Candidíase - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Nomes alternativos: candidíase vaginal.

 

A infecção que ocorre na pele que reveste a vagina causada por um fungo denominado Candida Albicans. Os sintomas que ocorrem são coceira, dor e excreção de um corrimento esbranquiçado. Ela é causada por uma variação nas bactérias naturais protetores presentes na vagina. Pode ocorrer depois de tomar antibióticos ou anticoncepcionais orais, por utilização de roupas íntimas sintéticas ou durante a gravidez.

Especialistas em candidíase

Encontre um especialista em Candidíase na sua cidade:
Crisciane Nolasco

Crisciane Nolasco

Ginecologista

Vitória

Gisele Tolaini Gomes Pereira

Gisele Tolaini Gomes Pereira

Ginecologista, Mastologista

São Paulo

Paula Campos Barroso Perrout

Paula Campos Barroso Perrout

Ginecologista

Ipatinga

Sara de Pinho Cunha Paiva

Sara de Pinho Cunha Paiva

Ginecologista, Terapeuta complementar

Belo Horizonte

Antonio Paulo Malmann

Antonio Paulo Malmann

Ginecologista

Campos Novos

Carlos Jose da Fonseca

Carlos Jose da Fonseca

Ginecologista

Cabo de Santo Agostinho

Perguntas sobre Candidíase

Nossos especialistas responderam a 156 perguntas sobre Candidíase

Oi, como a aplicação não foi correta, faça o procedimento novamente. Caso esteja insegura como usar, volte ao seu Ginecologista e solicite uma orientação quanto à forma correta de usar a medicação!
1 respostas

Olá..Nunca inicie uma medicação como uma pomada vaginal sem a ajuda do seu médico. Evite a auto-medicação
Agende a sua consulta de reavaliação e esclareça suas dúvidas. Discuta o seu tratamento.
2 respostas

Dra. Natali Maria Alves
Dra. Natali Maria Alves
Ginecologista, Homeopata
Brasília
O nome técnico da vacina é Imunoterapia Alérgeno-específica que propõe uma dessensibilização contra os sintomas causados pelo fungo.Como se trata de um tratamento novo ainda será necessário um…
2 respostas

Especialistas falam sobre Candidíase

A candidíase é uma infecção vaginal causada por um fungo do gênero Candida , mais comumente conhecido como fungo Candida albicans. O fungo causador da doença faz parte da flora vaginal saudável e está presente no organismo das mulheres em pequenas quantidades. Porém, se o organismo está debilitado, seja por estresse, baixa imunidade, entre outros motivos, os fungos se proliferam e podem causar a infecção. Como a região genital feminina é quente e úmida, a proliferação do fungo torna-se mais fácil. É importante lembrar que a candidíase não é uma doença sexualmente transmissível1. Ela pode ser bastante desagradável, mas, na maioria dos casos, é comum e simples de ser tratada.

Rodrigo Eduardo De Brito

Ginecologista

Goiânia


A Candidíase apresenta como principais sintomas o desconforto genital, coceira local e ardência, sendo causada por uma infecção. Sua ocorrência está associada a um déficit de imunidade. Pode se apresentar em uma única manifestação ou de forma recorrente. O tratamento é simples e eficaz e deve ser adaptado para cada paciente, de forma a se obter uma melhor resultado.

Também conhecida por Monoliase Vaginal, a candidíase vaginal é uma infecção ocasionada por fungo (Cândida ou Monília), que causa um corrimento espesso, grumoso e esbranquiçado, acompanhada geralmente de irritação no local e coceira. Principais causas: Antibióticos; Gravidez; Diabetes; Outras infecções (por exemplo, pelo vírus HIV); Baixa Imunidade (estresse, má alimentação, falta de sono reparador,...) Medicamentos como anticoncepcionais e corticoides; Relação sexual desprotegida com parceiro contaminado; Vestuário inadequado (roupas apertadas e biquínis molhados; lycra e roupa de academia que aumentam a temperatura vaginal); Duchas vaginais em excesso; Ingesta excessiva de açúcares.

Viviane Ferreira Ferling

Ginecologista

São José dos Campos


Temos que tomar cuidado porque o fungo e as outras secreções anormais são causadas por um flora vaginal desequilibrada Na consulta as orientações são o mais importante e um tratamento correto para não haver recidiva

Natalia Gama

Ginecologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Conhecida também como monilíase, a candidíase é causada mais comumente pela levedura Candida. Ela pode colonizar criaturas saudáveis, principalmente no trato digestivo, enquanto na pele tende a ocorrer temporariamente temporariamente. A colonização ocorre no nascimento (canal vaginal), na amamentação ou nos anos seguintes, chegando a 20% na região oral e 67% nas fezes. Cerca de 13% das mulheres têm colonização vaginal por C. albicans; gravidez, uso de anticoncepcional e DIU aumentam a incidência. A imunoterapia permite aumentar a defesa celular, ajudando no combate a infecções fúngicas.

Aline Martinez Neves

Alergista, Dermatologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Tratamento de candidíase de repetição e orientação comportamental para prevenção de novos episódios.

Renara De Pinho Caldeira Mourão

Ginecologista, Mastologista

Diamantina


A candidíase vaginal é uma infecção muito comum na mulher devido ao aumento da população do fungo Candida albicans, que está normalmente presente na flora da região íntima da mulher mas que se desenvolve muito em algumas situações. A candidíase vaginal é mais frequente em grávidas e mulheres com o sistema imune enfraquecido e, algumas das principais causas incluem o uso excessivo de antibióticos ou corticoides, a diabetes ou os maus hábitos de higiene, porque facilitam o crescimento de fungos. Porém, a candidíase vaginal tem cura e o seu tratamento deve ser feito com o uso de comprimidos que se podem tomar ou colocar na vagina ou mesmo com pomadas antifúngicas receitadas pelo ginecologista.

A candidíase é causada por um fungo, sendo caracterizada por um corrimento branco e grumoso que causa coceira e ardor na vulva e vagina.É mais comum no verão e no período pré menstrual pois o calor e o ph da vagina nesse período favorecem a sua proliferação. Os fatores que podem favorecer os episódios de candidíase são: gravidez, uso de roupas apertadas e sintéticas, uso de duchas vaginais, uso de antibióticos e contraceptivo orais, dieta rica em carboidratos e higiene inadequada. A maioria das mulheres terá pelo menos um episódio de candidíase na vida, e só algumas terão candidíase vaginal recorrente, ou seja, 4 ou mais episódios de candidíase no ano.

Cândida Albicans ocorre causada por um fungo piora com calor umidade produtos que venham a causar irritação de pele em geral relacionada com baixa Imunidade. Tratamentos locais após consultar um profissional médico.

Cristiane N. Suzuki

Ginecologista

São José Dos Pinhais


Candidíase é uma infecção genital, que provoca prurido, vermelhidão da região genital, e corrimento leitoso. Causada pela proliferação da cândida que faz parte da flora vaginal. Não é uma DST e quando ocorre de repetição requer um tratamento prolongado.

Quais profissionais tratam Candidíase?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.