Quando eu penso em sair com alguém ou estou para sair começo a ter crises de ansiedade como me acalm

26 respostas
Quando eu penso em sair com alguém ou estou para sair começo a ter crises de ansiedade tem tratamento para me acalmar? Isso é normal?
Olá, boa tarde. Sinto muito pelo que você está passando. A ansiedade é um estado psíquico útil para nos alertar do perigo e nos ajudar a enfrentá-lo. Normalmente aparece como reação à situações que causem medo, expectativa ou dúvida. É natural sentir ansiedade quando se busca um objetivo importante, mas ela vira um incômodo quando passa a atrapalhar as tarefas rotineiras do indivíduo, deixando de ser saudável e virando uma preocupação e um problema patológico, como muito tem se visto na rotina do mundo moderno. Pelo que você está trazendo, parece que essa ansiedade está atrapalhando os seus encontros com pessoas. É muito importante que você busque uma ajuda psicoterápica para entender o que está acontecendo e quando isso começou. Vai ficar tudo bem! Fico à disposição.

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Olá, boa tarde!
A ansiedade é uma emoção adaptativa que nos ajuda a enfrentar situações de risco potencial. Sem ansiedade você não se prepara para, por exemplo, conhecer uma pessoa nova. A ansiedade mobiliza seu corpo e te prepara, ela visa a garantir sua proteção. Pensando assim ao invés de querer eliminar a ansiedade precisamos entender o que está acontecendo, se está muito difícil sozinha, o que me parece estar, uma psicoterapia pode te ajudar sim...

Boa tarde. Imagino que esteja sendo bastante difícil conviver com esse estado agudo de ansiedade. Quando vivemos situações novas, é natural termos sensações diferentes que anunciam que algo desconhecido está para acontecer. Mas, existe um ponto no qual isso pode prejudicar a vida cotidiana e as relações. Na psicoterapia, você terá a oportunidade de compreender melhor qual é o lugar e papel que essa ansiedade está desempenhando no seu dia a dia. Um abraço!

Mudanças na nossa rotina podem trazer um pouco de ansiedade, um friozinho na barriga não é mesmo? A questão é a intensidade dessas emoções. Se é uma questão precisa de cuidados. Uma análise ajudaria a ter um momento de escuta e acolhimento diante dessa angústia que a ansiedade traz para você... Que outros fatores podem contribuir para que tenha sintomas ansiosos? Não temos como saber através desse recorte que voce traz. Outras questões poderão surgir durante o processo analítico...com a ajuda de um profissional terá suporte emocional para lidar com elas. Procure um psicanalista, cuide-se! Um abraço

Olá! A ansiedade costuma aparecer quando o nosso organismo se sente ameaçado de alguma forma. Mas, apesar da ansiedade ser uma emoção natural, quando se apresenta de forma desproporcional ao contexto, (ou seja, sem nenhum motivo justificável), ela precisa ser tratada. Quando não tratada, a ansiedade excessiva pode comprometer a qualidade de vida. Muitas pessoas costumam procurar ajuda somente em situações emergenciais, por isso é importante que você saiba que deve procurar um Psicólogo assim que possível, antes que seja desenvolvido um transtorno. O Psicólogo te ajudará a identificar o que está por trás da ansiedade e reconhecer o desequilíbrio emocional. Em terapia serão desenvolvidas estratégias para que você possa enfrentar a situação temida e reduzir os seus sintomas. Esse suporte será fundamental. Cuide-se bem!

Simm tem tratamento! é importante trabalhar esse comportamento, entendendo e remodelando os pensamentos que desencadeiam essa crise. Com certeza também trabalhar autoestima será muito importante, tudo isso você encontra dentro de um processo de psicoterapia.

Boa tarde, bem você descreve desconforto ao estar com alguém que deve ser promovido por algum conflito inconsciente, seria muito proveitoso descubrir o que causa esse sentimentos de angústia. A terapia pode te ajudar a entender os motivos inconscientes dessa resposta emocional e, possivelmente, devolver o bem- estar de compartilhar uma boa companhia.

