Quais as consequências de um abuso psicológico?
E quais os traumas podem ocorrer?
Boa Noite, o abuso psicológico pode causar tanto ou mais traumas e danos ao emocional, quanto a violência física ou tortura e pode causar ansiedade, depressão crônica, distúrbios no sono e na alimentação, além da somatização de doenças.ou transtorno de estresse pós-traumático. É muito importante que a pessoa busque uma ajuda psicológica e, principalmente quem estiver por perto, deve dar o apoio na busca dessa ajuda, pois muitas vezes o dano é tanto, que a pessoa se vê sem energia para procurar ajuda de um profissional ou até mesmo de amigos e familiares.

Olá! As consequência de um abuso psicológico dependerá da fase em que este ocorreu. Se for na infância e praticado pelos pais pode provocar atraso no desenvolvimento, timidez, birras, medo/insegurança, pesadelos, mau comportamento, expressar que não ama os pais.
O bullying inicia como abuso psicológico e pode se tornar violência física.
Se acontecer na fase adulta a pessoa pode ficar com a autoestima baixa e em qualquer idade pode gerar depressão.
Caso tenha sofrido o abuso se observe e não hesite em buscar ajuda. Sou especialista em Saúde Mental e fico à disposição.

Bom dia! O abuso psicológico pode gerar diversos traumas e impactar a vida da pessoas em qualquer âmbito da vida, seja profissional, pessoal , relações gerando prejuízos. Se vc ou alguém q conhece passa por tal situação busque ajuda psicólogica o quanto antes.

 Cintia Silva Queiroga
Cintia Silva Queiroga
Psicólogo
São Paulo
Olá, como vai?
As consequências de um abuso psicológico podem variar de acordo com a história e singularidade de cada paciência. Alguns podem passar intactos por essa experiência, já outros podem surtir efeitos reparáveis apenas por análise. Se há dúvidas a respeito dos seus efeitos, é porque há questões para serem trabalhadas. Busque um profissional em que você possa dar sentido para esses fenômenos que o fazem questionar sobre seus sintomas.

Boa tarde, um abuso em geral pode fazer um estrago grande na vida das pessoas, muito depende da idade no qual ocorreu, quem praticou o abuso, como a pessoa que sofreu o abuso é acolhida,compreendida etc A psicoterapia é o caminho mais adequado para ajudar a pessoa que foi vitima; Os danos que podem ocorrer são vários, muito depende do tipo de abuso, se físico ou psíquico , afetivo etc, a pessoa pode se tornar introspectiva ao estremo ou extrovertida ao estremo. pode se auto lesionar como ter reações mais agressivas, precisa conhecer mais sobre o caso para poder hipotetizar possíveis consequências, O caminho mais adequado como já falei é a psicoterapia porque vai ajudar a perceber melhor as causas e as consequências emocionais provocadas na pessoa,

Dra. Geane Sena
Dra. Geane Sena
Psicólogo
Salvador
Olá certas palavras machuca mais que uma agressão fisica. O abuso psicológico pode causar tanto ou mais traumas e danos ao emocional, quanto a violência física ,pode causar várias transtornos como : ansiedade, depressão distúrbios na alimentação, compulsão além da somatização de doenças.ou transtorno de estresse pós-traumático. É muito importante que a pessoa busque uma ajuda psicológica .Fazer psicoterapia vai ajudar bastante .

Como mencionado pelos colegas acima, sugiro que se busque um profissional de psicologia no caso de suspeita de alguma forma de abuso.

Os problemas decorrentes de algum tipo de abuso dependem da história do paciente, da sua idade, da cultura na qual está inserido e do tipo de abuso sofrido.

Para uma resposta mais completa seriam necessários mais dados do caso.

Diversas são as consequências de um abuso psicológico, traumas, ansiedade, depressão, dentre outros, o que depende do tipo de abuso e de como o abusado enxerga a situação.
Um psicólogo consegue interpretar melhor a consequência, bem como a origem, além de realizar um trabalho para que a consequência diminua, ou, até mesmo, deixe de ser desconfortável.
Convidamo-lo para uma consulta: - R$ 120
Pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão Reservar uma consulta.

