Anormalidades maxilofaciais - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - anormalidades maxilofaciais

Encontre um especialista na sua cidade:
Diogo Kokiso

Diogo Kokiso

Cirurgião plástico, Especialista em medicina estética, Cirurgião cranio-maxilo-facial

São Paulo

José Ricardo Mikami

José Ricardo Mikami

Cirurgião buco-maxilo-facial

Maceió

Gustavo Suassuna

Gustavo Suassuna

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Rio de Janeiro

Danilo Louzada de Oliveira

Danilo Louzada de Oliveira

Cirurgião buco-maxilo-facial

Presidente Prudente

CRISTIANO HIMMEN

CRISTIANO HIMMEN

Cirurgião buco-maxilo-facial

Brasília

Yann Phillipp Gomes

Yann Phillipp Gomes

Cirurgião buco-maxilo-facial

Foz do Iguaçu

Perguntas sobre Anormalidades maxilofaciais

Nossos especialistas responderam a 9 perguntas sobre Anormalidades maxilofaciais

Olá. Você precisa passar por uma consulta para avaliar detalhadamente o caso. Não esquecer de levar todos os exames realizados. Estamos à disposição.
3 respostas


Olá. Sugiro consultar um especialista em DTM e Dor Orofacial pelo site SBDOF
5 respostas


Bom dia! Procure um cirurgião(a) plástico(a) que seja craniomaxilofacial. Existem alguns hospitais que são credenciados. Caso você realmente tenha quebrado a mandíbula (o osso do queixo), pode…
4 respostas

Especialistas falam sobre Anormalidades Maxilofaciais

Cirurgia ortognática é o procedimento utilizado para a correção das deformidades dentofaciais, ou seja, deformidades congênitas ou adquiridas que acometem os maxilares e resultam em alterações esqueléticas e dentárias que repercutem na face. Desta forma, o paciente apresenta uma “mordida errada“ associada a uma desarmonia na face. Os principais objetivos deste tratamento consistem em: (1) melhorias estéticas da face e do sorriso, tornando o rosto mais harmonioso e o sorriso mais atraente; (2) correção da maloclusão, ou seja, correção da “mordida” ou “engrenamento dentário”; (3) melhorias funcionais, como mastigação, fonação e dicção, deglutição e respiração.

Eduardo Varela Parente

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Florianópolis


Alterações no crescimento dos ossos das face que levam a problemas de mordida (oclusão) com repercussão na estética da face. Isso pode levar a problemas funcionais com dificuldade de mastigar, respirar, falar, dores e barulhos. Normalmente o paciente percebe alteração no tamanho dos ossos e problemas com a proporção da sua face, sendo as mais comuns quando o mento (queixo) aparenta estar mais ou menos projetado e inclusive torto (assimétrico).

Fernanda Böing

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Florianópolis


Diversas são as anomalias maxilofaciais, mas as mais comuns são aquelas que requerem um procedimento denominado genericamente de cirurgia ortognática, onde os ossos faciais maxilares são posicionados em posições ideais em relação à face. Há um planejamento virtual, feito através de exame tomográfico e de software que nos auxilia neste planejamento. De uma maneira bem simples, são para aqueles casos, com excesso ou falta de queixo, ou desvio, ou excesso de gengiva.

Diego Limoeiro

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Duque de Caxias


As deformidades dento-faciais do tipo "Classe III" são caracterizadas por uma relação desfavorável dos lábios superior e inferior, devido a um crescimento deficiente da maxila e/ou crescimento excessivo da mandíbula. Neste tipo de desajuste de crescimento , quando o paciente é visto de perfil, o lábio inferior encontra-se em uma posição anteriorizada em relação ao superior, acarretando em um aspecto facial desarmônico. Quando visto de frente, normalmente, o paciente apresenta deficiência na região paranasal, com sulcos faciais pouco preenchidos e aspecto de envelhecimento. Em pacientes adultos, o tratamento para estes casos é a cirurgia Ortognatica.

Gustavo Campos

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

João Pessoa

Agendar uma visita

Esse procedimento visa o reposicionamento dos Ossos Maxilares que sofreram alguma anomalia em seu desenvolvimento. A cirurgia Ortognática dura aproximadamente 1:30 a 2:30 de procedimento, com 01 dia internação e obrigatoriamente é realizada em ambiente hospitalar com anestesia geral. Normalmente para esse tipo de procedimento necessita o uso de Ortodôtnia prévia, para o melhor alinhamento dentário, pois no procedimento cirúrgico somente os ossos são movimentados. Nosso diferencial é a grande experiência, planejamento virtual, cuidado com a estética facial e sempre buscamos a melhora da função (respiração, mastigação e fonação)

Leandro Carlos Carrasco

Cirurgião buco-maxilo-facial, Dentista

Ribeirão Preto

Agendar uma visita

Quais profissionais tratam Anormalidades maxilofaciais?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.