Tenho 64 anos e moro sozinha numa cidade na qual eu acredito não gostar, não consigo fazer amizades , não me identifico aqui, mas preciso continuar porque sou concursada e largar tudo, ir embora para tentar outro emprego, na minha idade , é muito difícil.
Vivo infeliz, deprimida e muito ansiosa.
Percebi que amo outra cidade, a qual vou a cada quinze dias, penso não gostar desta cidade mas admito que se um de meus filhos aqui morasse eu ficara bem aqui.
Estou confusa, as vezes penso que o que quero é estar perto dos filhos de novo e fico inventando histórias...como lidar com isso?
 Cintia Silva Queiroga
Cintia Silva Queiroga
Psicólogo
São Paulo
Olá,
Depressão e ansiedade são sintomas que devem ser escutados por um Psicólogo ou Psicanalista. Sugiro que busque atendimento com um profissional que você tenha alguma transferência e que seja de uma instituição responsável com o trabalho terapêutico.
Mudanças, solidão e infelicidade são temas recorrentes daqueles que fazem terapia e ao serem escutados conseguem novas formas de lidar com tais situações.
Espero ter ajudado. Abraços!

Dra. Andrieli Freitas
Dra. Andrieli Freitas
Psicólogo
São Paulo
Boa tarde! Acredito que o trabalho terapêutico pode ser muito eficaz. Presencial seria ideal, mas como diz que não se identifica com a cidade e as pessoas, pode tentar ferramentas de atendimento online, que também são eficazes e podem ajudar muito. Independente do formato, um trabalho psicológico me parece uma boa solução pra lidar com essas questões.

 Margarida Marques
Margarida Marques
Psicólogo
Rio de Janeiro
A alegria, a motivação e tantos outros sentimentos que nos movem encontramos no interior do nosso ser. Se estivermos vem conosco tudo a nossa volta se transforma. O processo terapêutico nos ajuda no auto conhecimento e na transformação interior. Busque a terapia.prwsencial ou on line. Um grande abraço

Concordo com as respostas das colegas acima.
Estar sozinha em um local, não significa sentir-se sozinha, se vc mesma já percebeu que pode estar querendo ficar perto dos filhos, com certeza uma terapia ajudará a decidir qual a melhor solução para o seu caso! Boa sorte.

Dra. Amanda Barroso de Lima
Dra. Amanda Barroso de Lima
Psicólogo
Fortaleza
Olá! As sugestões que eu te daria, seriam para você buscar fazer atividades que goste, sair da rotina somente de obrigações, e aumentar as suas relações sociais. Além disso, é fundamental que você busque auxílio profissional (psicólogo). Na terapia, você pode aprender questões essenciais sobre si, ampliando seu autoconhecimento, o que facilita na hora de tomar decisões. Além disso, você pode aprender a desenvolver essas habilidades sociais. Abraço!

Toda mudança é dificil. Queremos sempre acertar nas nossas escolhas. Mas acredito que nada acontece por acaso, então tudo está certo. Você está precisando vivenciar esta situação agora. A vida nos da o que estamos precisando e não só o que queremos. Então a primeira coisa é aceitar a situação, você até poderia mudar a situação que seria ir embora daí, mas provavelmente pesando os prós e contras resolveu ficar, então aceite e se abra para as coisas novas, as escolhas sempre são nossas, escolha ser feliz... voce consegue .. e, lógico que um acompanhamento psicológico seria muito bom pra você clarear sua mente, se fortalecer

Você disse estar infeliz, deprimida e muito ansiosa, então já sabe que esta precisando de atenção e ajuda.
Enfrentamos muitas dúvidas e dificuldade em saber quando dar atenção aos sintomas depressivos e alterações de comportamento e quando procurar atendimento, pois tem sintomas que achamos que são recorrentes do nosso dia a dia, mas que precisam ser levados em consideração.
O tratamento indicado une a combinação de medicamentos antidepressivos, se seu Psiquiatra achar necessário. E também a abordagem de outros aspectos da sua vida, ai entra a Psicoterapia, focando em atividades prazerosas, reorganizar a rotina com exercícios físicos, alimentação saudável, retomada do convívio social, cultivar bons relacionamentos e atividades que estimulem a interação social, atividades voluntárias, cursos e ate mesmo viagens. Estimulando mais esse lado social, talvez consiga interagir mais com a cidade que mora, ate pode fazer uma escolha mais definitiva.
Espero ter ajudado!


