Oi, tenho 27 anos de idade, perdi a minha viginidade com 21 anos, desde então nunca senti prazer na

23 respostas
perdi a minha viginidade com 21 anos, desde então nunca senti prazer na penetração, fico excitada, lubrifico correctamente e ate chego a atingir orgamo com o sexo oral e com a masturbação , não sinto dor ao me relacionar apenas não sinto prazer na
penetração, será algum problema que pode ser trabalhado com psicologo?
Olá! Dois aspectos relevantes:
1)A relação sexual é muito mais que a penetração em si. Esta é apenas uma das muitas formas de se sentir prazer, de se atingir o orgasmo, de realização sexual.
2)Se você deseja voltar (ou começar) a sentir prazer por meio da penetração, se isso é importante para você, certamente a Psicologia poderá ser uma ferramenta a te ajudar. Lembrando que a Psicologia não lida apenas com a loucura ou com os transtornos, ela trabalha também com tudo que em nós pode ser aprimorado e/ou nos ajuda a conquistar o novo.
Espero ter ajudado!

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Diversas pesquisas indicam que a maioria das mulheres só atingem o orgasmo com estimulação clitoriana. Acredito que não tenha nenhum problema orgânico. Mas é preciso entender se isso te traz algum prejuíso psicológico, se não sentir prazer com a penetração traz algum sofrimento para você ou sua parceria. Se sim, é possível sim explorar a questão psicologica, junto com auto-conhecimento.
Seria interessante uma consulta psicológica. Por que não fazer uma consulta?
Olá. É mais comum do que possa pensar essa ocorrência que você relatou acima. Muitas mulheres nunca experimentaram orgamo com penetração. Se você sente-se frustrada por nao tê-lo sugiro que procure a ajuda de um especialista em sexualidade que vai orienta-la com ferramentas assertivas para isso.Se Não houver nenhum comprometimento mais profundo psicológico o tratamento é relativamente rápido.
Abraços
Oiii !!
A relação sexual envolve diferentes aspectos que influenciam no prazer. Através da terapia é possível você se conhecer e também conhecer os fatores que te incomodam relacionados a sua vida sexual.
Abraços
Olá !!
Seria interessante marcar uma consulta para analisar o que você entende sobre a relação sexual que inclua a penetração, o que a penetração representa para seu subconsciente, uma vez que foi descartada questões fisiológicas e até o diagnóstico de vaginismo.
Olá, muitas vezes achamos que o sexo se resume a penetração o que não é o caso, existem diversas formas de se sentir prazer no ato sexual e se chegar ao orgasmo. Acredito que você encontrou uma maneira que funciona para você, lembrando que não sentir prazer na penetração não é necessariamente um problema. Se você sente que isso está te gerando algum tipo de angústia acredito que buscar um psicólogo pode ser de grande ajuda. Espero ter ajudado, um abraço.
Olá!
Como falado pelos colegas, apens uma pequena parte das mulheres conseguem chegar ao orgasmo com penetração. O que pode acontecer é a pessoa tomar como padrão, o gozar com penetração, e se desligar de todo o momento e das diversas formas de prazer que o sexo nos apresenta. Esse pensamento é uma reprodução do que é a representação do ato sexual de épocas distantes e que até hoje carregamos, principalmente os homens, (só é sexo se tiver penetração). Um profissional que atue na área da sexualidade humana poderia te ajudar a entender a sua relação com o sexo, fazendo-a entender os varios aspectos da sexualidade e suas diversas formas de experimenta-la, tirando o fico apenas dos genitais. Foque no que você gosta, se permita viver e experimentar outras formas de prazer se não gostar, continue no que te satisfaz sexualmente.
Acho que são muitas questões envolvidas, desde as de cunho psicológico (o que o orgasmo com a penetração significaria para você e para o outro, por exemplo? Você consegue fantasiar durante a penetração? ), até as de natureza prática (em que posições você poderia se sentir mais excitada e estimulada? Você experimentou posições que estimulem mais diretamente seu clitóris? Você consegue conversar com o parceiro sobre suas preferências sexuais? Você consegue manipular seu clitóris durante a penetração ou pedir ao parceiro para fazê-lo? Você faz amor com parceiros que te atraem sexualmente? Você consegue pedir ao seu parceiro que realize preliminares que te deixem próxima ao clímax antes da penetração?). Essas e outras questões podem ser trabalhadas em tratamento. Procure um Psicólogo Clínico ou Psicanalista e inicie um tratamento sério que os resultados aparecerão no médio e longo prazos.
Te convidamos para uma consulta: Psicanálise - R$ 100
Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.
Pode ser fisiológico, psicológico ou falta de experiência sua, de seu parceiro, ou de ambos. Para identificar, conversar com uma profissional experiente pode ajudar.
Olá!!!
Cada pessoa é uma, é única nem todos gostam das mesmas coisas, possuem prazer do mesmo jeito, do mesmo modo que todas as outras. Existem no sexo, várias formas de prazer, sem ser unicamente através da penetração. Você pode está inclusa no rol das pessoas que não sentem prazer pela penetração. A maioria das mulheres só chegam ao orgasmo via estimulação clitoriana. Então, curta o momento, relaxe. Está tudo dentro da normalidade.
Um abraço
Tal como descreve, tal condição pode ser verificado coim um ginecologista, que investigaria, p.ex., o 'Vaginismo'.
Descartada essa hipótese, uma investigação de natureza psicanalítica seria recomendável. Boa sorte!
Olá!
A princípio sim, para uma análise melhor do psicólogo, de todas as suas experiências ao longo da vida. É importante que você sinta-se bem durante todo tempo com o seu corpo, em todas as suas partes. O psicólogo poderá te ajudar nesse sentido.

