Doenças maxilomandibulares - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - doenças maxilomandibulares

Aline Lopes Garbim

Aline Lopes Garbim

Dentista

Votorantim

Guilherme Lacerda

Guilherme Lacerda

Cirurgião buco-maxilo-facial

Belo Horizonte

Kerlison Paulino

Kerlison Paulino

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Natal

Andrea Vieira Laercio Pontes

Andrea Vieira Laercio Pontes

Dentista

Fortaleza

Silvania Barcelos

Silvania Barcelos

Dentista

Belo Horizonte

Ana Cristina Barbosa Castelo Branco

Ana Cristina Barbosa Castelo Branco

Dentista

Rio de Janeiro

Perguntas sobre Doenças maxilomandibulares

Nossos especialistas responderam a 9 perguntas sobre Doenças maxilomandibulares

Primeiramente, eu acredito que você esteja tentando se referir da mandíbula, próximo a região da garganta. Nesse caso, não sabendo sobre o estado desse "talo travado", eu não consigo…
4 respostas

Olá. Sugiro uma consulta com um especialista em DTM e DOR OROFACIAL. Há diversas condições com esses sintomas. Procure no site SBDOF
4 respostas

Especialistas falam sobre Doenças Maxilomandibulares

Cirurgião Buco Maxilo Facial do Hospital Araújo Jorge - Hospital do câncer de Goiás, referência em tratamento de lesões no estado.

Bruno Miranda Silva Lima

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Goiânia


O câncer bucal tem aumentado na população brasileira, dados apontam que o diagnóstico precoce é de extra importância para o sucesso do tratamento. Feridas que não cicatrizam, mau hálito, sangramentos orais, inchaço sem melhora na face, dor, podem ser sinais importantes que requerem consulta com o profissional. Há uma variedade de doenças sistêmica que podem manifestar na boca que requer tratamento sistêmico como o Lúpus, nesses casos é a especialidade de dermatologia que deve acompanhar e tratar se necessário. Faça o auto exame, olhe e examine sua boca pelo menos uma vez ao ano ou se perceber alguma ferida que não cicatriza procure um especialista.

Thiago Bonifácio S. Guimarães

Cirurgião buco-maxilo-facial

Goiânia

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Doenças maxilomandibulares?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.