Ressonância Magnética em Belo Horizonte: clínicas y especialistas

Informações sobre Ressonância magnética em Belo Horizonte

  • Qual é o valor médio cobrado para fazer uma ressonância magnética em Belo Horizonte?

    Tanto em Belo Horizonte como em qualquer outra capital do país, o preço da ressonância magnética depende de diversos fatores, entre eles a localização do centro de diagnóstico escolhido, a qualidade e a modernidade dos aparelhos utilizados para o exame e ainda a região do corpo que será avaliada. É possível encontrar clínicas que realizam ressonância magnética em Belo Horizonte a preço popular, a partir de R$500,00. Ainda assim, uma média de valores para ressonância no crânio, joelho ou coluna lombar, por exemplo, é entre R$600,00 e R$800,00, podendo ser superior a R$1.000,00.

  • A ressonância magnética, ou RM, é um exame de diagnóstico por imagem capaz de exibir as estruturas internas dos órgãos do corpo com muita precisão, justificando seu valor relativamente alto.  Outro fator que torna a RM tão valorizada é a não utilização de radiação –  ao contrário do que acontece no raio-X. Os resultados são gerados a partir da interação de um grande ímã com o corpo, por meio de campos magnéticos e pulsos de radiofrequência. O nível de detalhamento e confiabilidade do exame permite que médicos de diversas especialidades identifiquem traumas, tumores, coágulos e doenças degenerativas diversas, como as neurológicas, abdominais, cardíacas, cervicais e ortopédicas.

  • Ossos, cartilagens e músculos podem ser analisados em uma ressonância magnética. O exame é frequentemente recomendado para diagnosticar, entre outras condições: câncer, esclerose múltipla, infartos, infecções no cérebro, nas articulações e na medula espinhal, lesões nos ombros, tendinite, fraturas, ligamentos no tornozelo, joelho e pulso e derrame em estágio inicial. Com o resultado em mãos, o médico especialista pode compreender a condição do paciente e direcionar o tratamento mais adequado. Sua realização costuma ser prescrita apenas quando há alguma suspeita, não havendo a necessidade de repetir o exame preventivamente. Ainda assim, vale pontuar que não existe um limite de vezes para se submeter ao procedimento, já que ele não utiliza radiação.

  • Como a ressonância produz um intenso campo magnético, orienta-se que não haja nenhum objeto metálico durante a realização do exame. Isso porque a atração entre o ímã e o metal pode causar incômodo ou mesmo lesões. Alguns exemplos de objetos que devem ser evitados são: aparelhos odontológicos, piercings, maquiagem definitiva e até tatuagens, já que algumas tintas contém ferro. Pacientes com marcapasso cardíaco, clipes metálicos de aneurisma cerebral, implantes eletrônicos e auditivo, neuro-estimuladores e próteses metálicas também não devem realizar o procedimento. No caso de pessoas com claustrofobia, alguns tipos de demência ou mesmo crianças, que têm dificuldade em se manterem imóveis, pode ser necessária a sedação, garantindo que a eficácia da ressonância magnética não seja comprometida.

  • Como o aparelho de ressonância magnética demanda um alto investimento de aquisição e manutenção, nem todas as cidades do Brasil têm variedade de clínicas ou centros de diagnóstico que realizam o exame. Felizmente, esse não é o caso de Belo Horizonte. Em uma busca rápida na Doctoralia, você encontra diversos estabelecimentos conceituados e confiáveis para a realização da RM tanto no centro, como nos principais bairros de BH.

  • Uma parcela significativa da população brasileira – segundo o IBGE, 28,5% – possui algum plano de saúde. Sendo assim, esses pacientes esperam utilizar o recurso não apenas para realizar consultas médicas, mas também para a realização de exames, como a ressonância magnética. Muitas clínicas de Belo Horizonte já aceitam a RM por convênio, mas é importante salientar que as operadoras precisam autorizar a transação antes de validar o pedido, o que pode levar até 5 dias. Portanto, em casos em que a ressonância magnética é urgente, leve em consideração esta particularidade dos convênios. Considere ainda fazer uma pesquisa detalhada na Doctoralia para facilitar sua busca pela opção particular mais barata na cidade.

  • Da mesma forma que você provavelmente pede comida por aplicativos de entrega, reserva passagens aéreas por websites e chama um táxi em poucos cliques pelo celular, também pode agendar sua ressonância magnética em Belo Horizonte, além de outros exames de imagem, pela internet. Basta acessar a Doctoralia, informar o procedimento de que você precisa e escolher a cidade (no caso, Belo Horizonte) para conferir uma lista com todas as opções disponíveis na plataforma. Entre as informações exibidas na busca estão a média de preço, endereço completo e, em muitos casos, a disponibilidade de horário mais próxima. Assim que escolher a clínica de sua preferência, é só selecionar o horário e preencher um breve cadastro para concluir o agendamento. Você também receberá um lembrete pelo WhatsApp para evitar que esqueça do compromisso e, após o atendimento, poderá compartilhar sua avaliação no perfil do centro médico. Dessa forma, sua opinião ajuda outros pacientes a tomarem a escolherem.

  • Sim, você pode agendar seus exames pela plataforma da Doctoralia sem pagar nada a mais por isso! O preço da RM é estabelecido pelos centros de diagnóstico e o pagamento é feito diretamente para eles. Como nossa plataforma não cobra nada para viabilizar a marcação online ao paciente, cabe a cada clínica estabelecer o seu valor para a submissão aos exames. Portanto, recomendamos que você visite os perfis de mais de uma instituição e verifique todas as informações relevantes antes de tomar qualquer decisão. Em caso de dúvidas mais específicas, é recomendado que você entre em contato direto com a instituição.

Static Map Image