQUIATRA, NUTRÓLOGO E/OU ENDOCRINOLOGISTA, pois são os únicos especialistas que meu plano de saúde dispõe.
Acho importante primeiramente vc buscar um psicólogo (a) especialista em Transtorno Alimentar e um Psiquiatra que tb tenha uma especialização nesta área . Depois de ter uma avaliação de ambos, passamos para o segundo passo a Nutrição .

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Procure inicialmente um psicólogo, ele saberá te encaminhar para os demais profissionais. A psicoterapia te ajudará tanto quanto qualquer medicação.
Um trabalho multidisciplinar é a melhor opção para o seu caso.

Acredito que deve buscar ajuda com os profissionais citados acima, porém não deve descartar a ajuda de um psicólogo, pois é importante analisar os aspectos emocionais que podem ter alguma relação com transtorno alimentar. Cabe o profissional avaliar e orientar a necessidade do tratamento e o melhor caminho a seguir para solução da queixa em questão.

Fico a disposição,
Abraços,

É importante ressaltar que este é um caso que requer uma equipe de profissionais, onde um não substituirá o outro.
Sendo assim, procure psicólogo, nutricionista e um psiquiatra.
A ANS garante ao segurado de plano de saúde ao menos 12 sessões de psicoterapia anuais.
Verifique com a sua operadora, pois a maioria está de acordo com a lei.

Olá. Acredito que o primeiro passo que você deve seguir é consultar um especialista, que após uma investigação poderá indicar possíveis caminhos. Caso o diagnóstico seja confirmado, voce necessitará de psicólogo, nutricionista. Espero ter ajudado.

Tente um psicólogo com orientação psicanalítica. Eu apontaria o fato de você tentar se encaixar em um grupo de sintomas tentando dar uma resposta sobre o seu psiquismo como um passo importante para entrar em uma terapia. Nós não conseguimos analisar nossos sintomas com profundidade e objetividade, por isso o olhar de um outro é necessário. Sua questão pode não ser essa do transtorno seletivo de alimentação. Esse tipo de diagnóstico é inóquo e só nos favorece uma attitude de justificar nossos atos com uma sigla. Só a terapia pode te ajudar a encontrar os motivos, momentos e situações onde vc dispara esse gatilho e possibilitar saídas. Boa sorte!

Para esse tipo de transtorno é indicado um trabalho multidisciplinar com nutricionista, psicólogo e o psiquiatra. Espero ter ajudado.

Primeiro acho que você deve procurar um psicologo, Por se tratar de um acompanhamento multidisciplinar, com certeza você será encaminhada para um psiquiatra e nutricionista para complementar o tratamento. abs

Se são somente esses profissionais, busque um deles e veja como te orientam.

content.item_itemType.experts.B3.specialists

Livia Peretti Duarte

Livia Peretti Duarte

Psicólogo

São Paulo

Idalina Vinuto

Idalina Vinuto

Psicólogo

Fortaleza

Eduardo Teixeira Martins de Oliveira

Eduardo Teixeira Martins de Oliveira

Psiquiatra

São Paulo

Karina Zanini Marques da Silva

Karina Zanini Marques da Silva

Psicanalista, Psicólogo

Marília

Thamires Oliveira

Thamires Oliveira

Psicólogo

São Paulo

Marianna Eccard

Marianna Eccard

Psicólogo

Niterói

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 5 perguntas sobre Transtornos Da Alimentação

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.