Tenho ansiedade tenho sentido dores do peito esquerdo e falta de ar já fui no médico particular fiz

30 respostas
Tenho ansiedade tenho sentido dores do peito esquerdo e falta de ar já fui no médico particular fiz exame de sangue ecocardiograma e raio x dos pulmões por causa da falta de ar os exames derao tudo certo e me foi receitado alprazolam
Já estou tomando a 5 dias e ainda sinto os sintomas porém mais leves .
Devo me investigar mais afundo?
Olá. A preocupação excessiva é um sintoma da ansiedade. Se ainda tem dúvidas do tratamento com o psiquiatra pergunte diretamente a ele, ele vai te responder com propriedade sobre a medicação. Tenha um pouco de paciência e faça acompanhamento psicológico para auxiliar o tratamento. Atenciosamente

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Olá, se você continua tendo sintomas de ansiedade, procure um médico psiquiatra e um psicólogo. A medicação vai tratar o sintoma, porém as causas de sua ansiedade e as emoções e pensamentos ligados a ela, somente um psicólogo poderá te ajudar. Procure um psicólogo que utilize a terapia cognitivo comportamental como base teórica, pois, esse tipo de terapia tem a melhor resposta para casos de ansiedade. Espero ter ajudado. Um abraço.
Olá, o medicamento que te receitaram é um ansiolítico, e os sintomas que você descreve são de crises de ansiedade. Trabalhar a psicoterapia junto com o uso do ansiolítico seria o ideal, é importante procurar ajuda profissional pra entender um pouco mais sobre esse estado, identificar os gatilhos e trabalhar a melhor forma de lidar com isso. Procure um psicólogo que lhe inspire confiança e te ajude a trabalhar essas questões mais a fundo, boa caminhada!
Olá.
É muito comum que sintomas de ansiedade sejam descobertos desta forma: a partir de queixas físicas o médico investiga de problemas cardíacos ou respiratórios e não encontra alterações, o que permite trabalhar com a hipótese de ansiedade. Inicialmente, é importante sinalizar que se o alprazolam é uma medicação que precisa ser administrada com cautela (e por tempo limitado), pois possui potencial de dependência. Caso não tenha sido um psiquiatra que prescreveu é importante tu consultar um profissional da tua confiança para que o teu plano de tratamento seja revisado e acompanhado longitudinalmente. Além disso, a terapia cognitivo comportamental é a modalidade terapêutica que agrega o maior número de evidências. Certamente um bom terapeuta cognitivo comportamental irá te auxiliar a compreender e manejar tua ansiedade.
Boa tarde,
Se os exames afastaram a possibilidade de alguma espécie de enfermidade, pode ser crises de ansiedades. Sendo assim, aconselho realizar terapia para ajudá-lo. O corpo tem sua linguagem e simbolismo que deve ser escutada.
Olá!! É muito comum a crise de ansiedade ser diagnosticada após fazermos os exames e eliminarmos as hipóteses de enfermidade, nós identificamos muito mais fácil as dores físicas! O medicamento ajuda muito, porém só traz resultado significativo com o acompanhamento psicológico, pois a ansiedade tem sua raiz psicológica, o medicamento vai aliviar os sintomas físicos, assim é importante você buscar um tratamento para atuar em conjunto!
Se vc está com acompanhamento médico e medicado, precisas procurar entender melhor os gatilhos emocionais que estão relacionados aos sintomas. Procure um profissional da Terapia Cognitivo Comportamental que é o ideal pro seu caso. Abraço
Olá! Você entende o motivo pelo qual te receitaram está medicação?
O alprazolam é uma medicação para controlar a ansiedade e, como qualquer outra medicação psiquiátrica, precisa ser dosada de forma individual. Para isto é necessário o acompanhamento de um/a psiquiatra. Porém só a medicação não é suficiente. O remédio tira o sintoma, mas não trata.
Para tratar a ansiedade e não votar a ter as crises você precisa fazer a psicoterapia. Os dois tratamentos juntos é que darão resultado.
Quanto ao tempo (5 dias) que você vem tomando a medicação, este ainda não é suficiente para ter o resultado esperado.
Espero ter ajudado. Quaisquer outras dúvidas me coloco a disposição para respondê-las.
Olá! Se vc está fazendo uso da medicação há apenas cinco dias, ainda é cedo pra avaliar sua eficácia. A maioria dessas medicações começam seus efeitos esperados após 10/15 dias de administração da mesma. Caso os sintomas persistam procure o médico que prescreveu e veja com ele o ajuste da dose ou substituição por outra.
Olá! Como no seu caso foi descartado qualquer complicação cardiológica através dos exames, seria interessante se realizar uma investigação mais aprofundada da origem de seu quadro ansioso, uma vez que a exacerbação desses sintomas, infelizmente, são bastante comuns.
Convém lembrar que o alprazolam e os demais medicamentos benzodiazepínicos devem ser utilizados pelo menor tempo possível, creio que seu psiquiatra lhe orientará sobre isso de maneira mais detalhada.
Recomendo uma avaliação psicológica do seu caso pois a psicoterapia é um instrumento altamente eficaz no tratamento da ansiedade.
Melhoras para você.
Um abraço, Filipe.
Olá, o efeito do medicamento pode levar alguns dias a mais para apresentar resultados. Continue com a medicação, não interrompa sem orientação médica. Indico também que busque psicoterapia para lidar com a angustia que a ansiedade causa, pois dessa forma terá resultados mais eficientes e prolongados, podendo fazer a retirada da medicação com mais rapidez. espero ter ajudado.
Uma vez que foi descartada qualquer doença física pelo médico especialista, seus sintomas podem estar indicando um transtorno de ansiedade. O ideal é você fazer um acompanhamento com o psiquiatra e psicólogo. Junto com a terapia você vai trabalhar a possível causa da sua ansiedade. Lembre-se que excesso de preocupação com o passado e futuro, medo, baixa autoestima, podem desencadear a ansiedade. Você precisa aprender a lidar com ela. Procure na internet a técnica do Acalme-se. Vai te ajudar bastante.