Olá!
Não é possível prever quais consequências de um abuso Psicológico sem saber as condições do evento.. o termo é muito amplo e as consequências e traumas podem ser devastadores.
A parte boa é que com a Psicoterapia pode ajudar a passar por isso, a aprender a manejar possíveis gatilhos e entender as pontos primordiais para lidar com a vida pós abuso.

Fazer um acompanhamento é essencial para o bem estar, nestes casos.. procure um psicologo na sua região, tenho certeza que ele poderá ajudar!


Alguns colegas já disseram alguns exemplos de consequências, que são inúmeros. O grau do sofrimento e trauma variam muito também da forma como você lida com a situação. É sempre importante procurar ajuda e não guardar pra dentro de si a angústia ou outro sentimento derivado do abuso,diminuindo assim as sequelas dele trauma. Bom sorte!!!

 Cleide Marchiotti
Cleide Marchiotti
Psicólogo, Psicanalista
Maringá
Olá! Pode gerar consequências graves dependendo da idade em que se sofre esse abuso. Se for criança, muito pior. Procurar por ajuda psicológica é a melhor atitude que se pode tomar, tanto mais cedo melhor. Procure por um profissional da psicanálise e ou psicologia, para ajudar a pessoa abusada.


Violência psicológica é um tipo de agressão que, em vez de machucar o corpo da vítima, traz danos a seu psíquico e emocional, fere o equilíbrio afetivo, a capacidade de tomar decisões e o estado de bem-estar necessário que para que o indivíduo possa viver com dignidade.

Olá...
As consequências de um abuso pode gerar diversos sintomas, mas isto depende de como cada abusado sente.
O sentir é diferente para todos, ou seja, alguém pode sofrer a mesma violência e se comportar de forma diferente frente ao abuso.
Depende de como o individuo interpreta o evento.
Os sintomas é diferente para cada individuo.
O ideal é buscar um acompanhamento psicológico, e se a dúvida é para ajudar alguém, oriente a procura de um psicólogo sempre ao perceber sofrimento.
Abraços!

Dra. Valeria Abatemarco
Dra. Valeria Abatemarco
Psicólogo, Psicanalista
São Paulo
O abuso psicológico, dependendo de qual é em que fase deixa sempre inúmeros traumas e problemas de desenvolvimento. Ansiedade, depressão, medo , fobias, todos são consequências de um abuso psicológico que deverá ser cuidadosamente tratado para que a vida da pessoa possa prosseguir. Sugiro terapia EMDR!

As consequências de um abuso psicológico são das mais diversas. Depende muito de caso para caso. É impossível generalizar mas, maioria das vezes, impacta negativamente a vida da pessoa que sofreu o abuso: pode gerar baixa autoestima, depressão, dificuldades de se relacionar socialmente, sentimento de culpa e humilhação, entre outros. Pode também não acarretar prejuízos a vítima... Mas para se saber isso só acompanhando o caso de perto. Procure um psicólogo de confiança e discuta com ele a situação que tem em mente.
Forte abraço!

Olá, certamente as consequências de um abuso psicológico são graves e irão depender de diversos fatores, como o período da vida da pessoa que sofre o abuso, sua capacidade emocional em lidar com a situação e em se defender dela, etc. O mais importante é que em casos de abuso psicológico, a vítima seja protegida e retirada do contato com a pessoa/ambiente abusivo e encaminhada o quanto antes para um acompanhamento psicológico, no qual poderá trabalhar os traumas sofridos com o intuito de amenizar os efeitos do mesmo. Att. Carolina

Vários! Não perca tempo, busque ajuda e orientação o quanto antes!

Olá. É impossível prever os traumas que vem de um abuso, seja ele qual for. Depende da capacidade do indivíduo de (re)significar e dar um sentido ao ocorrido. Mas tudo está na pessoa, então fale com ele. Sempre há uma orientação em Saúde Mental que você pode buscar.