Saudações. Entenda que todo comportamento, que nos traz certa dose de sofrimento, precisa ser trabalhado. A ansiedade tem íntima ligação com nossas projeções, ou seja, a expectativas do tipo "como será?", "e se tal coisa acontecer?" Nesse caso, a antecipação do que ainda não vivemos produz um gasto energético intenso. Nesse sentido, a psicoterapia pode ajudar muito, para que você possa se fortalecer e se preparar para viver realidades. Um bom encontro é uma delas, um mau encontro também, mas você terá condições de passar pelas duas possibilidades, sendo você.

Boa tarde! É preciso, primeiramente, saber que a ansiedade não é sempre um sintoma ruim. Ela é uma emoção natural, derivada do medo. Em algumas situações específicas, é natural se sentir ansioso, como antes de uma apresentação ou na espera de uma resposta importante. A ansiedade é, por definição, a antecipação de um futuro perigo. Portanto, possui uma função protetora, e serve justamente para nos preparar para uma possível ameaça percebida, seja por um gatilho interno ou externo.
As emoções desempenham uma função evolutiva primordial, que auxiliam no processo de sobrevivência. Imagine, antigamente, os povos que viviam na selva e escutavam o rugido de um leão. A ansiedade era extremamente importante para mantê-los alerta e preparados para um possível perigo. Entretanto, hoje a maioria dos estímulos não são perigos tão concretos, e nem sempre as informações são perigos reais ou iminentes, mas ainda desencadeiam essa reação fisiológica.
Infelizmente, essa situação tem crescido cada vez mais no Brasil. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o Brasil é o país com o maior número de ansiosos no mundo; estima-se que sejam 18,6 milhões de pessoas afetadas. Em média, 9,3% da população do país sofre com o problema, valor que é o triplo da média mundial. Além disso, cabe ressaltar que a doença tem uma prevalência maior em mulheres.
A ansiedade é uma emoção natural com uma função essencial na nossa vida. O problema são os transtornos de ansiedade, que tem são multifatoriais, e são causados por uma combinação dos fatores genéticos e ambientais (trauma, criação dos pais e aprendizados, por exemplo).
Para administrar a ansiedade, é importante ter em mente alguns pilares, como modificar seu estilo de vida, alterando sua alimentação e praticando exercícios físicos regularmente.

É necessário também normalizar a ansiedade, ou seja, ter a clareza que a ansiedade é uma sensação desagradável, mas não é perigosa, pois se trata de uma reação que visa nossa segurança, como uma resposta de alerta.
Um outro ponto importante é trabalhar a sua autoeficácia, buscando evidências da sua capacidade de lidar com seus problemas e desafios.
É importante também acrescentar práticas de relaxamento, como técnicas de respiração, meditação, yoga e mindfulness.
Todas estas técnicas aliadas a um processo terapêutico podem lhe proporcionar mais bem estar no enfrentamento do desonhecido.

Olá! Sim, existe tratamento para os sintomas ansiosos, sugiro buscar por consulta com um psicólogo para te auxiliar quanto a essa dificuldade. Além do tratamento da ansiedade, o espaço terapêutico poderá, se necessário, te permitir o treinamento de habilidades sociais (conjunto de estratégias e competências que podem ser desenvolvidas para se conectar e interagir com as pessoas ao nosso redor). Espero ter ajudado!
Convidamo-lo para uma consulta: Consulta psicologia - R$ 200
Pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão Reservar uma consulta.

Olá, que difícil não mas, a boa noticia é que a ansiedade tem tratamento sim e o primeiro passo é procurar ajuda especializada. O quanto antes iniciar um tratamento para entender o que esta esta acontecendo, mais rápido saíra desse sofrimento. A TCC- Terapia Cognitiva Comportamental, é super indicada e tem muitos protocolos para tratar ansiedade. Boa sorte.

