Tenho tido crises de ansiedade e compulsão alimentar. Procurei um endocrinologista e ela me receitou Bupropiona 75mg com Naltrexona 3 mg. As 8 e as 16h. Estou tomando a 3 dias e até agora não surtiu nenhum efeito. Contínuo com ansiedade e compulsão. Sera que o remédio nao funcionou?
Dra. Ajurymar Santos
Dra. Ajurymar Santos
Psicólogo, Terapeuta complementar
Feira de Santana
Olá! É importante vc reavaliar o medicamento com seu médico, mas a psicoterapia será um movimento muito importante nesse processo. A Compulsão está vinculada tb com dificuldades em lidar com as emoções, conflitos e traumas. Abraço

 Magali Carmelo
Magali Carmelo
Psicólogo
Santo André, SP
Temos que pensar em duas coisas de formas distintas, a crise de ansiedade aparece como uma expectativa de viver o futuro. Já a compulsão alimentar aparece como forma de suprir alguma coisa que você quer dar conta e não está conseguindo. Pois bem, agora podemos falar das duas coisas juntas, se juntarmos essa ansiedade que você está sentindo mais a compulsão, a probabilidade de gerar um terceiro problema para sua saúde é grande. Nesses casos, o que é mais indicado é que você procure um psicólogo e comece a fazer uma terapia. Durante o tratamento você terá oportunidade de trabalhar as questões que te aflinge e diminuir naturalmente tanto a ansiedade quanto a compulsão. Não se esqueça: Mente sã, corpo são. Espero ter ajudado. Um forte abraço.

 Adriana Santos
Adriana Santos
Psicanalista, Psicólogo
Osasco
Vale ressaltar que a medição vem para amenizar o sintoma e não ajustar a causa . Para isso, importante que faça um acompanhamento terapêutico para controlar e entender melhor a causa dessas ações. O trabalho em conjunto remédio e terapia pode auxiliar. Agora a medição sozinha não fará essa ação.

Bom dia. Concordo com os colegas, o medicamento e tratamento multidisciplinar é importante e precisa ser aliado a terapia, precisa tratar o emocional para conseguir uma melhora significante. Fique bem

 Paulo Renato Oliveira
Paulo Renato Oliveira
Psicanalista, Psicólogo
Rio de Janeiro
Primeiramente, acho complicado o uso de medicamentos como a Bupopriona sem acompanhamento psiquiátrico. O BUP tem muitos efeitos colaterais, como tremores, taquicardia, aumento de ansiedade, etc. Três dias é muito pouco para que os efeitos se materializarem. E ansiedade acompanhada de compulsão alimentar é um quadro tipicamente de ordem psíquica, sendo indicado o acompanhamento psicológico (exceto no caso de exames feitos pelo endocrinologista terem indicado desequilíbrios orgânicos). Procure um Psicólogo Clínico e inicie um tratamento.

Quando a medicamentos não posso te orientar, mas gostaria que compreendesse que a compulsão alimentar e a ansiedade estão além de uso de medicamentos, elas devem e precisam ser tratadas com o psicólogo.
Os medicamentos são aliados, mas o tratamento e a cura é com terapia!

Olá!
A compulsão alimentar é de ordem psicológica, que afeta como sintoma o corpo e o metabolismo. Assim como a ansiedade. Ambas, principalmente juntas, dificultam o processo de manutenção de peso ou emagrecimento. Mas o tratamento deve ser concomitante com psicólogo, nutricionista, endocrinologista e atividades físicas. O endocrino auxilia com a parte de medicações, o nutricionista com a orientação alimentar (que faz muita diferença) e o psicólogo faz um trabalho que ajudará a vencer a compulsão. Compulsão é um fator emocional que pode ser de diversas ordens, como bebida, comida, drogas, sexo, entre outras. No caso da compulsão alimentar é difícil perceber, pois não lida com nada ilícito. Mas é bastante sofrido, pois é algo muito acessível. Sugiro que procure um psicólogo da sua confiança e comece a se cuidar emocionalmente, pois o corpo é um só e todas as áreas se interligam! Boa sorte!

 Cleide Marchiotti
Cleide Marchiotti
Psicólogo, Psicanalista
Maringá
Olá! Necessário o acompanhamento com Psiquiatra, quando se toma medicamentos dessa natureza. Mas, para além disso, importantíssimo também a Psicoterapia, análise. A ansiedade e a compulsão são somente pano de fundo, ou seja, sintomas! O que subjaz? Procure um profissional da psicologia.

Especialistas em Compulsão alimentar

Irenita Rodrigues Amorim

Irenita Rodrigues Amorim

Psicólogo

Ribeirão Preto

Norma Suely Bezerra

Norma Suely Bezerra

Psicólogo

Nova Iguaçu

Ana Carla Teodoro Olimpio

Ana Carla Teodoro Olimpio

Psicólogo, Sexólogo

Goiânia

Bruna Ludovici Miranda

Bruna Ludovici Miranda

Nutricionista

São Paulo

Camila Gonçalves de Azevedo

Camila Gonçalves de Azevedo

Psicólogo

Cacoal

Letícia De Souza

Letícia De Souza

Psicólogo

Florianópolis

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 24 perguntas sobre Compulsão alimentar

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.