Tenho tido muita instabilidade emocional, as frieza, falta de empatia, egocentrismo, obsessivo, poss

29 respostas
Tenho tido muita instabilidade emocional: frieza, falta de empatia, egocentrismo, obsessivo, possessivo, falta de consideração pelo outro, pensamentos homicidas e as vezes achar que todo mundo é falso. Qual seria o tratamento ideal?
Olá! Provavelmente você está sofrendo com pensamentos intrusivos, mas uma avaliação cuidadosa deve ser realizada. O tratamento da instabilidade emocional pode ser feita com medicamentos antidepressivos recomendados pelo psiquiatra, juntamente com um minuciosa avaliação psicológica. Sugiro que busque ajuda urgentemente para começar um tratamento adequado. Espero que fique bem!
Te convidamos para uma consulta: Consulta psicologia - R$ 190
Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.

Tire todas as dúvidas durante a consulta online

Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa.

Mostrar especialistas Como funciona?
Olá parece que você está em muito sofrimento, procure ajuda profissional, o mais breve possível, um psiquiatra e um psicólogo pode te ajudar, o primeiro passo você já deu, consegue identificar algumas questões que lhe afligem, se cuide.
Olá, parece que tu esta tendo sintomas bem significativos, imagino que esteja sendo muito difícil lidar com isso. Recomendo que tu procure ajuda profissional psiquiatrica e psicologica, a TCC (terapia cognitivo comportalmental) pode te ajudar nesses pensamentos disfuncionais e a regular tuas emoções. Fique bem e procure ajuda!
Seria muito bem vindo uma avaliação e acompanhamento psicológico...
Att,
Olá! O melhor tratamento será indicado após a avaliação cuidadosa do seu caso, pois o tipo de psicoterapia dependerá das especificidades (sintomas, necessidades e objetivos), que precisarão ser melhor investigados antes de determinar a intervenção. A psicoterapia pode inclusive ser complementada com a psiquiatria, caso seja necessária a prescrição de remédios. Pelo o seu relato, considero importante que busque um Psicólogo o quanto antes, para que a situação não se agrave ainda mais. O profissional irá te auxiliar no processo de resolução desses conflitos internos, para que possa aprender a lidar com suas emoções de uma maneira mais saudável e ampliar o autoconhecimento. Cuide-se bem!
OLÁ!! O importante nesse caso não é conceituar ou buscar explicações para essa lista de palavras que o cliente se identificou e sim tentar compreender o que causa esses sentimentos ou falta de sentimentos. E buscar na sua história de vida o que o faz manter essas respostas do seu organismo. Certamente uma psicoterapia o ajudará a compreender porque se comporta ou pensa dessa forma. Procure ajuda de um psicólogo.
Olá! Importante este passo de conseguir identificar sintomas e compreender que estão te afligindo, porque de fato trazem bastante sofrimento. Eu indicaria que busque uma avaliação psicológica, onde poderá falar sobre você, os sintomas e encontrar possíveis causas e melhoria. A psicoterapia é um trabalho de autoconhecimento; e caso necessário fazer uma avaliação com psiquiatra. Sou especialista em saúde mental e fico à disposição. Cuide-se!
Para responder adequadamente, marque uma consulta com um Psicólogo para analisar bem o seu caso e a gravidade dos sintomas.
Boa tarde! Para analisar seu caso você deve procurar um profissional da Psicologia, assim você terá ajuda e poderá tirar suas dúvidas.
Olá! A instabilidade emocional pode ser de causas diversas, marque uma consulta com um Psicólogo para analisar o seu caso e a gravidade dos sintomas. Após uma análise será possível te indicar um tratamento adequado.
Olá! Lhe orientaria a procura por um Psicólogo que possa lhe auxiliar, já que na terapia é possível identificar a origem desse pensamentos, emoções e ações, sendo sempre o objetivo melhorar a qualidade de vida.
Olá. Assim como a raiva e a ansiedade, ter pensamentos negativos de vez em quando é perfeitamente normal. O problema é quando eles invadem a mente e começam a interferir na vida da pessoa. Ter muitos pensamentos negativos pode, eventualmente, ter a ver com depressão, por exemplo. Se você se sente triste com frequência, tem pensamentos homicidas pode ser hora de combater o excesso de ideias ruins da cabeça, procure um psicologo e inicie tratamento com sessões de psicoterapia. Ter um profissional da saúde mental te acompanhando pode ser fundamental no seu processo pessoal.
Te convidamos para uma consulta: Psicoterapia psicanalítica - R$ 100
Você pode reservar uma consulta através do site Doctoralia, clicando no botão agendar consulta.
Olá!
Recomendo urgentemente sessões de psicoterapia.
O psicólogo é o profissional é que você deve procurar primeiro na tentativa de retomar o seu prazer de viver.
Estou à disposição!
Forte abraço!
Sugiro que busque um profissional especializado em Terapia Cognitivo Comportamental, para você aprender a se observar através dos 5 aspectos da vida: Situação, emoção, pensamentos, reação fisiologica e comportamento. Diante de um bom feeling, onde você possa ser acolhida, compreendida.
Olá, algo essencial nessas situações é que você comece psicoterapia o quanto antes, pois isto é uma situação que gera sofrimento emocional e pode ter consequências graves em um caso de descontrole de impulsos. A psicoterapia é essencial porque você compreenderá de onde vem esses sentimentos, como controlar seu comportamento e treinar habilidades sociais para auxiliar no desenvolvimento do que você diz que não perceber ter. Por conta da gravidade do que você mencionou, atendimento psiquiátrico em conjunto me parece essencial, pois pensamentos homicidas podem estar relacionados a diversas questões comportamentais, de personalidade ou transtornos de humor.
Olá! Esta instabilidade emocional precisa ser avaliada. Um bom diagnóstico depende de uma boa anamnese. Sugiro que você procure atendimento psicológico. A partir de uma avaliação inicial, o psicólogo pode te encaminhar para uma avaliação com psiquiatra, se assim for necessário. Busque ajuda profissional porque esta condição deve estar trazendo sofrimento a você e pode prejudicar suas relações.
Psicoterapia, se possível 2x por semana, boa sorte.
Olá! Observando o quadro de sintomas que você apresenta, o ideal é ter uma avaliação psicológica e psiquiátrica, para que se necessário você receba a prescrição de medicamentos para auxiliar no teu tratamento. Muitas vezes passamos por períodos de dificuldades, e por certa fragilidade emocional e psíquica, apresentamos um desequilíbrio, necessitando de ajustes que a psicoterapia associada a medicamentos vão te proporcionar. Procure ajuda o quanto antes.
O tratamento ideal é procurar um psicólogo e conversar bastante sobre todas essas questões.
Olá, seria interessante você ter um espaço em que você pudesse entrar em contato com todas essas coisas mencionadas por você mesmo, sem julgamento, para que você possa entrar em contato com seu inconsciente e descobrir o que te faz estar dessa forma. Principalmente se isso tem ocorrido ultimamente, e você nota que antes não era assim. Então te pergunto: sempre foi dessa forma? E existem outras questões importantes a serem abordadas em relação ao seu relato que podem ser esclarecidas e trabalhadas em um processo psicoterapêutico psicanalítico. Me coloco à disposição!
Olá, primeiro é necessário entender a função desses comportamentos, analisar seu contexto atual, sua história de vida e muitos outros fatores para pensar em uma intervenção adequada. Não deixe de buscar ajuda de um profissional!
Olá, tudo bem?