Um abraço
Te convidamos para uma consulta: Telemedicina - R$ 150
Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.
Boa tarde, é importante buscar se informar com um profissional que possa acompanhá-lo e assim fornecer uma perspectiva técnica e cientifica. Casos de ansiedade geram sintomas semelhantes, mas mais importante do que saber se possui ou não ansiedade, é compreender como se desenvolveram os sintomas e como lidar e tratar tais sintomas. Tendo em vista os diversos fatores ansiogênicos a que estamos expostos, é mais do que recomendável buscar se informar e cuidar da própria saúde física e mental.
Olá! Aguarde mais uns dias, dê tempo para que a medicação faça efeito e observe se esses sintomas passarão. Talvez fazer terapia possa te ajudar a lidar com as preocupações.
Olá,
Se você continua tendo sintomas de ansiedade, procure um médico psiquiatra e um psicólogo. A medicação vai tratar o sintoma a medicação demora alguns dias para começar a dar efeitos; porém as causas de sua ansiedade e as emoções e pensamentos ligados a ela, somente um psicólogo poderá te ajudar. Procure um psicólogo que utilize a terapia cognitivo comportamental como base teórica, pois, esse tipo de terapia tem a melhor resposta para casos de ansiedade.
A ansiedade se autoalimenta pela preocupação com a mesma. É um ciclo difícil de ser rompido. Muitas vezes, precisamos de ajuda profissional para poder mudar isso. Você fez muito bem ao ir ao médico e descartar problemas cardíacos e pulmonares. Possivelmente, essa sensação é de ordem psicológica. A ansiedade não vem do nada. Nosso cérebro rastreia o ambiente, interno e externo, na busca por ameaças. Elas podem ser reais ou imaginadas. Quando percebidas, nossa amigdala é ativada e nosso corpo dispara os sintomas típicos de ansiedade. As reações comuns são luta, fuga e congelamento. Como não sabemos o que pode estar disparando a ansiedade, a mesma pode aumentar, pois parece que vem do nada e não temos nenhum controle sobre ela. Lutar ou fugir de quê? A notícia boa é que uma boa psicoterapia nos ajuda a entender melhor o que está ativando nosso cérebro, tomar consciência dos primeiros sinais e saber exatamente o que fazer. Então, pode ser muito útil buscar um psicólogo para lidar com isso. Terapia cognitivo, comportamental e Terapia EMDR são validadas cientificamente e trazem excelentes resultados para quadros ansiosos. Desejo melhoras. Um abraço.
Olá! Um ponto muito importante é a busca por um profissional. Que bom que você já deu o primeiro passo para o autocuidado. Te parabenizo por isso. Porém, preciso ressaltar que apenas tratamento medicamentoso não é suficiente, por isso é necessário o tratamento psicológico também. Como seu médico constatou que a sua saúde física está em perfeito estado, vale a pena sim investigar outras áreas. Dentro da Psicologia existem diversas abordagens. Seria interessante você buscar a que mais se identifica. A Terapia Analítico Comportamental promove a mudança de comportamentos específicos que estão te angustiando e é muito útil no tratamento da ansiedade. Ao identificar as situações que estão te causando ansiedade, estabelecemos o plano prático de mudança para você recuperar a sua saúde. Você pode aprender a lidar com essa emoção. Qualquer dúvida, estou à disposição. Sobre o tempo de uso da medicação, como meus colegas disseram acima, 5 dias é realmente muito pouco para obter resultados satisfatórios. Aguarde mais um tempo para que a medicação faça efeito e, quando possível, converse com o seu médico. Ele te orientará sobre isso. Melhoras e cuide-se bem!