Acredito que buscar um atendimento psicológico neste momento seja crucial para você entender melhor o que você está buscando na outra cidade que não encontra na sua. Tente marcar com um psicanalista. Abraços

 Tiago José
Tiago José
Psicólogo
Belo Horizonte
Olá! Ás vezes nos sentimos confusos em tomar decisões, o que pode nos trazer certo sofrimento. Procurar balizar as informações e as condições atuantes pode auxiliar na resolução do desafio. Conviver com insatisfação os longo do tempo pode desencadear no adoecimento humano, na ausência da qualidade de vida. Na medida do possível, ao se encontrar diante de uma questão delicada, acesse um profissional de saúde mental para orientação de um escolha mais autônoma.

Olá, às vezes a vida nos faz viver dilemas que nos deixam bastante confusos, não é mesmo? Pode ser frustrante ler isso, mas sua pergunta exigiria muita reflexão para poder te ajudar. Me chamou a atenção o fato de você não conseguir fazer amizades. Ter um ciclo social é muito importante para nossa saúde mental. Eu iria buscar entender quais as suas dificuldades nessa área. Essa dificuldade ocorre na outra cidade? Tb buscaria entender o que tem na outra cidade que faz você gostar. Ou seja, seria preciso entender sua vida de maneira global. Uma pequena sugestão seria você buscar realizar atividades que possa gostar e que possa fazer em grupo (andar de bicicleta, fazer aulas de danças, etc), foi isso pode te ajudar a criar uma rede social. Porém, essa é uma sugestão simplista, descontextualizada desde que não sei muito sobre você. Recomendo fazer psicoterapia. Nesse processo você poderá transformar essas angústias em elaborações para tornar sua vida melhor. Caso tenha interesse, é possível fazer presencial e online. Forte abraço!

Estar em uma cidade apenas por motivos de trabalho e longe dos familiares próximos pode ser uma experiência bem difícil. Talvez você não tenha imaginado a dificuldade que seria ficar longe delas, mesmo tendo escolhido ir para essa cidade. Há situações na vida que precisamos aprender a lidar, nem sempre há uma solução.

Concordo com meus colegas que o mais importante no momento seria procurar em fazer terapia presencial pois seria de muita ajuda para ansiedade e depressao

Dra. Célia Regina Simionato Basile
Dra. Célia Regina Simionato Basile
Psicólogo, Psicopedagogo
Cuiabá
Senhora, como meus colegas acima falaram, no seu caso o ideal é procurar um profissional da área da psicologia aí em sua cidade, ou realmente, se, tem amizades nesta outra cidade, hoje existe a possibilidade de fazer a online.
Mas não esqueça que na sua idade o emocional é diferente, é normal sentirmos mais medos, sentir- se mais solitário porque uma etapa da vida está concluída, o seu ninho ficou vazio
É importante para você procurar ajuda sim. Um abraço .

 Aline Carvalho Vidal de Assis
Aline Carvalho Vidal de Assis
Psicólogo
São Pedro Da Aldeia
Olá! A psicoterapia é uma ferramenta incrível que pode te ajudar a compreender e elaborar o que está acontecendo. Um psicólogo é um profissional capacitado para avaliar o seu caso e aplicar o tratamento adequado.

 Bianca Bordinhão
Bianca Bordinhão
Psicanalista, Psicólogo
Rio de Janeiro
Olá, diante do que você escreve, me parece que a questão central da sua infelicidade é a solidão. Você não afirma não gostar da cidade e sim que acredita não gostar. Diz da sua dificuldade em fazer amizades. Será que está dificuldade apareceu agora ou já é algo presente na sua vida e você talvez não tenha se dado conta? Buscar ajuda com um Psicólogo será de grande ajuda a você. Não para que tenha a resposta a este enigma que se apresenta na sua vida, mas sim, para fazer as perguntas feitas na terapia, possam te ajudar a pensar na melhor forma de lidar com isso e até mesmo decidir por algo que neste primeiro momento te parece impossível. Caso não queira fazer com alguém da sua cidade, a terapia on-line hoje é muito eficaz. Fique bem!

