Fiz alguns concursos públicos que me dediquei de corpo e alma. O medo de não passar é tão grande
11 respostas
Fiz alguns concursos públicos que me dediquei de corpo e alma. O medo de não passar é tão grande que na hora da prova perco mto tempo na mesma questão procurando um erro e não consigo fazer a prova toda. Reforço negativamente que não sou capaz. Qual área da psicologia procuro?
É muito comum nos sentirmos ansiosos diante de uma prova ou uma entrevista que nos coloque em qualquer tipo de avaliação. Não aprendemos técnicas adequadas de estudo, somos cobrados pelos outros constantemente sobre o nosso desempenho. A hipnose e EMDR são técnicas muito eficazes para enfrentar essas situações. São trabalhados traumas e bloqueios que impedem um bom desempenho. A autocobrança e o perfeccionismo também devem ser trabalhados em terapia. As pessoas acham que aqueles que estudam para concurso não estão fazendo nada e por isso não entendem todo stress que envolve aquele que estuda.

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Olá!
A sua ênfase no detalhe faz com que você tenha dificuldade em observar o todo.
Você deve trabalhar as questões que não lhe permitem reconhecer as habilidades positivas que você tem e as crenças de que se não for minuciosa nos erros, não terá sucesso.
É necessário a mudança na forma de pensar as situações e as crenças sobre você.
A psicoterapia te ajudará a encontrar ferramentas para uma autoanálise das suas condições atuais e como você poderá se organizar para executar as provas de forma mais produtiva e assertiva dentro das suas capacidades.
Vá em frente e sucesso!

Boa tarde.
Entendo que o processo de psicoterapia pode ajudar no sentido de conhecer melhor seu funcionamento em relação a ter sucesso nas alternativas que busca, sejam profissionais ou outras. A psicoterapia tem o objetivo de ajudar nesse conhecimento, descobrir sobre funcionamentos individuais que talvez ocorram em muitas áreas de tua vida e nem foram percebidas, mas são comuns, sem mesmo você ter essa consciência. Todo enfoque teórico tem o mesmo objetivo, ajudar na situação que se encontra e que acaba limitando ou paralisando teu crescimento. Vá em frente buscando essa alternativa...minha sugestão. A disposição.

Olá! Creio que fazer psicoterapia (independe da linha) vá te ajudar bastante. A situação relatada é muito comum de acontecer e você pode obter melhoras nisso em qualquer linha psicoterapica. Entretanto, como sou da TCC acabo puxando sardinha pro meu lado, já que os resultados tendem a ser mais rápidos

Olá! Teu medo está produzindo o acionamento de esquemas que não te permitem teu um bom desempenho para validar e/ou reforçar teus pensamento automáticos, que podem estar alicerçados em uma crença de incapacidade, hipervalorizando o negativo. Nesse sentido, a terapia cognitivo-comportamental pode te auxiliar, pois visa estreitar a relação entre pensamento, emoção e comportamento para identificar distorções cognitivas que podem estar impossibilitando o alcance dos teus objetivos.

Acredito que o importante é procurar ajuda profissional da area de psicologia. Existem conteúdos que precisam de ressignificacão denteo do contexto apresentado. As crenças limitantes precisam se transformarem em crenças funcionais, e sozinho você não conseguirá, pois nosso subconsciente vai tentar bloquear saída que paradoxalmente deveriam te proteger, no entanto só atrapalham, obstaculando o teu desenvolvimento. É bem tranquilo o processo, basta dar o primeiro passo, comece! Boa sorte!

Segundo o que relata, me parece uma ansiedade acompanhada de insegurança. Aconselho você a procurar um psicólogo da Terapia Cognitiva Comportamental. Essa abordagem tem muito êxito no tratamento de tais sintomas.
Espero ter ajudado.
Um abraço e boa sorte para ti!

- Um(a) terapeuta experiente de qualquer linha poderá ser útil.

- A terapia cognitivo-comportamental e a comportamental têm técnicas específicas para lidar com este tipo de situação, talvez de forma mais rápida.

- Um(a) psicopedagogo(a), profissional especializado especificamente em problemas relacionados a aprendizado pode ser uma opção interessante, também.

Recomendo a Psicoterapia para autoconhecimento, assim poderá compreender seus aspectos psico emocionais e suas crenças limitantes que podem interferir no seu desempenho pessoal e profissional.
Abraços

Olá! Acredito que a terapia cognitivo-comportamental poderá de auxiliar tanto na desconstrução de pensamentos disfuncionais, como o que relata, quanto com técnicas para lidar com a ansiedade que te prejudica no momento da prova. Um abraço!

Olá. Sugiro que você procure um Psicólogo(a) especialista em Terapia Cognitivo Comportamental. No processo da psicoterapia deverá ocorrer a reestruturação cognitiva e uma mudança de seus pensamentos e emoções referentes à sua queixa, se necessário um trabalho conjunto com o Psiquiatra. Há tratamento. Estou á disposição. Abraço.

Especialistas

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 67 perguntas sobre Terapia Cognitivo Comportamental

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.