Olá, bom dia. A ansiedade é um sintoma que deve ser tratada com psicoterapia (psicólogo) e psiquiatra (médico que receita os medicamentos) em casos moderados a graves. O remédio precisa de um tempo para fazer efeito, indico que você aguarde e busque também um psicólogo. A ansiedade é um estado psíquico útil para nos alertar do perigo e nos ajudar a enfrentá-lo. Normalmente aparece como reação à situações que causem medo, expectativa ou dúvida. É natural sentir ansiedade quando se busca um objetivo importante, mas ela vira um incômodo quando passa a atrapalhar as tarefas rotineiras do indivíduo, deixando de ser saudável e virando uma preocupação e um problema patológico, como muito tem se visto na rotina do mundo moderno. A ansiedade é "um excesso de futuro", que vem quando o ser humano para de prestar atenção na realidade presente e se volta para o resultado de uma ação futura. Quer dizer, a energia que deveria ser utilizada para satisfazer necessidades e desejos presentes, passa a ser consumida por preocupações futuras. A ansiedade possui entre seus sintomas: tensão, dificuldade para relaxar ou dormir, irritabilidade e perda de concentração. Sendo assim, caso você tenha identificado esse quadro de sintomas no seu dia a dia, procure ajuda!
Olá
Além da medicação, você deve buscar um tratamento psicoterápico para entender o que está acontecendo com você.
Com o apoio do terapeuta, você superar esse momento tão sofrido na sua vida.
Boa sorte
Seria sim muito importante você procurar ajuda a um profissional da Psicologia. Os nosso sintomas, o que sentimos de mal estar, geralmente tem a haver com a nossa história de vida...o sofrimento pede que algo seja reconhecido, olhado, principalmente por nós, o de olhar. Sentir uma dor é uma coisa, há muitas medicações para isso, mas a dor do sofrimento...temos que cuidar...me conte a sua história e bem possível poderemos descobrir o que te faz sofrer com este sintoma...estou à sua disposição.
Na verdade o ideal seria fazer um acompanhamento psicológico para avaliar de onde vem sua ansiedade e como trabalhar ela.
O medicamento irá ajudar, mas é necessário ir além, trabalhar aspectos emocionais.
Fico a disposição.
Instagram: @pripsico_
Boa tarde! essa medicação funciona para parar a crise na hora, ele não elimina ela, até porque a medicação ela só mascara o problema, por isso que é importante o processo de psicoterapia. Insta: @camilamufalani
Olá, importante realizar avaliação profissional. Toda pessoa tem uma história de vida particular, e na psicanálise podemos construir uma ponte de acesso aos sentimentos, emoções e pensamentos que podem estar influenciando no que você descreve atualmente.
Olá! O medicamento prescrito foi ansiolítico. Este é indicado no tratamento de transtornos de ansiedade. A medicação é importante e tem seu papel no tratamento, porém a medicação não ensina novos padrões de pensamentos, novos comportamentos e muito menos a ressignificar suas feridas. A Psicoterapia te ensina a avaliar, a se responsabilizar a buscar novas formas de se comportar. Estimula a refletir sobre a raiz de suas angústias e medos e exercitar o autoconhecimento de maneira profunda. Facilita na tomada de consciência, ajudando a pessoa a reconhecer o que desencadeia a ansiedade, suas possíveis causas e os comportamentos decorrentes dela, orienta sobre técnica de controle e auxilia na compreensão dos problemas. Portanto, o ideal é o tratamento combinado, medicamento e Psicoterapia. A terapia é uma excelente ferramenta para te ajudar nesse processo. Será um prazer te ajudar. Fica posto meu convite. Abraço!