Vc trás muitas questões, mas o cerne de todas elas é que você esta em sofrimento. E para isso, o ideal é procurar por um analista/terapeuta que possa te escutar, compreender suas dores e te ajudar a olhar para si. Somente a partir desta escuta mais aprofundada é que se cria condicao de saber se será necessário associar terapia com um tratamento medicamentoso, ok?
Comece buscando um profissional bacana que possa te acolher e te escutar! :)

Um abraco
O ideal é procurar umas ajuda psicológica. Independente da abordagem teórica do psicólogo ele estará pronto para te ajudar você a entender suas emoções e seus pensamentos.
Vale entender que existe uma razão para você estar sentindo desse jeito, pode ser algo que está acontecendo em sua vida.
Não deixe de procurar ajuda!
o tratamento ideal é buscar entender seus comportamentos e emoções em terapia. Dessa forma você vai aprender a lidar com seus sentimentos, assim como compreender os motivos desses sentimentos. Além do tratamento com o psicólogo é importante pensar em fazer o acompanhamento conjunto com psiquiatra.
É importante ressaltar que o uso de termos como "pensamentos homicidas" e "falta de consideração pelo outro" indicam a necessidade de buscar ajuda profissional imediata. Sugiro que você entre em contato com um psicólogo ou psiquiatra o mais rápido possível.

Em relação ao tratamento, uma opção eficaz é a terapia cognitivo-comportamental, que tem como objetivo ajudá-lo a identificar e modificar padrões de pensamentos e comportamentos disfuncionais.

Além da terapia, pode ser necessário o uso de medicamentos, que deve ser prescrito e acompanhado por um psiquiatra.

É importante lembrar que o tratamento é um processo individualizado e que pode ser necessário fazer adaptações ao longo do caminho. Por isso, é fundamental buscar um profissional qualificado e que você se sinta confortável para trabalhar junto.
Recomendo que você procure uma Psicoterapia, ajudará você a analisar esses pensamentos e, eventualmente, tratá-los.
Psicoterapia e talvez medicação. Agende consulta com psicólogo e psiquiatra para uma avaliação.
OLá; sugiro que você busque ajuda profissional para entender o que está acontecendo com você. Não é comum sentir essas coisas e imagino que esteja te trazendo desconforto. Como dito pelos colegas procure passar por uma avaliação com um psicólogo ou psiquiatra.
Ola! Já consegues perceber que estas ações e pensamentos são parte de um quadro de sintomas e que trazem malefícios a ti e com quem convive. Sim, buscar ajuda terapêutica vai ser o próximo passo para afrouxamento destes sintomas! A abordagem psicanalítica pode não ser a mais rápida, mas no caso do teu quadro, a rapidez pode ser um tiro no pé, pois está bastante ligada a uma estrutura e não apenas a um transtorno passageiro. Busque um psicanalista.

Especialistas

Amanda Delcy

Amanda Delcy

Psicólogo, Terapeuta complementar

Goiânia

Natalia Ventura

Natalia Ventura

Psicólogo

Cachoeirinha

Renata Camargo

Renata Camargo

Psicólogo

Camaquã

Perguntas relacionadas

Você quer enviar sua pergunta?

Nossos especialistas responderam a 94 perguntas sobre Psicoterapia
  • A sua pergunta será publicada de forma anônima.
  • Faça uma pergunta de saúde clara, objetiva seja breve.
  • A pergunta será enviada para todos os especialistas que utilizam este site e não para um profissional de saúde específico.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico/especialista ou provedor de saúde da sua região.
  • Não são permitidas perguntas sobre casos específicos, nem pedidos de segunda opinião.
  • Por uma questão de saúde, quantidades e doses de medicamentos não serão publicadas.

Este valor é muito curto. Deveria ter __LIMIT__ caracteres ou mais.


Escolha a especialidade dos profissionais que podem responder sua dúvida
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta, que não será publicada online.
Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.