Muitas vezes, quando nos sentimos sozinhos, podemos ter interpretações erradas da realidade, e o que está a nossa volta fica desinteressante, sem graça. Seria interessante buscar ajuda profissional, pode ser presencial ou online, para refletir sobre o que está te deixando assim, rever suas expectativas e pensar alternativas para uma vida mais satisfatória. Cuide-se

 Tania Franck Garcia
Tania Franck Garcia
Psicólogo
Canoas
Boa noite!
Quem sabe se voce focar no que te faz bem, seja um começo. O que te deixa feliz? independente de onde estejas, o que voce gostaria de fazer, de realizar, metas sonhos ainda não alcançados...Como seus filhos estão sem voce? eles se viram sozinhos? e o seus filhos que te fazem falta? ou falta propósito de vida sinalizado em sua vida? por onde voce vai começar?

Dra. Vanessa Brandão
Dra. Vanessa Brandão
Psicólogo
Rio de Janeiro
Boa noite! Prezada, é difícil te orientar pelas poucas informações. Mas vou tentar! Há quanto tempo esta nesta cidade? Sempre teve dificuldades de se comunicar ou aconteceu somente na cidade que está no momento? Quanto tempo exerce sua profissão? Faço essas perguntas porque as vezes passar em concurso requer uma mudança de vida, e ocasiona vários enfrentamentos necessários. Sua insatisfação racional é o local de moradia, mas elas podem ter outras origens desde uma patologia real, ou apenas não conseguiu se sentir pertencente ao local de moradia, por não se adaptar. Para uma melhor avaliação precisa conversar com um psicólogo para saber o que está insatisfação e infelicidade podem representar na sua vida. Espero ter contribuído. Se cuida!

 Ely Nunes Machado
Ely Nunes Machado
Psicólogo
Curitiba
Olá!
Como é importante participar de um grupo social onde você consiga estabelecer um vínculo de amizade formando uma rede de apoio com o objetivo de compartilhar suas experiências, necessidades. Uma sugestão é buscar ajuda na psicoterapia e procurar um grupo social em que se identifica para formar novas amizades.

Bom, a vida as vezes nos coloca em situações difíceis! Pelo que a Sra relata a solidão tem lhe trazido muita ansiedade e tristeza. Eu sugiro, que em primeiro lugar procure a ajuda de um psicólogo para que possa entender melhor o que você quer e que também se permita ter mais prazer na sua vida. Não fique focada na cidade, mas no que de bom você pode fazer na sua vida. Talvez uma atividade física, fazer novos amigos, ir a eventos culturais e outros que tragam alegria e bons momentos. Espero ter contribuído!

Dra. Juerci de Oliveira Reis
Dra. Juerci de Oliveira Reis
Psicólogo, Terapeuta complementar, Psicanalista
Governador Valadares
A vida tem varias fases e a que você está vivendo era de se esperar que não fosse longe dos seus familiares e no entanto ao iniciar seu trabalho tudo era novo e deu para ir levando. Mas com o passar dos tempos se descobre que pode ser mais feliz se estiver perto de quem mais ama: família, especialmente filhos. Viver este processo sozinha às vezes é superado quando se tem amigos mas sem estes se torna mais difícil mesmo. Programe seu dia-a-dia de forma que te faça feliz incluindo atividades físicas e comunicando-se com mais pessoas à sua volta e com seus filhos à distância. Mas com certeza você está vivendo uma necessidade de proteção e com muita carência. Para começar, até você resolver a situação, busque uma terapia que já vai ter o encontro com a sua nova identidade e a superação.

 Valéria Medeiros Da Silva
Valéria Medeiros Da Silva
Psicólogo
São Bernardo do Campo
Vivênciar este momento será fundamental para você aprender a lidar com a situação, mas será indispensável o suporte de um profissional psicólogo (a), pois terá o amparo necessário para sua jornada é assim entenderá o real motivo de estar triste, será que realmente é a solidão ou o fato de estar longe dos familiares? Recomendo atividades, pois assim terá contato social e possíveis amizades e irá verificar se é somente solidão ou a tristeza está relacionada a sua escolha de ir para uma cidade desconhecida.

Olá é compreensivo que queira estar com seus filhos, e que esteja triste em não estar na cidade onde gostaria. Nem todo lugar é ruim de mais ou bom demais, o importante é a forma com a qual a se interage com ele. Pense na possibilidade de fazer alguma atividade que goste ou que tenha interesse ai na cidade que esta. Amadureça idéia de procurar um psicólogo para conseguir entender o que pode estar acontecendo. Espero ter ajudado.