Bom dia! Busque ajuda psicólogica, o profissional poderá te dar um auxílio para compreender o que está te gerando essas dores. Abraço
Olá! Como vai?
É bem legal que você faça acompanhamento psicológico para dar vasão ao sintoma. Além disso, qualquer dúvida quanto a medicação, é interessante perguntar diretamente ao psiquiatra, isso poderá auxiliar a regular a dosagem, periodicidade, enfim.

At.te
Olá! O indicado é associar a medicação com a psicoterapia, Procure um profissional da psicologia. Um abraço!
Olá! Se já investigou e não há nenhum problema físico, indica que a causa é emocional. A ansiedade pode causar os sintomas descritos. A medicação dada pelo médico irá reduzir os sintomas, mas não a causa do problema. Por isso a necessidade da terapia para identificar a ansiedade, os gatilhos, pensamentos e comportamentos que a causa, bem como aprender as técnicas necessárias para obter o controle da ansiedade. Procure ajuda!
Esses sintomas são de Ansiedade associados a Pânico. O tratamento combinando medicação mais psicoterapia podem te auxiliar. Atenciosamente.
Bom dia, além de identificar os sintomas que podem ser reduzidos com a medicação, se achar viável seria interessante um acompanhamento com um Psicólogo para que além de identificar os sintomas, busque investigar que acontecimentos no ambiente e nas suas relações do dia-dia estão mantendo esses sintomas

Especialistas

Fernando Lino

Fernando Lino

Psicólogo, Psicanalista

Goiânia

Agendar uma visita
Giovanna Munhoz Ohara

Giovanna Munhoz Ohara

Psicólogo

Botucatu

Renata Camargo

Renata Camargo

Psicólogo

Camaquã

Anne Rafaella Carneiro Roza

Anne Rafaella Carneiro Roza

Oncologista, Pediatra

Recife

Luis Falivene Roberto Alves

Luis Falivene Roberto Alves

Psiquiatra

Campinas

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 716 perguntas sobre Ansiedade
  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.
  • Por uma questão de saúde, quantidades e doses de medicamentos não serão publicadas.

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.


Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.