Dente impactado - Informações, especialistas e perguntas frequentes

O que é?

Dente impactado, que também recebe os nomes de dente encravado ou dente incluso, é o dente que não conseguiu “nascer” no período esperado e assumir sua posição na arcada dentária. O problema não é apenas estético. O surgimento de dentes impactados aumenta a possibilidade da formação de tumores e, por isso, eles precisam ser tratados.

Qual é a causa?

São apontadas como causa dos dentes impactados: - falta de espaço na arcada dentária para o correto desenvolvimento do dente - dentes muito grandes- obstáculos estruturais ou criados pelos dentes vizinhos - resistência do tecido ósseo- densidade do tecido que o encobre - permanência exagerada dos dentes de leite (decíduos) na arcada - perda prematura dos dentes de leite alterando o posicionamento dos dentes permanentes

Quais os sintomas?

Normalmente não são apresentados sintomas.

Como fazer o diagnóstico?

O exame clínico é suficiente para diagnosticar o problema. É possível a utilização de raios-X para visualizar melhor o posicionamento do dente. Isso também ajudará na hora do tratamento.

Qual o tratamento?

É possível apenas acompanhar a situação desde que ela não esteja causando nenhum problema para o paciente. Todavia, a melhor opção costuma ser a remoção do dente impactado. Essa cirurgia é feita com anestesia local e no próprio consultório do dentista. Posteriormente há a possibilidade da colocação de uma prótese para ajudar a realizar as funções que deveriam ser realizadas pelo dente extraído.

Especialistas em dente impactado

Encontre um especialista em Dente Impactado na sua cidade:
Stefanny Torres

Stefanny Torres

Cirurgião buco-maxilo-facial

Jaboatão Dos Guararapes

Jefferson Souza

Jefferson Souza

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Osasco

Henrique Rizzo

Henrique Rizzo

Dentista

Feira de Santana

fabricio mota vilela

fabricio mota vilela

Dentista

Atibaia

Eduardo Silva

Eduardo Silva

Dentista

Curitiba

Valesca Pilatti

Valesca Pilatti

Dentista

Passo Fundo

Perguntas sobre Dente impactado

Nossos especialistas responderam a 3 perguntas sobre Dente impactado

Dr. Diego Limoeiro
Dr. Diego Limoeiro
Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista
Rio de Janeiro
Olá. Sugiro verificar com um cirurgião dentista, inclusive a possibilidade de cárie ou inflamação gengival nesta região.
5 respostas

Dr. Pablo J. Paixão
Dr. Pablo J. Paixão
Cirurgião buco-maxilo-facial
Rio de Janeiro
O profissional mais apto a responder a essa pergunta é seu cirurgião, de acordo com a avaliação clinica e radiografica do caso.
5 respostas

Dr. Pedro Berenguer
Dr. Pedro Berenguer
Cirurgião buco-maxilo-facial
Salvador
Procure um cirurgião-dentista para que possa avaliar a possibilidade de remover o dente. Dentes dos siso podem irromper em posição não apropriada.
3 respostas

Especialistas falam sobre Dente Impactado

É todo dente que, por alguma razão, não conseguiu ocupar seu lugar na arcada dental. Os dentes mais comumente acometidos são os terceiros molares, por serem os últimos a erupcionar.

Arlei Cerqueira

Cirurgião buco-maxilo-facial

Salvador


Um dente incluso/ impactado é aquele que não consegue erupcionar (nascer), não atingindo sua posição correta na arcada dentária dentro do tempo esperado. Se não removidos podem trazer vários problemas como por exemplo a formação de cistos e tumores, além de reabsorção dos dentes vizinhos. Os dentes mais frequentemente impactados são os terceiros molares (sisos) ,porém outros dentes podem estar inclusos também. O procedimento usual para os terceiros molares é a sua remoção; entretanto para outros dentes impactados uma alternativa à sua remoção pode ser a exposição e tracionamento com aparelho ortodôntico para sua colocação na arcada dentária.

Julia Pimentel De Alcantara

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

Com a diminuição do tamanha da cavidade bucal, alguns dentes não tem espaço na boca e ficam retidos no osso, devendo ser removidos. Estas cirurgias podem ser feitas em ambiente hospitalar para o melhor conforto do paciente. Normalmente os convênios médicos cobrem estes procedimentos.

Gabriel Campolongo

Cirurgião cranio-maxilo-facial, Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

São Paulo

Agendar uma visita

Podemos tracionar os dentes impactados através de uma micro-cirurgia realizada em ambiente de consultório mesmo ,com anestesia local (e sedação, se necessário). O tempo para tracionamento pode variar, chegando até a 24 meses em alguns casos mais severos. Também é fundamental que seja solicitada uma tomografia computadorizada do local para checar a posição exata do dente incluso/impactado. Algumas vezes, pode estar indicada sua remoção cirúrgica. Agende uma consulta para tirar suas dúvidas.