Olá! Vamos pensar primeiro na palavra “abuso” que denota o seguinte significado em sua origem etimológica. A Palavra “abuso” é originada pela formação do prefixo latino “ab” (que se afasta) mais o sufixo usum (usual, comum). Portanto, é o que não é usual, o que se afasta do comum, do harmônico para você. Quando seu ambiente físico/psicológico é lesado, podemos pensar em várias situações a depender do grau que isso acontece, quando um evento ou período em que algo acontece contribui para o mal funcionamento psíquico e situações limitantes começam a acontecer em seguida. Quando, por causa disso, o comportamento bom, saudável ou, pelo menos, razoável está ameaçado. Há tratamento, visto que o abuso causa o bloqueio de diversas situações saudáveis da vida. A esta terapia, damos o nome de EMDR. Favor checar informações sobre a mesma nesta mesma página. Tudo de melhor!

Isso depende dos recursos psicológicos que a pessoa tem pra lidar com o abuso. Se for mais resiliente poderá se sobressair melhor. No entanto, numa pessoa com poucos recursos poderá levar a depressão intensa, como também ansiedades, fobias, diminuição da auto estima, paralisação diante aos enfrentamentos... ao certo que em ambos requer tratamento psicológico.

Olá!!!
Para não ser repetitiva, endosso o que já foi escrito, cada pessoa age de uma forma própria para a mesma experiência; algumas poderão ter reflexos muito negativos e outras simplesmente não serem atingidas negativamente. Ou seja, cada um tem seu jeito de encarar a vida.
Mas se há uma preocupação com a questão, deve haver fundamento.
Então, o melhor a fazer é procurar uma psicoterapia.
Boa sorte!

Como os colegas referiram acima, são muitos e variados prejuízos que sensibilizam a pessoa neste caso citado. Podem provocar também insegurança, raiva, revolta, indignação. É importante reagir, denunciar, defender-se de forma educativa. As reações do agredido se forem adequadas e de direito ao respeito, representam o primeiro passo para a superação do conflito.

Com certeza traz inúmeras consequências ao longo de sua vida. Não tenha medo de falar. É preciso colocar pra fora este sofrimento. Busque ajuda psicológica para o enfrentamento. Você está encarcerada e prisioneira deste abuso. Sugiro sua libertação, procure fazer psicoterapia para se libertar deste sofrimento do passado.

Olá! Qualquer tipo de abuso é danoso. Pode ter consequências na vida atual e/ou futura. Se for possível, sugira um acompanhamento psicológico para a vítima desse abuso. Boa sorte!

 Paulo Renato Oliveira
Paulo Renato Oliveira
Psicanalista, Psicólogo
Rio de Janeiro
O abuso psicológica pode ser tanto ou mais danoso do que o abuso físico pu sexual. Isso vai variar de pessoa para pessoa, pois cada um de nós tem um nível de resiliência bastante particular. Varia também com a proximidade da pessoa do abusador: quanto mais próximo (pais, cônjuges, parentes, amigos), eu creio que é maior a possibilidade de trauma. Caso seja essa a sua situação, avalie quais são os impactos que você percebe sobre seu corpo (dores e outras sensações que não existiam antes, torpor, exaustão, aumento ou redução de peso, taquicardia, respiração pesada, tremores, suores), sono (ausência ou excesso), sexualidade (redução do desejo, impotência ou frigidez), nível de ansiedade/angústia, etc. Se houver alteração significativa em pelo menos um desses fatores, procure um Psicólogo Clínico e inicie um tratamento sério que os resultados aparecerão no médio e longo prazos.

Especialistas em Transtorno Da Conduta

Suleima Biacchi Penz

Suleima Biacchi Penz

Psicólogo, Psicopedagogo

Porto Alegre

Neulandia Luiza da Costa

Neulandia Luiza da Costa

Psicólogo

Lagoa Santa

Júlia S. Gasperin

Júlia S. Gasperin

Psicólogo

Porto Alegre

Eduardo G. Moretti

Eduardo G. Moretti

Psicólogo

Campinas

Carolina Seidel

Carolina Seidel

Psicopedagogo

Avaré

Renata Camargo

Renata Camargo

Psicólogo

Camaquã

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 50 perguntas sobre Transtorno Da Conduta

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.