Um abraço!
Te convidamos para uma consulta: Telemedicina - R$ 100
Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.
Olá. Além do psicólogo é bom descartar qualquer questão física e hormonal. Consulte um ginecologista e endocrinologista para tirar suas dúvidas. Atenciosamente
Olá! Segundo uma pesquisa, somente 18% das mulheres têm orgasmo somente com penetração, o maior responsável pelo prazer feminino é o clítoris. Mas, se isso for uma questão para você, pode sim ser trabalhado em terapia.
Te convidamos para uma consulta: Psicanálise - R$ 150
Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.
Olá, sentir prazer é algo muito complexo, que não poderá ser respondido aqui. Com certeza uma psicóloga poderá te ajudar.
Isso não é um problema, aliás você está dizendo como sente prazer; oral e masturbação. O sexo é isso, uma brincadeira de adultos e cada um se diverte como achar melhor.
Prezado(a), penso que de uma forma geral as diversas relações que desenvolvemos com o outro comumente nos fazem marcas e nos atravessam. Pelo relato trazido estou de acordo com os colegas, nos revela apenas acerca de uma forma de obtenção de prazer. Mas, considerando o caminho de subjetivação de cada sujeito, penso que é sempre muito interessante podemos ter a possibilidade de falar sobre essas marcas e atravessamentos. O que disso ficou? Como isso foi registrado? Há sempre algo iminentemente nosso que se revela diante dos incômodos. Nesse sentido, penso ser interessante o auxilio de um psicanalista. Ao longo do caminho analítico, certamente, questões que convergem a algo da ordem do imperscrutável e indizível se revelarão, bem como o inconsciente. Esse encontro será imprescindível ao nos deparar com as nossas manifestações e melhor compreender nossa forma de ser e estar no mundo. Desta maneira seremos mais capacitados a identificar o cerne de questões profundas Nem sempre um incomodo é apenas um incomodo.
Olá! A sua pergunta parece estar associada a uma visão de relação sexual socialmente difundida, em que a penetração é fundamental e indispensável. Ressalta-se que a sexualidade e a relação sexual é plural. Não há uma regra, uma norma ou uma maneira certa, cada um descobrirá a sua forma de obter prazer ou não. Neste sentido, se a forma como você obtém prazer sexual não envolve penetração, está tudo bem. Já se isto te causa incômodo e você gostaria, também, de obter prazer com a penetração, pode ser um assunto a ser refletido e passível de intervenção.
Com certeza, o psicólogo vai te ajudar. Pode existir aí uma questão de autoestima, ou fantasias em relação ao sexo que estão atrapalhando seu sentido de prazer, ou ainda pode haver algum bloqueio que te impeça a chegar no orgasmo (o que só a terapia corporal pode ajudar). Mas, lembre-se: sexo é muito mais do que penetração. Portanto, sua insatisfação também pode ser no parceiro.
Olá!
Sentir prazer com a penetração não é uma regra obrigatória. É possível conversar com a pessoa com que você se relaciona e tentar outras formas, ritmos e posições. Algumas sessões psicológicas podem ajudar a respeito do quanto a penetração tem sido valorizada na sua relação, sendo que você obtém satisfação sexual de outras. Não precisamos seguir roteiros. Cada corpo é único e precisa ser respeitado.
Felicidades pra você!
Agende uma consulta e vamos repensar seu processo sexual.
Olá, o ideal é uma avaliação psicológica com um profissional de psicologia e uma consulta com um ginecologista.

Especialistas

Maristela Poubel Araujo

Maristela Poubel Araujo

Psicólogo, Sexólogo, Terapeuta complementar

Rio de Janeiro

Agendar uma visita
Lorena Lustosa

Lorena Lustosa

Psicólogo

Belo Horizonte

Agendar uma visita
Marina Scafuri

Marina Scafuri

Sexólogo, Ginecologista

Fortaleza

Agendar uma visita
Renata Camargo

Renata Camargo

Psicólogo

Camaquã

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 126 perguntas sobre Terapia sexual
  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.
  • Por uma questão de saúde, quantidades e doses de medicamentos não serão publicadas.

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.


Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.