Olá, tenho algumas questões e gostaria que você pensasse:
Você sempre foi assim?
Desde quando isto começou?
Qual foi a última vez que você saiu com alguém? Como foi? Gostaria de comentar?
E na pandemia ? Como está vivendo o isolamento social?
Você tem medo do que?
Você tem prazer com o que?
Se um dia você quiser conversar com um profissional sobre estas e outras questões, não deixe de procurar um psicanalista Winnicottiano.
Você pode se surpreender com a quantidade de conteúdos inconscientes que carrega dentro de si mesma. Te abraço!
Convidamo-lo para uma consulta: Telemedicina - R$ 250
Pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão Reservar uma consulta.

Até certo ponto é normal sentir ansiedade quando está conhecendo algo ou alguém novo,porém você classifica como "crises" de ansiedade.Seria interessante você buscar psicoterapia não só por esses fatores,mas como forma de autoconhecimento que ajudara a indentificar e lidar melhor com suas emoções em vários contextos.Á disposição.

Novos eventos trazem sim algum nivel de ansiedade , pois as expectativas colocadas nem sempre são correspondidas, a terapia pode sim lhe ajudar a lidar com essas expectativas.
Att.Eduardo

Sim, há tratamento. É possível dessensibilizar gatilhos emocionais associados a este quadro de sofrimento.

Tem tratamento. Você provavelmente valoriza em excesso o encontro amoroso, talvez pergunte-se muito sobre sua capacidade de agradar o outro, sobre o impacto sobre o outro de sua imagem ou sobre seu corpo , possivelmente tenha dúvidas sobre seu desempenho sexual, que são gatilhos para a ansiedade. Querer agradar o outro, ser reconhecido, ser amado, até certo ponto é comum, mas a maioria das pessoas excedem em muito o limite do que seria saudável. A angústia que te faz sofrer, essa ansiedade, para a Psicanálise, surge muitas vezes quando você se sujeita ao desejo do outro, às demandas do outro, colocando-se na relação de uma maneira mais passiva, deixando ao outro o papel de ser o artista principal da peça da sua vida. O outro é o sujeito da oração, quem quer tanto agradar fica no lugar de objeto. Ser o objeto do desejo do outro é o lugar subjetivo da ansiedade excessiva. Procure um Psicólogo Clínico ou Psicanalista e inicie um tratamento sério que os resultados aparecerão no médio e longo prazos.
Convidamo-lo para uma consulta: Psicanálise - R$ 100
Pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão Reservar uma consulta.

Quando o sintoma da ansiedade prejudica o seu bem estar, sugiro procurar ajuda de um profissional para que lhe oriente, sugere e o treine a controlar a ansiedade e os seus possíveis sintomas.
Hoje possuímos a Neurometria que através de um programa computadorizado e um treinamento funcional conseguimos orientar o paciente ao controle da ansiedade.

Olá! A ansiedade é uma mensagem de nós, para nós mesmos, de que estamos inseguros por algum motivo, de que estamos com algum receio. É possível de entender essa insegurança, esse receio, e transformar ele, para que você se sinta mais confiante e tranquila (o) para sair com pessoas. Isso pode ser feito em um processo de psicoterapia, com um psicólogo. Fico a disposição se quiser conversar mais a respeito. Abs!
Convidamo-lo para uma consulta: Psicoterapia online - R$ 200
Pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão Reservar uma consulta.

Cada pessoa tem sensações diferentes quando pensa em sair com alguém e todas estas podem tentar ser entendidas e compreender como você é e lida com as pessoas ao seu redor.

