Espasticidade muscular - Informações, especialistas e perguntas frequentes

Não descuide da sua saúde

Escolha a consulta online para iniciar ou continuar o seu tratamento sem sair de casa. Se precisar, você também pode marcar uma consulta no consultório.

Mostrar especialistas Como funciona?

Especialistas - espasticidade muscular

Gabriel Simião

Gabriel Simião

Fisioterapeuta

Dr. Danilo Guedes

Dr. Danilo Guedes

Fisioterapeuta

João Pessoa

Marcia Morimura

Marcia Morimura

Fisioterapeuta

Recife

Patricia Rebello

Patricia Rebello

Fisioterapeuta

Manaus

Camila Junges

Camila Junges

Fisioterapeuta

Maurício Alcântara Agelim

Maurício Alcântara Agelim

Especialista em dor, Médico acupunturista

Salvador

Perguntas sobre Espasticidade muscular

Nossos especialistas responderam a 6 perguntas sobre Espasticidade muscular

O valor do tratamento com Botox, depende de alguns fatores, da quantidade da medicação necessária e dos locais de aplicações! Sugiro consultar diretamente o profissional escolhido.
1 respostas


Espasticidade por si só não é uma doença e sim uma condição associada a diversas patologias. Geralmente associada a doenças de ordem neurologia como uma doença encefálica , ou ainda um acidente…
4 respostas


Deve se pensar na mudança do medicamento, e também buscar assistência fisioterapêutica,uma vez que a espasticidade em excesso trás inúmeras complicações. Boa sorte
3 respostas

Especialistas falam sobre Espasticidade Muscular

Avaliação e prescrição de órteses Órteses são dispositivos recomendados em parceria por médicos, terapeutas físicos e ocupacionais para auxiliar a posição e a recuperação de partes do corpo após lesões do aparelho locomotor por condições ortopédicas, neurológicas e reumáticas.O objetivo é corrigir vícios de postura, prevenir deformidades, imobilizar membros em fase de recuperação de fraturas estimulando movimentos ativos e aliviando dores. São essenciais no processo de reabilitação e devem ser prescritas após exame detalhado e individual, principalmente nos casos de AVC, TCE,paralisia cerebral, lesão medular, pólio, traumas ortopédicos, encurtamento de membros e espasticidade.

Ana Luiza S. Goes

Especialista em medicina física e reabilitação, Neurologista

Rio de Janeiro

Agendar uma visita

A espasticidade é uma alteração no tônus muscular (rigidez do músculo). Ocorre em doenças neurológicas que provocam lesão de células do sistema nervoso, responsáveis pelo controle dos movimentos voluntários. As doenças neurológicas mais comuns que levam a espasticidade são: paralisia cerebral, lesão medular, esclerose múltipla, esclerose lateral amiotrófica, acidente vascular cerebral, lesões cerebrais causadas por falta de oxigênio ou traumatismos físicos, hemorragia ou infecção. A espasticidade pode ser dolorosa especialmente se leva a articulação a tomar uma posição anormal ou impede uma série de movimentos realizados por um grupo muscular.

Gilmar De Oliveira Dornelas Junior

Neurologista

Campo Grande

Quais profissionais tratam Espasticidade muscular?

Pesquisas relacionadas


Todos os conteúdos publicados no doctoralia.com.br, principalmente perguntas e respostas na área da medicina, têm caráter meramente informativo e não devem ser, em nenhuma circunstância, considerados como substitutos de aconselhamento médico.