A mais de um ano, eu estava trabalhando e um cachorro deu um latido onde eu tomei um susto, as pesso
20 respostas
A mais de um ano, eu estava trabalhando e um cachorro deu um latido onde eu tomei um susto, as pessoas em volta começaram a me zoar e eu fiquei com muita vergonha...desde então, toda vez que está silencio e um cachorro começa a latir eu tomo um grande susto. Isso acontece também com trovões ou alguém espirrando alto do meu lado por exemplo...
É como se eu ficasse pensando: "vou tomar um susto, vou tomar um susto, vou tomar um susto" e como são coisas do dia a dia, como um latido de cachorro ou um trovão, obviamente acaba acontecendo e eu me assusto.

Seria possível fazer algum tratamento/técnica que desassocie essas situações com o susto ? Um psicologo ou psiquiatra poderia me ajudar ? Ou seria outra especialidade ?
Existem técnicas para isto, Como Hipnose, Programação Neurolinguística, Dessensibilização... Consulte um Psicólogo. Dá para recuperar sua qualidade de vida.

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Olá! Eu indico você a fazer uma sessão de psicoterapia para identificar melhor o porque deste episódio. Uma coisa que pode ser estar desencadeando essa ansiedade é o fato de você estar hiper-vigilante para não sentir o medo. Seria importante identificar se este é um caso isolado ou é um gatilho de situações já passadas.

Abraços.

Olá. Sugiro que você veja se a sensação de vergonha continua, e relate isso a um profissonal de Saúde Mental. Não vejo nada grave, com com certeza você não está feliz com isso. Então veja com eles o que pode ser feito. Abraços

O fato a ser olhado, é o sentimento que isto desencadeou em vc. Vergonha, insegurança, medo de se expor e ser criticada. Vc deve ter se conectado a algum fato do seu passado e que está insconsciente. Através da psicoterapia, é possivel olhar para seu processo, identificar o trauma, liberar os sentimentos oriundos do trauma, para q essa aflição seja liberada. Boa sorte.

Um psicologo ira te ajudar a lidar com isso e assim, melhorar a qualidade de vida

Sim, é possível desassociar os eventos do "susto" mas acho importante você compreender as raízes deste trauma, assim sendo aconselho você a procurar um psicológo da abordagem psicanálise.
Abraços!

Sim, um psicólogo pode te ajudar. Provavelmente, o evento de susto com o cachorro suscitou outras memórias inconscientes da sua infância que estão se repetindo a cada situação semelhante. Um psicólogo clínico ou um psicanalista, caberiam como boas ajudas no seu caso.
Um grande abraço e fico à disposição para tirar outras duvidas.

Certamente a Terapia EMDR irá te ajudar.

Olá
Eventos arcaicos podem estar associados ao momento desse susto enorme, bem como a vergonha sofrida.
Você já tentou uma psicoterapia?
Não desista. Com certeza há grandes chances de você se recuperar e voltar a ter a qualidade de vida tão desejada.
Tudo de bom.

Olá! Procure um psicólogo clínico. A psicoterapia EMDR tem se mostrado eficaz no tratamento de traumas. Qualquer dúvida, fico à disposição. Abs

Olá! Entendo o quanto isto pode estar lhe causando ansiedade e desconforto no dia a dia. O melhor profissional para ajudá-lo a dessensibilizar é o psicólogo, pois ele ajudará através de técnicas no autocontrole e também a lidar com este pensamento intrusivo: "vou levar um susto".

Através da dessensibilização sistemática esses barulhos irão deixar de assustá-la como agora. Esta técnica geralmente é utilizada por psicólogos da análise do comportamento ou da terapia cognitivo comportamental.
Um abraço!

Talvez você possa olhar para este fato de uma nova perspectiva, por ex., mostrar que se assusta, pode significar para algumas pessoas mostrar algum tipo de fraqueza. No caso, brincaram com você e isso de alguma forma pode ter gerado um estado perturbador em você. A pergunta que você pode se fazer é porque me perturbou. Então na verdade o problema pode não ser o ruído mas algum outro tipo de receio envolvendo suas relações de trabalho e mesmo as sociais.

Olá! Penso que seja importante falar sobre isso com um Psicólogo, para compreender o que levou a esse trauma.

Bom dia, O que você está tendo é Transtorno de estresse pós traumático. Isso acontece para inúmeras situações. Mas não se assuste com o nome da patologia. Isso é perfeitamente tratável, mas só com psicoterapia. Pode m serem utilizadas as técnicas de Experiência Somática, Mindfulness, Hipnose e EMDR. Grande Abraço, fico a disposição.

Bom dia! Respondendo a sua pergunta, sim, um psicólogo clínico e um psiquiatra podem ajudar, são esses os especialistas recomendados na sua situação. É importante buscar por essa ajuda profissional para entender melhor esse susto, sua origem visto que você associa os latidos do cachorro a uma situação passada, mas conta também que o mesmo pensamento intrusivo acontece com os trovões e espirros altos, quais sentimentos emergem nesse momento, e entender sobre esse pensamento que você conta ser recorrendo de "vou levar um susto". A psicologia com um profissional sério vai propor acolhimento, sigilo e caminhar no seu tempo com você para o autoconhecimento. Espero ter auxiliado, me coloco a disposição.

Olá! A terapia cognitivo-comportamental pode te ajudar a entender essa associação e a melhorar. Fico a disposição para esclarecer qualquer dúvida.

Penso que um psicólogo seja o melhor profissional para te auxiliar nesse momento. O fato, não tanto do susto, mas da vergonha, que deve ter mexido com inúmeras outras emoções inconscientes, talvez seja o "motivo" dessas repetições de susto. Faça terapia!
Boa sorte! :)

Olá, pessoa! Interessante como você traz um relato sensato do que passou. O medo é uma sensação natural, incontrolável em diversas situações e, pelo que conta, você teve uma experiência bem desagradável no momento que teve essa sensação - assim, antecipando e revivendo a situação de forma generalizada. É bom que conte sobre isto com tanta clareza. Busque conversar com um profissional de psicologia e, opino que consiga, com o tempo, não mais estranhar essa reação.

Olá. Procure inicialmente um psicólogo para fazer uma avaliação de seu caso. Atenciosamente

Especialistas

Fabiana Komai Unruh Monicci

Fabiana Komai Unruh Monicci

Psicólogo

São Paulo

Laura Lane M. Lima

Laura Lane M. Lima

Psicólogo

Campo Grande

Giselle Regueira Costa

Giselle Regueira Costa

Psicólogo

Brasília

Raul Barros Neto

Raul Barros Neto

Psicanalista

Ribeirão Preto

José Fernandes Pedrosa

José Fernandes Pedrosa

Psiquiatra

Brasília

Ana Lucia Santos

Ana Lucia Santos

Psicanalista, Terapeuta complementar

São Roque

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 202 perguntas sobre Transtornos de Ansiedade Generalizados

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.