Gustavo Zanardi

Dentista

Balneário Camboriú


Um dente impactado é o que falha em irromper no arco dentário dentro do tempo previsto, ou seja um dente que não consegue "nascer". O dente se torna impactado por causa de dentes vizinhos, osso de recobrimento denso, excesso de gengiva, ou uma anormalidade genética que impede o irrompimento. Como dentes impactados não irrompem, eles ficam retidos a vida inteira do paciente a menos que seja removido cirurgicamente ou exposto. Para a remoção desses dentes é necessário uma estrutura que propicie segurança na realização do procedimento além de um profissional experiente nesse tipo de situações. A cirurgia de dentes inclusos ou impactados é um dos nossos diferenciais.

Os dentes inclusos e impactados são os dentes que não nasceram por completo na boca. Estes devem ser avaliados e tratados com muita atenção pois podem estar associados ao desenvolvimento de cistos e tumores.

Marcos Adriano Da Silveira

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Porto Alegre

Agendar uma visita

Extrações dos dentes inclusos, como o siso ou outro dente devem ser preferencialmente realizadas por cirurgião bucomaxilofacial. Atuo com anos de experiência, tranqulizando e desmistificando este procedimento por vezes tão temido. Em alguns casos selecionados, podemos realizar procedimento de sedação.

Diego Limoeiro

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

O dente impactado, também denominado incluso, é aquele que, por falta de força de irrupção, não conseguiu romper a camada fibrosa para surgir na cavidade bucal. Há também os dentes semi-impactados, ou semi-inclusos, que se situam em uma situação intermediaria, isto é, não nasceram nem estão encravados no osso. É ocasionado pela falta de espaço na arcada dentária, devido à perda prematura de dentes decíduos ou, ainda, por deficiência de crescimento ósseo. Os dentes que mais apresentam essa anomalia são os terceiros molares (superiores e inferiores) e os caninos superiores. Somente o tratamento ortodôntico aliado a cirurgia poderá corrigir tal problema.

Marcio Roberto De Avila

Dentista

Curitiba


Dentes impactados normalmente ocorrem por causa de apinhamento ou falta de espaço no osso. Os terceiros molares (dentes do siso), particularmente os inferiores, são os últimos a nascer e têm maior probabilidade de serem afetados. Devido à aglomeração e à dificuldade de limpeza, é comum o surgimento de cáries em dentes adjacentes, bem como a incidência de doenças gengivais. A remoção cirúrgica de dentes impactados costuma ser recomendada, mas pode ser opcional, a não ser que haja problemas.

Jouberth Carvalho Torres

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

São Gonçalo

Agendar uma visita

Elementos dentários inclusos e/ou impactados são um dos motivos mais frequentes das visitas ao Cirurgião Buco-Maxilo-Facial. Não são incomuns os relatos de pessoas que sofrem de dores, inflamação, falta de espaço ou desenvolvimento de cistos e tumores nas regiões destes dentes. Tal procedimento deve ser realizado pelo especialista, garantindo ao paciente segurança e conforto antes, durante e após o procedimento. As técnicas cirúrgicas, anestésicos e medicações utilizadas permitem que possamos oferecer o que há de melhor. Além disso, nossa experiência de realizar cirurgias em consultórios e hospitais com frequência garantem ao paciente um pós-operatório tranquilo e livre de complicações.

Kerlison Paulino

Cirurgião buco-maxilo-facial

Natal


Os dentes impactados ou dentes inclusos ainda são bastante comuns e podem provocar grandes desconfortos. O dente impactado nada mais é do que um elemento dentário sem espaço para erupcionar na arcada dentária. Ao permanecer incluso, estes elementos podem se transformar em lesões císticas e até mesmo tumorais, o que não acontece na maioria dos casos. Normalmente os dentes inclusos ou impactados causam dores locais que podem irradiar para região de ouvido e cabeça, também podem causar infecções locais quando estão parcialmente erupcionados na boca devido ao acumulo de alimento e a difícil higienização da região. Estes dentes devem sempre ser removidos, de preferência na idade de 18 aos 25 anos.

Jucelio Freitas

Cirurgião buco-maxilo-facial

Caruaru


Um dente impactado é um dente que sua erupção foi interrompida por outro. Em outras palavras, um dente ja existente na boca está no caminho para que o dente em desenvolvimento erupcione em oclusão. Esse problema é comum nos dentes do siso, e acarretam problemas como, gengivite, pericoronarite, reabsorção radicular de dente adjacente, cárie, entre outros. O tratamento recomendado é a extração do dente impactado o quanto antes, para o conforto e a saúde bucal do paciente.