Olá! Sim tem tratamento. Uma boa análise poderá lhe fazer compreender o que se passa com suas emoções. Procure por um psicanalista/psicólogo, que com certeza lhe ajudará a compreender o que se passa com você! Coragem e seja feliz

Olá. Sim, isso é algo que pode diminuir ou pelo menos se tornar mais tolerável. Ansiedade não é necessariamente algo ruim. Ela existe para nos preparar para o que vai acontecer, mas pode se tornar difícil de tolerar quando a realidade parece pior do que de fato é. Vale a pena tentar entender suas expectativas: o que você espera desse encontro? Sobre o que poderia conversar? Quanto você se cobra para que "tudo dê certo"? É importante colocar essas questões em perspectiva. As pessoas são diversas, então não adianta querer agradar a todo o custo. Por mais que pareça clichê, o importante é ser você mesmo, pois assim já mostra para a outra pessoa quem você é e será, caso se vejam novamente. Tente ser honesto, trate ele/ela com respeito e busque aproveitar o momento. O pior que pode acontecer é você ter uma experiência de se permitir conhecer e trocar uma ideia com alguém e melhorar sua comunicação e sociabilidade, o que vai ajudar a diminuir sua ansiedade conforme você viva mais momentos como esse. Boa sorte. Abraço!

Se lhe provoca mal estar, precisa falar sobre isso!

Sim, tem tratamento. Não dá pra gente saber sem conhecer a sua história que expectativas, lembranças ou crenças podem te levar a ter essas crises, mas, pelo que vc descreve, imagino que sejam mais do que um friozinho na barriga. É importante vc procurar um tratamento se a ansiedade for muito forte porque, se cada vez que vc vai sair com alguém, vc sente coisas horríveis, isso leva a um aumento da ansiedade nas próximas vezes em que vc quiser sair com alguém. Pode virar uma bola de neve. Se a ansiedade não for assim tão forte, vc pode pensar um pouco sobre o que te assusta e sair mais vezes (na medida do possível, já que tem uma pandemia). Se vc sair com as pessoas e se sentir bem com isso, provavelmente vai se sentir menos ansioso da próxima vez.

Olá! Tem tratamento sim e quanto antes você procurar um psicólogo melhor. Não deixe agravar mais a situação. E com psicoterapia você pode se descobrir a cada dia e perceber que pode ir muito mais além.
Convidamo-lo para uma consulta: Psicoterapia adulto - R$ 160
Pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão Reservar uma consulta.

Olá,
Imagino que a situação esteja forte ao ponto de pensar em buscar ajuda pois pergunta se há tratamento para tal situação.
Como os colegas disseram, diante de um encontro ter inquietações pode ser esperado, pois se trata de nos depararmos com o novo, nos apresentarmos diante do outro, de ser avaliado, aprovado ou não, quais as expectativas estão em jogo, etc. São estas questões e outras que podem ser trabalhadas por ti. Por outro lado, o que tu diz como crise de ansiedade, num nível baixo pode ser protetivo, uma forma de mobilizar precauções. Mas se chega a te impedir, ou dificultar muito tais encontros, penso que seria bem importante examinar isto com um profissional da psicologia.
Convidamo-lo para uma consulta: Telemedicina - R$ 120
Pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão Reservar uma consulta.

A terapia cognitivo comportamental, e uma abordagem que permite pesquisas para avaliar o resultado do tratamento da ansiedade e comprovou sua eficácia. Procure um profissional da área e fique livre da ansiedade. Você vai descobrir os gatilhos e tratar as formas de pensar, e se comportar que mantém o quadro. Boa sorte

Especialistas

Amanda Spessot Martinello

Amanda Spessot Martinello

Psicólogo

Embu das Artes

Aline Alessandra Costa Carvalho

Aline Alessandra Costa Carvalho

Psicólogo

Quissamã

Lais Speranza

Lais Speranza

Psicólogo

Rio de Janeiro

Liara C.  Silva

Liara C. Silva

Psicólogo

Porto Alegre

Giselle Silva Dos Santos

Giselle Silva Dos Santos

Psicólogo

Araruama

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 572 perguntas sobre Ansiedade

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.

  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.

Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.