Dra. Luciana Muszalska
Dra. Luciana Muszalska
Psicólogo
Ubatuba
Me parece que a questão seja aprender a lidar com as perdas.. se de um lado existe a perda da proximidade com os filhos, de outro existe a perda da posição que o trabalho proporcionem. Para que possamos ganhar, é necessário que aceitemos as perdas...
Lidar com o luto das perdas é o primeiro passo para a liberdade emocional!
Espero que consigas o quanto antes encontrar o seu caminho... mas pense que em tudo, há escolhas... e em todas elas há o que se ganhar e o que se perder. Faça as suas escolhas e seja feliz com ela! Afinal... essa foi a SUA escolha!
Um abraço!

Olá, quantos retornos meus colegas já ter deram! Espero sinceramente que tenham te ajudado. Cada um deles contribuiu com o que pode perceber em suas poucas linhas.
É muito importante que vc busque uma terapia. Só assim poderemos efetivamente entender o que o que vc está passando poder ajudar.
Você faz varios questionamentos inclusive sobre se realmente não gosta da cidade que mora ou se seria somente a solidão que está minando sua estrutura.
Marque uma consulta com um profissional da área. Veja se tem empatia por ela (e).
Qqr ajuda ou pergunta entre em contato por mensagem aqui mesmo pelo Doctoralia. Terei pra et em te orientar.

Um grande abraço.

Em muitos momentos na vida somos guiados por emoções e sentimentos que não nos damos conta da sua origem, do por quê eles ocorrem e de como estão relacionados com nossa história de vida. Entender como e por que essas emoções acontecem e se tornar consciente dos pensamentos que acompanham e provocam essas emoções, vai ajudá-la a compreender e gerenciar seus próprios conflitos. Para tanto, entrar em um processo de psicoterapia é uma forma efetiva de obter ajuda.

Prof. Aline De Coster
Prof. Aline De Coster
Psicólogo, Psicanalista
Rio de Janeiro
O trabalho do analista consiste em despertar aquilo que já existe dentro da pessoa. É a arte de despertar o sujeito para seu potencial criativo genuíno. A finalidade não é curar, e sim favorecer o crescimento interior por meio das dificuldades pessoais.
No decorrer do trabalho analítico há a proposição de que pelo falar, pelo escutar e pelo fazer criativo nos confrontamos com nós próprios. Pôr-se em processo analítico é possibilitar o existir permeável a outros saberes. É despertar para o próprio caminho de vida como processo natural com sentido, finalidade e objetivo; é a experiência interior.
A experiência interior se torna experiência de vida quando vivida com todas as suas implicações. A psicoterapia tem como objetivo auxiliar pessoas que sofrem ou estão com dificuldades na vida e não conseguem resolver sozinhas. Na terapia o analisando é convidado a, num espaço seguro e sigiloso, explorar seus afetos, pensamentos e fantasias que compõem o cenário de seu sofrimento.
O processo de psicoterapia junguiana possibilita que o analisando se familiarize com os sintomas que produz.
Atenciosamente.

 Maria Aparecida Prizão Saporiti
Maria Aparecida Prizão Saporiti
Psicólogo, Psicopedagogo
Londrina
Boa tarde! Concordo com os colegas de profissão. A psicoterapia irá ajudar vc a se encontrar na questão pessoal e profissional, são decisões difíceis de serem tomadas, se os filhos já estão criados é muito importante priorizar seus desejos e objetivos.Boa sorte.!

Especialistas em Psicoterapia

Teresa Cristina de Oliveira

Teresa Cristina de Oliveira

Psicanalista, Psicólogo

Goiânia

Agendar uma visita
Jane Holetz

Jane Holetz

Psicólogo

Blumenau

Agendar uma visita
Janaína Sampaio

Janaína Sampaio

Psicólogo, Sexólogo

Campinas

Agendar uma visita
Carolina Lessa

Carolina Lessa

Psicanalista, Psicólogo

São José dos Campos

Agendar uma visita
Natalia Becker

Natalia Becker

Psicólogo

Caxias Do Sul

Agendar uma visita

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 62 perguntas sobre Psicoterapia

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.