Atenção especial deve ser dispensada neste tratamento ao planejamento criterioso da cirurgia devido às estruturas nobres próximas ou em contato com o dente impactado, tais como vasos sanguíneos e nervos a fim de se evitar incidentes durante a cirurgia e sequelas pós cirurgicas.

Os dentes impactados são aqueles que, durante o seu processo eruptivo, acabam encontrando uma barreira física que impede a erupção normal. A remoção do dente incluso tem como objetivo a prevenção da saúde bucal. O objetivo dessa conduta é evitar que outras patologias se instalem, como doença periodontal, cárie, pericoronite, cistos e tumores odontogênicos, reabsorção radicular, fratura de mandíbula, dor de etiologia desconhecida e maloclusão. A cirurgia será, na maioria das vezes, realizada sob anestesia local. A anestesia geral será reservada para os dentes mais difíceis, para os procedimentos muito longos e para os pacientes que apresentem dificuldade de colaboração.

Leonardo Monteiro

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Rio de Janeiro


Normalmente entre 16 e 22 anos grande parcela da população recebe, por diferentes motivos, a indicação de que deve extrair os terceiros molares, mais comumente conhecidos por sisos. Observo em minha prática diária que, em 95% dos casos, temos claras vantagens em realizar único tempo cirúrgico, onde contemplamos as extrações de todos os 4 sisos, desde que tenhamos previsão de um procedimento cirúrgico com máximo de 30 minutos, tempo tido como ainda confortável para que o paciente leve consigo uma boa memória referente ao procedimento, não sendo necessário que volte a experimentar todo o quadro previamente vivido, que engloba ansiedade pré-operatória, afastamento de atividades habituais etc

Rafael Cabral

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Rio de Janeiro


Mais conhecidos como dentes do siso, os terceiros molares normalmente devem ser removidos através de uma pequena cirurgia, rápida, indolor com índices muito baixos de complicação quando feitos por um profissional especialista na área. Nossos pacientes realizam a remoção dos 4 sisos, retornando as suas atividades normais no dia seguinte.

Leandro Carlos Carrasco

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Ribeirão Preto


Um dos procedimentos mais realizados na prática clínica da especialidade bucomaxilofacial é a cirurgia para remoção de dentes impactados ou inclusos sendo que os dentes com maior frequência de alterações na erupção são os terceiros molares frequentemente chamados de ''dentes do siso''. São dentes que não conseguem atingir a correta posição no arco dental podendo encontrar-se completamente dentro do osso ou parcialmente na boca. Devem ser removidos por poderem causar alterações na oclusão dentária, processos inflamatórios ou infecciosos na face e patologias como cistos ou até estarem associados a tumores na região. Venha fazer sua avaliação com nossa equipe.

Shajadi Kaba

Cirurgião buco-maxilo-facial

São Paulo


Alguma vezes podemos ter algum dente que, por falta de espaço, não conseguiu erupcionar e se encontra ainda dentro do nosso osso (incluso). Nestes casos é realizado o tracionamento ortodôntico do mesmo, ou seja , e possível trazê-lo para posição correta no arco dentário evitando assim a perda de um elemento dental.

Janine Gerber

Dentista

Joinville


Dente impactado é aquele dente onde não há a possibilidade dele nascer, porque algo esta impedindo o seu desenvolvimento normal, nesses casos temos os dentes do siso e os caninos inclusos. Em um grande parte dos casos opta-se por remover esses dentes devido a possíveis complicações futuras, como reabsorções dos dentes vizinhos e até mesmo a formação de cistos e tumores. Agende uma consulta para uma avaliação do seu caso.

Renan B. Cardoso

Cirurgião buco-maxilo-facial

Ponta Grossa


Dente impactado é aquele dente que, apesar de totalmente desenvolvido, não conseguiu erupcionar no período adequado. Como regra geral, todos os dentes impactados devem ser removidos a menos que a remoção esteja contra indicada. Visando conforto e redução da ansiedade dos pacientes, as cirurgias para remoção dos dentes impactados são realizadas em ambiente ambulatorial ou hospitalar seguindo um protocolo cirúrgico-medicamentoso que permite eliminar a dor, reduzir a inflamação e o desconforto pós operatório. A cirurgia é realizada com equipamentos modernos, anestesia com drogas anestésicas de longa duração e com técnicas operatórias precisas, garantindo assim menor trauma cirúrgico possível.

André Luís Bim

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

São Paulo

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Dente impactado?


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.